Descodificando os códigos QR da prova de orientação.

sábado, 28 de abril de 2012 · Temas:

O dia da Prova de Orientação de 2012 está quase a chegar e vamos lá ver se o estado de tempo ajuda... Para já é muito difícil arriscar uma previsão e só na próxima terça ou quarta-feira, será possível fazê-lo com alguma fiabilidade. Estamos confiantes! Entretanto podes ir consultando neste sítio, uma previsão de estado de tempo, baseada em dados provenientes da estação meteorológica da ESL que se encontra instalada no telhado da escola.

Mas o propósito deste artigo é a instalação do software para telemóvel, que permita a leitura dos códigos QR (Quick Response), que é o formato em que vão surgir as pistas da prova de orientação. Há múltiplos programas adequados para a sua leitura, mas sua instalação não é propriamente muito fácil. Vamos por partes.

Imagem1

Se tiveres acesso à Internet a partir do teu telemóvel, tens o trabalho facilitado! Há vários programas disponíveis para descarregar e instalar. Assim, descobre a marca e o modelo do teu telemóvel e acede através dele a um deste sítios - UpCode http://www.upcode.fi ou o Lynkee http://m.lynkee.com utilizando o navegador do teu telemóvel. Depois segue as instruções de instalação.

Imagem2

Se não tiveres acesso à Internet no teu telemóvel e apenas no teu PC, descobre a marca e o modelo do teu telemóvel, acede a este sítio UpCode e descarrega o software correspondente ao teu telemóvel (atenta na pasta para onde descarregaste o ficheiro). De seguida deverás ligar o teu telemóvel ao PC através de um cabo (tal como o fazes para “passar” músicas ou imagens) e, de seguida, iniciar o software de gestão do teu telemóvel (no caso da Nokia trata-se do PC Suite). Depois procura a opção de instalação de programas, jogos, etc., aponta para o ficheiro que descarregaste e segue as instruções. À partida fica instalado. Imagem3

Os códigos QR são imagens gráficas que armazenam informações (vê este artigo publicado no Geopalavras sobre o tema). Essas informações podem ser hiperligações, números ou frases. No caso da Prova de Orientação, os códigos QR representarão frases e / ou letras. Para os descodificar, deverás utilizar o software instalado no teu telemóvel e apontar a “mira” para o código. A resposta será imediata! Experimenta o seguinte:Código QR ProvaOri Geopalavras

Se inclusivamente quiseres criar o teu próprio código QR, tens a possibilidade de o fazer no seguinte local gerador. Depois de os conceberes, as suas possibilidades de utilização são imensas! Uma delas é a III Prova de Orientação da ESL, no próximo dia 4 de maio. Até lá!

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

O estado da liberdade.

quarta-feira, 25 de abril de 2012 · Temas:

Grande parte de nós nasceu em liberdade e com ela assim cresceu. Viver em liberdade é assim uma condição perfeitamente adquirida e consolidada no nosso país e, de uma maneira geral, no mundo ocidental. Temos liberdade de pensamento, de expressão e até de manifestação. Contudo, assumimos que a liberdade é gratuita, mas não é! Foi cara. Custou bastante a várias gerações que, ao longo de décadas, se viram privadas de poder exprimir o que pensavam, vestir como entendiam, ouvir o que gostavam ou, simplesmente conversar com queriam.Liberdade Geopalavras

As coisas mudaram e hoje não é assim. Mudamos para melhor, ninguém duvida! Mas há que questionar:

- Não estará a liberdade a ser muito maltratada e confundida com outra coisa?

- A liberdade deverá ter limites ou deve permanecer pura e infinita?

- As normas (fumo, álcool, etc.) que nos impõem são atentados à liberdade? Ou regras para um bom funcionamento em sociedade?

Ora, poderás debater todas estas questões, e outras, no Geodilema. Dá lá um salto, deixa a tua opinião e não deixes que os outros pensem por ti.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Cravos de Liberdade.

