Por causa dos girassóis!

quinta-feira, 27 de julho de 2017 · Temas: ,

Foi assim que combinamos. Se nos desse vontade, desligava-mos o “piloto-automático” a que o Geopalavras está temporariamente ligado, para falar de um assunto interessante. Ora, aqui está ele, e esse assunto é sobre os girassóis! É verdade, e não estamos chalados! Estamos, sim, muitos fascinados com estas plantas de flor gigante, heliotrópicas, que produzem um belo efeito plástico, em qualquer lugar.

Ideia girassol!

Mais. São comestíveis, resistem relativamente bem à secura, atingem um elevado porte, e o seu ciclo vegetativo é anual, isto é, podem ser plantadas em qualquer altura do ano e, com os devidos cuidados, germinam com facilidade dando flor em 2 meses!

Por isso, independentemente do local (…) vamos plantar girassóis! Aliás, a projeção que fizemos com a ESL, pode muito bem servir de motivação para que também o faças aí por casa, ou perto. Larga o “vício”, planta girassóis!


Fontes: Wikipédia /  Jardim.info

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Por volta de dezembro de dois mil e catorze.

Esta amálgama de vídeos vai levar alguns à nostalgia ou, então, à consciência daquilo que: foram / são (riscar o que não interessa). É hábito nosso alimentar estas tradições, não só por aquilo que representam na nossa cultura, mas, sobretudo pela recordação do momento, que agora revisitamos. Foi um achado! Estes vídeos estavam misturados com as fotografias que publicamos por volta do Natal de 2014, e ali permaneceriam, inéditos e valiosos, caso não estivéssemos em arrumações...

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

O Grandioso Churrasco-Karaoke em filme.

terça-feira, 25 de julho de 2017 · Temas: , ,

Este vídeo é uma “bruta” de uma seca para quem não participou no Churrasco-Karaoke! Por isso, é altamente desaconselhado a quem tem mais o que fazer! 

São, precisamente, 9:28 segundos, protagonizados por gente não tem o mínimo jeito para assar febra, como nós, mas por lá andou; gente que tem voz de “enxotar patos” e pensa que canta; gente a berrar ao microfone, desgraçando o pouco que restava dos tímpanos dos convidados, isto depois de uma noite de música foleira; uma entrega fatela de “óscares do churrasco”, cuja atribuição “cheirou a esturro” por todo lado; e, por último, o soporífero discurso do “homem do churrasco”… Portanto, não vejam este vídeo. Tenham mais o que fazer!

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Bom verão!

segunda-feira, 24 de julho de 2017 · Temas:

Imodéstia ou constatação, não sabemos! Mas, seja lá qual for o nosso destino, levamo-nos a “nós mesmos”. E quem dera a muitos poder pensar assim…

CJiOR-1024x640

O Geopalavras vai entrar numa espécie de piloto automático. Vamos publicar, ainda, mais algumas coisas já na calha; outras, apenas quando nos der na gana. Acima de tudo, está na hora de atravessar pontes de riachos belos e mansos.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Nortada, um vento típico do verão.

Estamos em pleno verão e verifica-se uma situação meteorológica muito típica, para esta altura do ano na Península Ibérica: a nortada. Trata-se do nome dado ao vento regional, amenizador da temperatura das regiões ocidentais, que ocorre nesta altura do ano, dado o gradiente barométrico causado pela diferença térmica verificada entre o centro da Península Ibérica, de temperaturas levadas, e a relativa frescura atlântica. 

Nortada

A Península, “muralhada” por relevo periférico, impeditivo à passagem dos ventos atlânticos e, em menor escala, mediterrâneos, apresenta também grande continentalidade, mimetizando assim, à escala, um continente, com temperatura muito quentes no seu interior e vento amenizador nas suas periferias.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Instalações a leste da escola.

domingo, 23 de julho de 2017 · Temas: , ,

Foi o dia 11 julho passado, aquele que definimos para convidar os prestativos BVL à “secundária”, e proceder à instalação dos nossos ninhos. Na verdade, a ajuda que nos prestaram os bombeiros, foi preciosa; só com a capacidade técnica que os elementos da corporação demonstraram, foi possível colocar os ninhos naquelas “alturas” e com aquela segurança. A eles, o nosso muito obrigado. Ah! Os futuros inquilinos, os pássaros, também ficarão contentes e nós transmitiremos o facto…

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Ninhos fotogénicos!