· Temas: ,

- Margarida Cardoso, 11E.

Cravos, flor deste sangue marinheiro
Escultura em bruto de um povo envelhecido
Manchado de tons vitoriosos e de pesadas lágrimas,
Secas agora num Portugal renascido.
 
Cravos erguidos em prol do silêncio
De tons vivos, frescura de águas mil,
Num céu fundo e agora calado a assistir
Deixando florir as cores de Abril.
 
Cravos espalhados ao favor da liberdade
De rebordos definidos numa emoção incontida,
De faces rosadas, uma tês escarlate,
Enche-se Abril de uma esperança desmedida.
 
Cravos içados ao sabor da bandeira,
Entregues nas mãos de uma renascida multidão
Mergulhada em sonhos e tingida de verde
Mas agora Abril é somente recordação!

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Filhos da madrugada.

· Temas: ,

É absolutamente impossível reduzir José Afonso a uma música. Contudo, arriscando uma escolha, fica aqui este Filhos da Madrugada que mais não é do que uma enorme figura de estilo antirregime. Belíssima!

 

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

O filme da Prova de Orientação 2009.

· Temas: , ,

Apenas passaram 3 anos mas as diferenças já são muitas. As caras que se veem na reportagem sobre a II Prova de Orientação da ESL, realizada pelo extinto Clique (percursor do ZapCanal), são agora menos redondas, mais definidas e aliadas a vozes mais graves. Ora, para a III edição, que se realiza no próximo dia 4 de maio, espera-se a mesma ansiedade, espírito de equipa e até mais competitividade.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Prever o futuro baseado na intuição.

segunda-feira, 23 de abril de 2012 · Temas:

Há poucos dias, o Jornal Público mencionou um estudo realizado pelas Universidades de Colúmbia e Pittsburgh (EUA), onde se provou que os indivíduos que confiam mais na intuição têm tendencialmente maior sucesso na previsão de acontecimentos futuros - do estado do tempo, à evolução do desempenho de títulos em bolsa ou ao resultado de uma eleição, de um campeonato ou de um concurso televisivo - do que aqueles que ignoram ou desprezam as indicações do seu «oráculo emocional».

«Quando confiamos nos nossos sentimentos, o que nos parece «certo» ou «errado» corresponde ao sumário que fizemos de todo o conhecimento e informação que recolhemos consciente e inconscientemente sobre o mundo que nos rodeia. É esse conhecimento acumulado, que o nosso sistema emotivo sintetiza, que nos permite fazer melhores previsões. De certa maneira, os nossos instintos dão-nos acesso a uma janela privilegiada de conhecimento e informação, que fica bloqueada numa forma de raciocínio mais analítico». No entanto, esse fenómeno não é puramente casual - o oráculo é imperfeito. Os investigadores concluíram que a tal «janela privilegiada» para a previsão do futuro só pode ser acionada quando já existe um conhecimento ou uma experiência prévia. Por exemplo, os resultados no estudo em que o que estava em causa era estimar o estado do tempo demonstrou que as diferenças entre os «intuitivos» e os «analíticos» só se manifestavam na previsão meteorológica do lugar onde viviam. Em locais onde os participantes nunca tinham estado - Pequim, na China, ou Camberra, na Austrália - os dois grupos eram igualmente incapazes de fazer previsões acertadas.kcocco_twitter_data_google_prediction_api

De facto assim é. Quantos de nós, intuitivamente e no nosso dia-a-dia, não damos palites sobre a meteorologia, os resultados dos jogos de futebol, ou mesmo as notas do final do período, acertadamente? A nossa intuição parece assim conseguir retirar da mistura de uma série de conhecimentos e experiencias acumuladas, hipóteses certeiras.

Estas capacidades de meta-síntese, se assim lhes podemos chamar, são assim um terreno de conhecimento muito inexplorado pela ciência. Há no entanto alguns exercícios informáticos e estatísticos, baseados no princípio acima descrito, que podem causar uma certa admiração.

Falo nomeadamente de uma ferramenta chamada Weather Sentiment Prediction, que basicamente unifica o que as pessoas sentem sobre o estado de tempo de uma determinada região, com base nos comentários que fazem no Tweeter. As mensagens são analisadas e são-lhes atribuídas uma classificação positiva ou negativa, resultando num determinado «sentimento» maioritário sobre o estado de tempo. Weather Sentiment Prediction

O princípio utilizado por esta aplicação baseada no Google Maps é muito interessante e revela um potencial enorme, se pensarmos na sua aplicabilidade à ciência ou ao domínio social e estatístico.


Fontes:

- Jornal Público, 26 de Março de 2012

- http://www.dialogueearth.org

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Guia da Prova de Orientação.

sexta-feira, 20 de abril de 2012 · Temas: ,

A Escola Secundária da Lixa vai realizar no próximo dia 4 de maio, mais uma Prova de Orientação na Freguesia de Borba de Godim (lugares de Vilar, Sardoal e Godim). Esta é já a III edição de uma atividade envolvente, que dinamiza cerca de 400 alunos, 40 professores e uma série de entidades tais como o município, a Junta de Freguesia de Borba de Godim, a GNR e os Bombeiros Voluntários da Lixa.GuiadeProva

A edição deste ano traz uma novidade. Para além do desafio da orientação e da procura de pistas (balizas), estarão no terreno uma série de provas desafio, de índole física e criativa, que as equipas terão de concretizar. Algumas destas provas aproveitam as caraterísticas do terreno e, inclusivamente, fazem uso de múltiplos «artefactos endógenos», que se preveem criar situações verdadeiramente hilariantes.

Contudo, a essência desta prova reside na orientação, que pode ser definida como o uso de um mapa e de uma bússola para encontrar um caminho num terreno desconhecido. De facto, o objetivo principal é, usando um mapa (extratos simplificados das cartas militares 99 e 100) e uma bússola, localizar pistas na área envolvente à Ribeira de Borba.

A prova, pela sua especificidade e dimensão, criou a necessidade de editar um guia que aqui se publica e disponibiliza a todos os participantes. Este guia fornece conselhos úteis à prática da orientação, ensina a interpretar mapas topográficos e fornece conselhos à boa prática do pedestrianismo. Assim, e para já, fica aqui o Guia de Prova em versão FlipBook e algumas fotografias de edições passadas da Prova de Orientação.

FotosRetrospetivaPO

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Um dia de chuva.

quinta-feira, 19 de abril de 2012 · Temas:

O dia de ontem mais pareceu de inverno do que da atual primavera. A baixa temperatura, o vento forte e acima de tudo a forte precipitação verificada ao longo do dia, tornaram-no no mais invernoso dia primaveril registado este ano na Estação Meteorológica da Lixa. Só no dia de ontem, choveu mais do que a soma dos meses de janeiro, fevereiro e março. O valor total registado foi de 27,4 mm. O vento soprou tendencialmente de norte e a temperatura rondou os 9ºC. Este estado de tempo deveu-se à passagem de uma frente fria, associada a uma baixa pressão, centrada nas ilhas britânicas (a animação de satélite corresponde ao período compreendido entre a 01h e as 24h do dia 18 de abril de 2012).

18abril2012

Taxa de PrecipitaçãoDireçãp do VentoTemperatura e ponto de condensação

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

O ritmo da tecnologia.

terça-feira, 17 de abril de 2012 · Temas: ,

- Por Margarida Cardoso, Liliana Alves, Salete Sousa e Vítor Costa.

A rapidez e a transformação são caraterísticas da sociedade atual. Esta constatação constituiu-se como tema de trabalho para os alunos do 11º ano de Geografia que, a propósito, realizaram vários trabalhos escritos com várias visões sobre o tema. São esses trabalhos, previamente publicados nos Provedores da Nação, que aqui se passam a publicar.