· Temas: , ,

Estamos esperançados no desenvolvimento dos ninhos que instalamos na vertente leste do recinto da ESL. São 7, e estão instalados em árvores de grande porte ali existentes: carvalhos, cedros-do-atlas e plátanos, cujas copas são suficientemente desenvolvidas de modo a proteger as pequenas casas de madeira e futuros inquilinos.

Ninho ANinho B

Com a ajuda dos BVL, tal como já relatamos, tentamos ao máximo orientar a entrada dos ninhos para sudoeste, evitando as direções norte e poente, de onde predominam os ventos dominantes, sobretudo durante a tarde, na área / elevação em que se encontra implantada a Escola Secundária da Lixa.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Trabalho de campo.

sexta-feira, 21 de julho de 2017 · Temas: ,

Da intensidade da semana passada, sobrou, por publicar, o conjunto de fotografias do dia de trabalho de campo, que os Ninhos realizaram nos jardins da ESL. Tratou-se do início da abordagem mais científica deste projeto, definida no programa da sua candidatura, e que prevê o inventário das árvores e arbustos do parque florestal da “secundária”, e realização de um mapa sonoro da área.

Trabalho de Campo 1

Longe de concluídos, os trabalhos permitiram um primeiro contacto com plantas do recinto, alguma da instrumentação e um método científico a seguir.

Trabalhodecampo-007

Ainda falta muito trabalho de campo, mas, estamos em crer, que quem seguir com o projeto, facilmente tratará da sua conclusão. Afinal, o arranque já foi dado, os alunos estão motivados e, acima de tudo, há um objetivo válido: revitalizar todo o fantástico e potencial espaço dos jardins da ESL.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

As redes sociais e um futuro emprego.

Um artigo recente do Observador, escrito pela jornalista Marta Ferreira, relaciona o mundo que cada um de nós constrói nas redes sociais e a sua importância na candidatura / obtenção de um emprego.

Sofia Pandilha 9

Ou seja, «há mais de 14,4 milhões de pessoas à procura de trabalho nas plataformas das redes sociais. Três em cada quatro […] acabam por ter êxito nessa busca de emprego online. Mas só o conseguiram por um motivo: tinham uma marca pessoal bem impressa nas redes. E a sua imagem digital não estava manchada […]».


Fonte: “O que publicar (e não publicar) se quer arranjar emprego”. – Observador, 19 de julho 2017.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Repulsa!

Sentimos repulsa pelos cobardes que se escondem na sombra e dizem coisas que o diminuto cérebro ainda vai permitindo. Enfim, como já afirmamos anteriormente, o Geopalavras não é um sítio pessoal. É sim personalizado e, por isso, hesitamos em publicar “esta coisa” aqui. Mas não temos sangue frio e também serve como lição, amarga e de despedida (clica no bicho). Já chega.

Crocodilo de um certo karaoke

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Material antigo e por arrumar.

quarta-feira, 19 de julho de 2017 · Temas: , ,

Num dos PC´s de casa, temos uma pasta que só com muita coragem abrimos. Chama-se: “Material antigo - por editar e arrumar”, e é uma verdadeira consumição! Em dias mais acinzentados, “virados para os arrumos”, lá ganhamos coragem, damos-lhe uma espreitadela, e o tempo desaparece…

Ora são fotografias por resolver, ora vídeos por editar, ou, até mesmo coisas antigas e já publicadas, mas que merecem ser revisitadas. Ora, foi uma dessas “coisas”, uma relíquia, que encontramos: o vídeo do campismo que realizamos com umas das nossas “DT”, há uns anos atrás, e deixou muitas saudades. Por isso mesmo, e até por umas certas conversas recentes, tidas no Geopalavras, resolvemos colocá-lo também, na Caixa de Recordações do Geopalavras.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

O que fazer num dia de chuva em pleno verão?