 

Evolução da transmissão de Música

O desenvolvimento dos vários estilos musicais e a progressiva evolução da importância da música, são acontecimentos óbvios para qualquer habitante de uma sociedade moderna do século XXI. Cada um de nós reserva um lugar para a música. Este pode ser maior ou menor, mas o facto é que o temos.

Há quem não consiga passar um dia sem a ouvir, há quem se socorra dela nos momentos mais vazios. Mas, independentemente do estilo e da frequência com que a ouvem, a música é uma peça já marcante na vida e na sociedade. No entanto, não foi apenas o conteúdo desta forma de arte que se tem vindo a alterar com o passar dos anos; a maneira como a mensagem musical nos chega, têm vindo também a alterar-se de forma esmagadoramente rápida. 

A única forma que os nossos avós tinham de ouvir música (gravada, é claro!) era através da rádio. Este meio difundiu-se por todo o mundo no século XIX, revolucionou os meios de comunicação e iniciou o processo planetário de difusão da música. Foi através da rádio que a música começou a chegar aos quatro cantos do planeta em simultâneo.

No início da década de 50 surgem os discos de vinil e os famosos gira-discos. Os discos de vinil eram bastante leves, maleáveis e resistentes a choques e quedas. Para além disso a sua excelência na qualidade sonora e o atrativo de arte nas capas, chamaram os compradores que os passaram a preferir aos discos antigos de 78 RPM. 

Depois do aparecimento da rádio, da popularização das estações de rádio e dos seus programas musicais, a sofisticação deste aparelho, permitiu disponibilizar uma nova função: um leitor de cassetes. «As melhoras na qualidade de som fizeram com que o cassete suplantasse a gravação da fita de rolo na maioria de seus usos domésticos e profissionais». A indústria musical não deixou de aproveitar esta forma de armazenamento de informação e vulgarizou as cassetes, que foram deixando para trás os vinis. RadioIphone

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

O ChronoZoom.

· Temas: ,

O ChronoZoom é um programa (sítio) que unifica os conhecimentos das disciplinas humanas e sociais, com as disciplinas experimentais. É um programa que reúne conhecimentos de várias disciplinas, incluindo a Biologia, Astronomia, Geologia, Climatologia, História, História Natural, etc., naquilo a que vulgarmente se designa de Grande História. É, na verdade, uma ferramenta cronológica, que nos permite ver uma série de informação sob a forma de artigos, imagens vídeos, sons e outro tipo de multimédia, ampliando ou focando uma barra cronológica. É excelente!

ChronoZoom

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Festival Música na Rua.

domingo, 15 de abril de 2012 · Temas:

Desde o início do mês que está nas ruas do Porto, o festival Música na Rua e já é possível votar na banda ou no músico preferido, via Facebook, até 31 de maio. Nesta 3ª edição estão a concurso as 18 bandas e/ou músicos selecionados no casting realizado em fevereiro. O mais votado terá oportunidade de participar num dos concertos Porto Sounds.

«Para os ver e ouvir ao vivo, nada como passar, de segunda a sexta-feira, entre as 12h00 e as 15h00 e as 17h00 e as 20h00, nas estações de Metro do Bolhão e da Trindade. O Metro é o palco destes novos talentos, uma forma de se apresentarem ao público e de contribuírem para tornar mais agradável a rotina das viagens diárias […] Uma das novidades desta edição é o facto de os músicos que integram esta iniciativa passarem a atuar, às sextas-feiras, entre as 17h00 e as 19h00, no Aeroporto do Porto».


Fontes: C.M. Porto e Festival Música na Rua

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Titanic: do embate até ao fundo.

· Temas:

O National Post, um diário Canadiano, em conjunto com especialistas da National Geographic e do Canal História, publicou um esquema / desenho gráfico sobre o afundamento do Titanic, baseado nas melhores conceções da ciência e da história no momento (nota: demora a descarregar).
The Fall of Titanic

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

O mais chuvoso dia do ano na ESL.