· Temas: ,

Desenrascamos uns dias de “folga”, depois de umas semanas intensíssimas, e: chuva! Ora, para quem está junto à praia, no verão, a chuva é literalmente uma: “fura-planos”, logo, “desenrasca-uma-alternativa-diferente-do-shopping-onde-meio-mundo-está-a-torrar-dinheiro-em-torradeiras-e-ventoinhas-a-pilhas”. Arre!

Assim, e quanto a nós, vamos arrumar uns vídeos que tínhamos engavetados, e na calha da coleção: Caixa de Recordações do Geopalavras. Mas, há mais soluções. Lê o que a Sofia e o Tiago nos sugerem para dias assim:

Tiago e Sofia - Pandilha Dia de Chuva

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Folhas ao vento!

· Temas: ,

Algures pelo outono, e quando nos “toca” o sétimo ano, há uma aula em que partimos à descoberta da Europa, da localização dos seus países e suas capitais, em jeito de competição entre grupos. Os alunos adoram e nós também. Agora, passados anos, é delicioso, quase nostálgico, rever as folhas ao vento de então.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Os segredos de um bom churrasco.

domingo, 16 de julho de 2017 · Temas: , , ,

Como profissionais da coisa, e usando o sucesso do Grandioso Churrasco-Karaoke, a festa de encerramento da semana de atividades do Projeto Ninhos, como exemplo, deixamos aqui alguns conselhos aos amadores / principiantes do churrasco que, afinal, é uma das modalidades “desportivas” mais praticadas em Portugal Continental e Ilhas.

Grandioso Churrasco-Karaoke-027

  • Primeiro: não se pode ser pode ser forreta e poupar no carvão e acendalhas; há que gastar, isto para depois não pôr a culpa no desgraçado homem do talho, “porque as febras estavam muito grossas” e ficaram mal-assadas ou se só assaram por volta das sobremesas…
  • Segundo: enxotar a “malta parasitária” que aparece na fase inicial do lume; neste arranque, há sempre gente a rodear o “verdadeiro homem da grelha”, dando palpites, tipo: “- O meu cunhado usa pinhas para acender as brasas, e depois bufa, etc. e tal…” ou, “- Tem carvão a mais, eu bem te dizia, etc. e tal…”; ora, estes “amadores” falam muito até ver o crepitar das brasas rubras, depois calam-se e vão beber vinho…
  • Terceiro: a indumentária! O “verdadeiro homem da grelha” usa boné, de preferência virado ao contrário, e tem de ter uma “autotatuagem” no braço a dizer algo do género: “Fátima 1971”, “Angola 68”, ou um desenho de um golfinho ali para os lados do fim do ombro, ou perto…
  • Quarto: o “homem da grelha” tem também de fazer figuras tristes e posses ridículas, para a fotografia, isto para mostrar o sucesso aos “cunhados”, ter o que contar no café, pelo meio do mata-bicho, e fazer um sucesso de fé, ao publicar as fotografias no “face” e no “insta” da famelga;

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

A razão não se compadece, necessita de loucura.

sexta-feira, 14 de julho de 2017 · Temas: , ,

Em setembro daremos continuidade às Escadas da Natureza. Foi uma semana de trabalho árduo, delicioso, inédito, que cumpriu o nosso primeiro objetivo: pintar de branco as paredes, prepara-las para os futuros desenhos, já projetados, e limpar todo o espaço envolvente. De facto, tornamos todo espaço digno, e contamos com o apoio da Direção do AEL, da excelente ajuda (com materiais e logística) da CMF, e ainda da vigilância da Polícia Municipal.

Razãoeloucura-056

Mas hoje é dia de churrasco, uma espécie início de pausa estival nas atividades do Projeto Ninhos, que volta a entrar em ação antes ainda do reinício das aulas. Por isso, é o momento de agradecer aos alunos que alinharam nestes dias, e em situações passadas, e de transmitir um pensamento que verdadeiramente nos arrepia a pele: a vossa loucura motiva-nos tanto, tanto, que partimos cheios de sonhos para o que aí vem, e vem muito. Acreditem. Obrigado!