· Temas: ,

A Estação Meteorológica da Lixa registou durante todo o dia de ontem (14 de abril), um valor total de 19 mm de precipitação, constituindo-se deste modo como o dia mais pluvioso registado neste ano de 2012. Refira-se que o mês de abril, ao contrário dos anteriores, apresenta-se para já como o mais chuvoso com um total acumulado, até ao momento, de 25,1 mm.

Precipitação 14 Abril MeteoESL.png

Vento 14Abril MeteoESL.pngTemperatura 14Abril MeteoESL.png


Fonte: Estação Meteorológica da Escola Secundária da Lixa.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

O mais movimentado aeroporto do mundo.

sábado, 14 de abril de 2012 · Temas: ,

Quem já passou durante o dia no Aeroporto da Portela, ou mesmo no Francisco Sá Carneiro, não deixa de notar uma coisa: o frenesim intenso provocado pelas centenas, e até milhares, de pessoas que ora embarcam, ora desembarcam. Contudo, o movimento de passageiros dos nossos aeroportos, parece um “brincadeira de crianças”, comparativamente ao que se verifica nos principais aeroportos internacionais, e alguns bem próximos de nós.Top Aeroportos

Segundo a Airports Council International, o aeroporto mais movimentado do mundo é o de Atlanta, nos EUA, com cerca de 89 milhões de passageiros anuais, logo de seguido pelos de Pequim e Chicago, com 73 e 66 milhões de passageiros respetivamente. Em jeito de curiosidade, refira-se que Madrid apresenta um movimento anual de cerca de 50 milhões de passageiros, só ultrapassado a nível europeu, pelos aeroportos de Londres, Paris e Frankfurt.

Como elo de comparação, refira-se que o Aeroporto da Portela, o mais movimentado a nível nacional, apresenta um movimento de cerca de 14 milhões de passageiros, não figurando no top 30 da Airports Council International, cujo o último lugar é ocupado pelo aeroporto de Munique, com 34 milhões de passageiros.


Fonte: http://www.aci.aero

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Planefinder, um sítio para encontrar aviões!

Aquilo que este sítio nos proporciona, esmaga. Imaginem um sítio que reúne georeferenciadamente, e em tempo real, a localização de todos os aviões (comerciais e não só) em pleno voo, as suas características, o seu destino, a sua origem, a velocidade, etc.! Sim, esse sítio existe, com uma variante aplicável também a navios, e é divertidíssimo!

Como funciona? Bom, segundo o Planefinder, baseia-se na informação que os aviões transmitem (ADS-B - Automatic Dependant Surveillance Broadcast System - uma tecnologia destinada à vigilância aérea), que é transmitida e captada por receptores deste tipo de dados. Adicionalmente é utilizada informação adicional como fotografias, informações de aeroportos, entre outra.

Bom, mas o mais divertido é mesmo ir ver os aviões! Ah! Há muitas opções interessantes para serem exploradas no menu do lado direito e a data deverá ser acertada com a atual. Divirtam-se!

Planefinder

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

The British Library Sounds.

sexta-feira, 13 de abril de 2012 · Temas: ,

A British Library editou recentemente uma biblioteca de sons georreferenciada - Sound Maps, com base no Google Maps. Trata-se de uma impressionante coleção de sons, músicas e vozes de diferentes épocas, contextos e locais.

Um ramo deste projeto - Your accents (o vosso sotaque), compilou uma coleção de gravações realizadas ao longo de décadas, a várias pessoas e em vários países, a quem era pedido que lessem um extrato do conto para crianças Mr. Tickle. O resultado é a expressão do inglês falado em vários sotaques, incluído o nosso, cuja gravação aconteceu em Matosinhos em 1979. Procurem. BSound

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Capicua.