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Vais a: Itália, Hungria, Chipre, Roménia e França!

quinta-feira, 13 de julho de 2017 · Temas: ,

É com enorme prazer e entusiamo que anunciamos que a nossa escola, a Escola Secundária da Lixa e o seu Agrupamento, viu a sua candidatura ao programa Erasmus KA2+ aprovada. Por outras palavras, vencemos um projeto financiado pela União Europeia, integrados numa equipa multinacional, composta por escolas da Itália, Hungria, Chipre, Roménia e França.

Erasmus KA2

Por outras palavras ainda: isto tudo significa que poderás ser um dos felizes contemplados a participar, e viajar, no intercâmbio internacional com alunos de escolas destes países (acolher alunos e ser acolhido nos vários países de destino), ao longo dos próximos dois anos. Lê mais neste documento.

Mensagens equipa Erasmus

A equipa da nossa escola é composta pelas professoras Célia Vaz, Paula Correia e, nós próprios, Pedro Alves. Mas, e em abono da verdade, foram sem dúvida aquelas “nossas” meninas de inglês que arrepiaram caminho, a par de uma professora romena, a Valentina que, certamente, um dia virá à Lixa com os seus alunos.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Numa espécie de epifania.

quarta-feira, 12 de julho de 2017 · Temas: , ,

Estamos em crer que nos vamos repetir, e não será a última vez. Mas, o motivo é válido e forte. O motivo é um pensamento que nos norteia e determina muito daquilo que fazemos e ensinamos a fazer. Em palavras curtas: a solução é sempre inalcançável, todavia, devemos nos aproximar dela por tentativas. É assim que constroem as ideias e soluções, nunca perfeitas, mas cada vez mais perfeitas. Popper refletiu sobre isto e nós, todos nós, praticamo-lo.

Instalação dos Ninhos - fotografia 56

Os ninhos que foram fixados ontem, em 7 frondosas árvores da vertente leste da ESL, nasceram durante uma aula, numa espécie de epifania, e rapidamente passaram do esboço a realidade, numa condução critica feita pelos nossos alunos e pares.  Na verdade, estas caixas de madeira, são muito mais do que espaços para os nossos visitantes estivais, ou até invernantes. São, afinal, ideias materializadas.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Delírios em dois dias de verão.

· Temas: , ,

Descrever o inédito é sempre uma tarefa árdua. Não há pontos de referência, elos de comparação, que permitam qualificar o que se vê; por isso, e nestes casos, apela-se à sensação, aquela “coisa” que nos permite dizer: “que momento!”. A pintura das Escadas da Natureza, uma das várias tarefas do projeto Ninhos, foi um desses momentos, sem comparação, que perdurará durante muito tempo.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Momentos indeléveis.

segunda-feira, 10 de julho de 2017 · Temas: , , ,

Há momentos difíceis de repetir durante toda uma vida. Hoje, com o início da pintura das Escadas da Natureza, aconteceu um desses momentos. Os ângulos proporcionados pelo cenário, a tinta branca que permitiu loucuras plásticas, o sol e a sua luz pela tarde e, o mais importante de tudo, os protagonistas, proporcionaram-nos um sentimento novo e um novo sentido para a palavra: belo!

MomentosIndeléveis-133

Foi, assim, uma jornada inicial e fulgurante do Projeto Ninhos que, para além desta pintura, conta ainda com a colocação dos ninhos nas árvores, o inventário das mesmas, e uma grandiosa festa de encerramento de atividades, que conjugará alunos e professores.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

O calão de todos nós.

O calão é remédio santo para libertar, rir, e até insultar, mas também para expressar muita coisa que, sem ele, não soaria, paradoxalmente, bem. Imagine-se, por exemplo, alguém a ver a “bola”, em pleno Dragão, e falar com os “manos” das cadeiras vizinhas sem uns belos duns car##### e uns fo####… Não faz sentido. Ou então, imagine-se uma daquelas jantaradas de amigalhaços trintões de longa data, sem usar um único palavrão! Também não faz sentido.

Por isso, o calão faz sentido, e só não faz a quem não o usa. E quem não o usa, é esquisito, ou não é português! Car###o!

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Entusiasma-te, pois tens razões para isso.

sexta-feira, 7 de julho de 2017 · Temas: , ,

Vamos começar por confessar o nosso entusiasmo, com “tudooooo” aquilo que temos programado acontecer durante a próxima semana (de 10 a 14 de julho), na ESL. Ou seja, finalmente, as várias das ideias trabalhadas pelos Ninhos, criadas do rascunho, tal como deve ser sempre, vão finalmente tomar forma, e do modo que realmente importa: através dos seus protagonistas, os alunos. Doutro modo, nada disto faria sentido.

Programa das Festas

O programa não é rígido e será sempre flexibilizado em função de muitas variáveis (o número de alunos, a sua disponibilidade de horário, o estado do tempo, etc.). Se necessitares de alguma informação extra, contacta-nos.

Assim, e para além da colocação dos Ninhos nas árvores, vamos dar várias demãos às paredes das Escadas da Natureza (com muita segurança e colaboração da CMF que têm sido uns “porreiros”), proceder a um estudo do impacto sonoro nos jardins da ESL, realizar um levantamento (com ajuda deste guia) das suas árvores e arbustos e, para terminar em beleza, vamos fazer um Grandioso Churrasco-Karaoke no campo da escola, e assar alguns dos nossos “amiguinhos" alados na grelha, “chlépt”!


Nota: a lista de alunos participantes, sempre em atualização, está aqui e encontra-se protegida com uma password constante no Fórum Ninhos.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Que doa a quem tiver de doer, apenas!

quinta-feira, 6 de julho de 2017 · Temas: , ,

Se há algo que valorizamos muito, e é percetível nestes anos de Geopalavras, é o direito à privacidade. Não aquela que bloqueia a liberdade criativa, isso roça a censura, mas aquela que separa o mundo pessoal do mundo público. Quem ultrapassa esta fronteira, sobretudo nas redes sociais, trilha um caminho sem retorno, viciante e, muitas das vezes, desprovido de interesse pois é profundamente centrado na alimentação do “eu”.

Matilde Pandilha - Retroescavadora

Mas há pior. Quando a vida própria não é o bastante, se calhar por razões óbvias, as “retroescavadoras” do “face” entram em ação e vasculham o alheio, deliciando-se com tudo que é pormenor e comentário.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Eletrotecnia em movimento.

quarta-feira, 5 de julho de 2017 · Temas: , ,

O culminar das provas de aptidão profissional provoca sempre uma dupla sensação: de ansiedade e realização. A primeira, que domina a maioria dos alunos, surge pelo fim da caminhada escolar, pelo desconhecido e incertezas do “mundo lá fora”, mas, que afinal, também é um mundo de oportunidades.

A segunda sensação, a melhor, é tanto aplicável aos alunos como aos professores que os orientam. É a sensação de dever cumprido, num culminar de três anos de investimento e orgulho pessoal. Boa sorte a todos, “campeões”!


Nota: como não foi referido na reportagem, deixamos aqui o destaque do papel do Prof. Feliciano, como obreiro e orientador das provas de aptidão profissional do curso de eletrotecnia.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Para a semana, vamos entrevistar o ruído.

· Temas: ,

Um dos principais objetivos do Projeto Ninhos, é estudar o parque florestal da ESL, nomeadamente a sua flora e avifauna. Ora, prevendo a necessidade de nele intervir futuramente, vamos elaborar um pequeno estudo sobre o impacto sonoro que se verifica no seu perímetro, elaborar um mapa de cores, e chegar a conclusões com pontos de partida para intervir. Assim, prepara-te para entrevistares o ruído, que nos “berra” sem nada perguntarmos.