· Temas:

Bom, já que estamos numa de música, fica aqui uma coisa algo diferente mas, no género, muito interessante e com uma força tremenda. Trata-se da MC portuense Capicua (a propósito de uma certa aula), que «cresceu numa família feliz, teve uma educação marxista, estudou sociologia, fez um doutoramento em Barcelona e a caminho dos 30 construiu a sua identidade algures entre a maria rapaz, a dona de casa que gosta de telenovelas e a tripeira de vontade férrea!». «Maria Capaz» é o primeiro single, do álbum homónimo, disponível para download na Optimus Discos.

Capi

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Moullinex - Sunflare.

· Temas:

Gosto muito deste Sunflare do produtor e DJ português Moullinex, e gosto ainda mais do vídeo clip que ilustra a música. Quem o vê, ou apenas ouve, fica com a repentina sensação que se trata de um daqueles nomes grandes da música eletrónica estrangeira. Ouçam lá!

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Restrições no consumo de álcool e tabaco.

quinta-feira, 12 de abril de 2012 · Temas:

O Governo tenciona legislar em breve sobre o consumo de álcool e tabaco, com vista inibir o seu consumo por parte dos mais jovens. Segundo o Jornal de Notícias, o ministro da Saúde, «reafirmou a intenção [de criar] uma limitação progressiva dos locais de venda [de tabaco] e com "a exigência de serem colocadas advertências mais explícitas nas embalagens que mostrem e exemplifiquem as consequências do tabagismo na saúde" (as imagens-choque que já existem nalguns países). Reafirmou também que será apresentado "em breve" o projeto de lei que aumenta para os 18 anos a idade mínima para o consumo de bebidas alcoólicas».

Anti Tabaco

Mas, o que diz a lei sobre a venda de tabaco? Segundo o Decreto-lei n.º 37/2007 de 14 de Agosto de 2007, artigo 15º:

“b) Através de máquinas de venda automática, sempre que estas não reúnam cumulativamente os seguintes requisitos:

I) Estejam munidas de um dispositivo electrónico ou outro sistema bloqueador que impeça o seu acesso a menores de 18 anos;

II) Estejam localizadas no interior do estabelecimento comercial, de forma a serem visualizadas pelo responsável do estabelecimento, não podendo ser colocadas nas respectivas zonas de acesso, escadas ou zonas similares e nos corredores de centros comerciais e grandes superfícies comerciais;

c) A menores com idade inferior a 18 anos, a comprovar, quando necessário, por qualquer documento identificativo com fotografia.»

E o que diz a lei sobre a venda de álcool? Decreto-Lei nº 9/2002 de 24 de Janeiro de 2002, Artigo 2º:

«1 - É proibido vender ou, com objectivos comerciais, colocar à disposição bebidas alcoólicas em locais públicos e em locais abertos ao público:

a) A menores de 16 anos;

b) A quem se apresente notoriamente embriagado ou aparente possuir anomalia psíquica.»

Ora, só com muito cinismo se poderá admitir que a lei sobre o consumo de tabaco e álcool é efetivamente cumprida. De facto, há apenas uma série de boas intenções que esbarram na gritante falta de fiscalização sobre o cumprimento das leis mencionadas. Perante isto, impõe-se as seguintes questões:

Estas novas intenções do governo diminuirão o consumo de álcool e tabaco?

Uma proibição total do consumo de álcool e tabaco até aos 22 anos seria uma medida forte e adequada? Ou manter-se-ia a situação?

Fumar porquê? Porque nos sentimos excluídos?

Não será o fumo um início a outras coisas mais bem perigosas?

Quem tem mais responsabilidade no consumo de álcool e / ou tabaco? Os espaços que frequentamos ou quem nos rodeia?

Se pudesses, o que farias para diminuir o consumo de álcool e ou tabaco?

Ora, poderás debater todas estas questões, e outras, no Geodilema. Dá lá um salto, deixa a tua opinião e não deixes que os outros pensem por ti.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Concurso fotográfico: alimentação saudável.

· Temas: , ,

O projeto PES da nossa escola, com uma pequena colaboração aqui do Geopalavras, vai organizar um concurso de fotografia cujo tema é a Alimentação Saudável. É um tema sempre atual, com imensa fotogenia, na qual vais poder aplicar os teus dotes artístico-fotográficos (bem visíveis no Facebook) e, imagina, poderás mesmo comer aquilo que fotografaste! Ou melhor… tudo depende do subtema que escolheres, e são três: Há monstros no frigorífico; Pratos e lanches saudáveis e Frutos e legumes. Não são uns temas porreiros? Depois de fotografares, só tens de enviar uma foto por categoria para o seguinte email: peslixa@sapo.pt

  Concurso AlSauda

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

O Geopalavras vestiu roupa nova.

terça-feira, 10 de abril de 2012 · Temas:

Os mais atentos, e se calhar mais assíduos, já devem ter reparado que o Geopalavras está diferente e que vestiu roupa nova. O novo visual foi criado com o Artisteer (um programa avançado de edição de websites) e retocado aqui e acolá com pormenores de html que que abundam, em demasia, na internet.

O visual apresenta-se assim mais compactado, proporcionando um acesso mais intuitivo a todas a rubricas geopalavrianas. Criou-se uma terceira coluna, o tipo de letra mudou de fonte e diminui de tamanho, no topo surgiu um botão de Início e Sobre o Geopalavras e no rodapé, surgem hiperligações para os sítios de três projetos do Geopalavras. O modo de comentar as publicações também está diferente.

t1Quando se comenta, e ao carregar na hiperligação comentar, abre-se automaticamente uma nova janela no navegador, que apresenta várias opções: ver o artigo publicado na totalidade e selecionar uma identidade para comentar. Os botões de Gosto e Enviar do Facebook surgem também agora, mais proeminentes após cada publicação realizada.

É no fundo uma mudança radical e que ainda não está acabada. Há muitos pormenores a resolver que, para quem não domina perfeitamente o html e etc., levam tempo precioso entender.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Plágio.

sexta-feira, 6 de abril de 2012 · Temas: ,

Adorei esta reportagem sobre o plágio no mundo da música, feita pela Cláudia, a Ângela e a Catarina do 11ºE. É de facto um tema que deve ser olhado com bastante atenção e cuidado. São recentes os casos de Presidentes europeus que, sob a acusação de plágio académico, se viram forçados a resignar dos cargos que ocupavam.

No plano artístico, a fronteira entre o plágio puro e simples e uma recriação é ténue. Quando temos um chamado cover, ou seja, se toca por exemplo uma música e se presta um tributo a quem a gravou pela primeira vez, temos um produto artístico comummente aceite no meio. Mas quando há apropriação pura e simples de uma música e se ignora o seu autor original, temos um plágio. O problema está, muitas das vezes, em detetá-lo na imensidão de produção cultural e artística que simplesmente flutua pela Internet.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Celebrar a Páscoa em tempos de crise.

quinta-feira, 5 de abril de 2012 · Temas: ,

- Por Sara Pimenta 11E.

Tal como era de esperar, mais uma vez os portugueses fazem questão de celebrar esta época festiva e por isso, vão gastar as suas economias já por si reduzidas.

Começando pelo Dia de Ramos, e pelo que consegui apurar, verifiquei que a adesão vai ser numerosa, ainda que a palavra ‘crise’ assombre o nosso dia-a-dia. Porém, as pessoas que contactei confessaram-me que darão os seus ramos aos padrinhos, por ser tradição, mas terão em conta os custos, optando sempre pelos mais económicos. Há coisas que mudam, não no hábito mas sim na carteira…

Outro assunto que tentei apurar, foi sobre o modo como os meus conhecidos iriam viver estas miniférias de Páscoa. Tal como suspeitava, obtive respostas bastante diversas, sendo que uns disseram que iriam aproveitar para descansar, pois com a crise, e sendo esta sinónimo de tensão, uma pausa faz sempre bem à alma; por outro lado, ouvi respostas que afirmavam não poder desperdiçar algumas poupanças e que a quadra ia ser vivida por casa.