Pandilha Mapa Sonóro

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

O estranho mês de junho.

terça-feira, 4 de julho de 2017 · Temas:

Os dados térmicos e de pluviosidade, registados pela estação meteorológica da ESL no passado mês de junho, provam que este manifestou um comportamento térmico irregular, de extremos, com precipitação de génese diferente, à mistura.

junho 2017 - Meteoesl

O período compreendido entre os dias 12 e 22, pautou-se por temperaturas máximas a ultrapassar os 40ºC e chuva convectiva (de “trovoada”). Contudo, o equilíbrio da máquina climática respondeu, no período sequente, e até dia 30, com temperaturas mais frescas e o maior quantitativo de chuvas frontais registado.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Rola a bola!

segunda-feira, 3 de julho de 2017 · Temas: , , ,

O disparate tomou conta das diminutas massas cinzentas das meninas do atual nove B, por alturas do final do passado ano letivo, quando resolveram passear, imagine-se, o mundo! Nada menos! Ora, da maneira que “ele” está, bem que necessita de um passeio à beira-mar e de descansar um pouco, mas sem grandes trambolhões e pinchos, como se pode ver neste inédito, mais ou menos editado.

Quanto às meninas, e apesar das arrelias, não deixam de ser umas queridas, mas padecem dos mesmos sintomas! Daqui a uns tempinhos, voltamo-nos a encontrar… Ai!

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Já estamos em julho!

· Temas:

O tempo voa! Já estamos em pleno verão e o calor aperta. Para a maioria, os exames já estão arrumados, as matriculas também; outros já simulam contas, até à décima, adivinhando a faculdade do próximo ano; outros veem séries;  uns vegetam; e nós, trabalhamos no meio dos habituais papeis do final do ano, enquanto “lá fora” corre o julho… Argghhhhhh!

 calvin-July


Fonte: http://www.aquaboy.net

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Azucrina, que o passarão publica!

domingo, 2 de julho de 2017 · Temas: , ,

O verbo azucrinar, segundo o dicionário da Porto Editora, significa importunar, maçar ou aborrecer. Daí esta publicação, de teor inédito, e em tantos anos de Geopalavras, mas que satisfaz quem tem de satisfazer... Na verdade, o Geopalavras não é o Facebook, não é uma pessoa, não é um sítio de autoexpressão, para dizer o mínimo. O Geopalavras é um sítio de sensibilidades múltiplas, mas pronto! Azucrinados, estamos a pessoaliza-lo ligeiramente, dando-lhe um certo rosto, a par do Facebook associado, que lhe serve de veículo.

Passarão A

E, já que estamos numa de pessoalização… Na foto, que não publicamos na coleção de fotografias da visita de estudo dos Ninhos ao Gerês - “Um dia próximo do céu” - estamos a par de 4 meninas dos Ninhos, umas “fofas”, que também adoraram o dia.


Fonte:  Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa -  Porto Editora - consultado em 2017-07-02.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Finalmente, as datas!

sábado, 1 de julho de 2017 · Temas: , ,

Finalmente, conseguimos acertar agulhas com a CMF, Polícia Municipal e os BVL, e já temos datas para avançar com a fixação dos ninhos para os nossos amiguinhos esvoaçantes e para a pintura dos muros das Escadas da Natureza: todos os dias entre 10 e 14 de julho, ora de manhã, ora de tarde, ou nos dois períodos.

Convocatória

Ora, como é que vamos proceder à convocatória? O que é necessário levar? Quem participa? Boleias e transporte? E quanto ao almoço?

  • Vamos contactar um a dois alunos por turma, responsáveis, que farão o levantamento do seguinte: quais os alunos participantes da turma em cada turno (manhã ou tarde);
  • Deves trazer umas roupas velhas, sujeitas a serem pintadas e chapéu de sol (à pintor…); os balneários do ginásio da ESL estão disponíveis para as mudas de roupa;
  • Participam todos os Ninhos e alunos que entendam colaborar, e queiram deixar a sua “marca” (assinatura) na parede (até podes trazer o cão, mas esse não pode deixar marca nenhuma, capiche?);
  • As boleias serão organizadas por nós, em função dos alunos participantes, sendo que todos os EE serão contactados por telefone via ESL;
  • Se houver possibilidade, faremos picnic nos jardins da ESL, sendo que no último dia, podemos fazer um churrasco (vegetariano, como é óbvio…);
  • Para qualquer dúvida, contacta o delegado da tua turma a partir da próxima 3ª feira (dia 4 julho), isto se ele não te tiver contactado antes.


Vai ser marcante para ti e para a cidade da Lixa, e vamos filmar tudo em timelapse! Se tiveres dúvidas ou sugestões, deixa ou envia uma mensagem.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This