Averiguei também se os estabelecimentos comerciais estariam abertos no dia de Páscoa. As respostas deixaram-me um pouco boquiaberta, visto todos os estabelecimentos aos quais me dirigi, me responderam “- Sim, vamos estar abertos durante o dia todo, incluindo o período de almoço…”. Com esta resposta retiro uma ilação: estamos mesmo deparados com a crise e todos os momentos contam para conseguir faturar um pouco mais, nem que seja com o compasso à porta…

É uma situação completamente nova. Em tempos passados, situações destas não aconteciam e os comerciantes reservavam os dias festivos para poderem tirar um dia de merecido descanso.

Ovos de Páscoa

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Project Glass.

· Temas:

Há uns anos atrás, quando entravamos numa das poucas lojas da FNAC do país, era frequente ficar espantado com algumas novidades que a loja expunha ostensivamente em primeiro plano, demonstrando estar na vanguarda daquilo que mais avançado se propunha ao consumidor. Os primeiros PDA´s, os primeiros GPS´s ou os telemóveis mais sofisticados, surgiam pela primeira vez no país através daquela loja e causavam espanto.

Ora, com o advento do comércio on-line tudo mudou! Muitos dos produtos que chegam às lojas de tecnologia de vanguarda, que entretanto se multiplicaram, já foram apresentados na internet, vistos pelos potenciais consumidores e, inclusivamente, vaticinados por críticos da especialidade.

Por outras palavras, a FNAC e outras lojas do género não conseguem, nos dias que correm, espantar Project Glassninguém pela novidade. Isto deve-se, essencialmente, a dois motivos: a internet é mais célere na apresentação das novidades tecnológicas que, ao mesmo tempo, já não causam o impacto outrora. Há de facto uma espécie de banalização da novidade tecnológica porque o consumidor habituou-se à quase concretização do impossível.

Contudo, surgem de vez em quando projetos que ainda assim causam algum espanto. Um deles é o Project Glass, que promete dotar-nos de capacidades tipo Robocop. É o projeto mais recente da Google e tratam-se de uns óculos que, quando usados, aplicam uma série de tecnologias a toda a realidade que vemos e com a qual interagimos. Na verdade, ampliam as nossas capacidades de reagir e interagir com o mundo e, acreditem - um dia destes estarão à venda na FNAC! Vejam o vídeo de apresentação do projeto.

 

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Ataque de vandalismo na ESL!

domingo, 1 de abril de 2012 · Temas: ,

Apenas um mês passado da abertura das novas instalações, e eis que a Escola Secundária da Lixa sofre o primeiro ataque de puro vandalismo! O autodenominado grupo «comando lixa» sarrabiscou algumas das paredes exteriores da escola, chegando mesmo a grafitar o hall de entrada. Como é normal nestes casos, há sempre um pseudo-motivo para a realização destes ataques sem escrúpulos. Ao que parece, o grupo de vândalos propõe a Lixa para capital! O problema é que não se sabe bem do quê… talvez do vinho verde.

Vandalismo ESLixa4

Este ato bárbaro foi realizado durante a madrugada de sábado e, pela manhã, foram os habitantes vizinhos da escola que alertaram as autoridades. Já durante a tarde, a direção da escola reuniu de emergência e, ao que parece, traçou o perfil de alguns suspeitos. Ora, se por acaso souberes de algo que possa ajudar as deslindar a autoria desta façanha, contacta-nos. Sabemos que que podemos contar contigo em abono da verdade.

Vandalismo ESLixa3Vandalismo ESLixa1Vandalismo ESLixa5Vandalismo ESLixa2

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This