O Vlad na receção.

quinta-feira, 28 de junho de 2018 · Temas: ,

Não há entrega que por ela não passe ou recado que deixe de dar, ninguém fica indiferente à receção da escola. E, muito embora receba toda a gente com um sorriso de boas vindas matinal e vespertino, todos lhe viram as costas na hora de regresso a casa, a menos que andem “ao para trás”, como caranguejo.

Viagem de Vlad & Peterpen - Receção da ESL

Na receção reside também um dos mais importantes livros de toda a escola: a famosa lista telefónica! Velhinha, velhinha, desenrasca números de mercearias, museus, companhias de viagens e até lavandarias; uma autêntica relíquia!  A receção é também um ponto de conversa quando o serviço vaga. Por ali se ri, comenta a bola, que às vezes rola mesmo ao lado, ou desabafa de um dia menos bom. É assim a receção da escola, panaceia para muitos males e chave de muitas portas…


Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Upa! #4.

quarta-feira, 27 de junho de 2018 · Temas: , , ,

Foi muito bom rever a Rita! A imagem que dela mantínhamos mudou, e também não. Conserva aquela meiguice na expressão, mas tem agora um discurso cuidado, rico de vocabulário, denso, próximo do escrito. E desculpem a admiração sobre este último pormenor, mas a nossa memória ainda a vê algures no 12º ano, a par da turma, cheia de ideias, dinâmica e muito promissora. Concretizou-se.

E se o seu testemunho sobre as agruras do mundo, é por si só motivo de reflexão sobre o papel da escola enquanto veículo que desbrava a realidade, o cruzamento com o esperançoso testemunho da Mónica, realizado no primeiro episódio desta série Upa!, torna este testemunho da Rita importante para quem quer seguir Direito.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

A viagem de Vlad à reprografia.

terça-feira, 26 de junho de 2018 · Temas: ,

Hoje voamos até à reprografia da ESL! Tal como a paragem anterior, o bar da ESL, é local de muita clientela, que se avia sobretudo nos intervalos, e procura basicamente duas coisas: ora carregar o cartão para enfartar o estômago com a pastelaria sobrevivente no bar, ora imprimir, sempre à pressa, o trabalho pedido há muito. A serventia é de dias… às vezes tempestuosa, às vezes calma, mas sempre muito, muito profissional.

Viagem de Vlad & Peterpen - Reprografia da ESL

Se há alguém que gosta deste espaço, é a Peterpen! É aqui que sente útil e mostra toda sua importância. Mas, se embirra com o computador do balcão, ai! Não há impressão para ninguém e toca a apelar às nuvens! Mulheres…

A reprografia é também uma papelaria. Vende-se um pouco de tudo e, surpreendentemente, com variedade. De canetas a estojos, passando pelas incontornáveis borrachas e aguças, há ali o suficiente para preencher o estojo de início de ano letivo, enquanto ele sobreviver, por poucos euros. Portanto, se passearem pela escola num dia de chuva, deem um pulinho à reprografia, é incontornável.  

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Resultados da seleção Erasmus a França.

segunda-feira, 25 de junho de 2018 · Temas:

Estão finalmente definidos os últimos alunos participantes no Programa Erasmus do AEL deste biénio, que vão viajar até Saint-Avold, nordeste da França, em novembro próximo, e viver a melhor semana das suas vidas! Tratam-se da Marta Correia e da Raquel Carvalho, ambas do 10ºA, e da Margarida Marques, do 10ºC. Parabéns pela coragem de acreditar e ousar.

Vencedores - Erasmus França

A decisão dos professores organizadores, e do membro da Direção do Agrupamento, a professora Esmeralda, foi unânime, e teve como base um conjunto de questões elaboradas pelos concorrentes, e a expressão das mesmas. Estas alunas juntam-se assim aos restantes, que já viajaram a Itália e Hungria, ou vão viajar (Roménia), e formam a equipa Erasmus do AEL. Esta será responsável (em função de alguns critérios) por algumas das diferentes tarefas de acolhimento dos alunos e professores que, em maio de 2019, dinamizaremos na Lixa, Porto e Portugal.

Por último, refira-se que há possibilidade de abrir mais uma vaga na viagem à Roménia. Há 3 nomes já definidos, que a seu tempo aqui faremos menção. Depois de França tomaremos uma decisão sobre aquela possibilidade.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

O fogo e o S. João.

sábado, 23 de junho de 2018 · Temas: ,

Na imensa riqueza dos festejos sanjoaninos, o fogo é rei!  Na quadra, assume-se multifacetado: surge como símbolo do solstício, alívio da alma, chama da paixão, propulsor de balões e desejos, útil na brasa e divertido no salto. É impossível o S. João sem ele, e nem as orvalhadas da vida lhe retiram o brilhantismo. Bom S. João!

S. João A


Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Sobre o exame de Geografia A 2018.

sexta-feira, 22 de junho de 2018 · Temas: , ,

O exame nacional de Geografia A (1ª Fase) deste ano surgiu estruturado de uma forma diferente, 15 grupos onde alternaram questões de escolha múltipla e resposta de desenvolvimento curto, enfatizando a interpretação concreta das imagens e ou mapas apresentados, misturando os conteúdos dos dois anos letivos sobre os quais a prova versa. Concordamos, pois na verdade a Geografia é isso mesmo: uma mistura de saberes não estanques, aplicados ao seu objeto de estudo.

EX-GeoA719-F1-2018-V1_net_Página_01

Veja-se por exemplo o Grupo 4, onde o tema da rede hidrográfica está em foco, mas que não se centra apenas naquilo que é lecionado no 10º ano neste subtema. As perguntas 5, 6 e 7 provam-no, ao apelar às “funções das barragens” (gestão da água), “[…] culturas que são temporárias de regadio”, agricultura, e o desenvolvimento do Alentejo, usando “recursos endógenos”, tais como “minerais metálicos” ou “rochas ornamentais”.

Exame Geografia 2018 Versão A 1Fase - 1

O grupo 11 promove a feliz mistura da radiação solar com a agricultura, afinal, óbvia, num dos grupos que se deverá revelar de maior dificuldade no exame. O grupo 12, aborda uma questão altamente pertinente, a gentrificação das cidades de Lisboa e Porto, e o paralelo crescimento turístico. É um excelente tema de reflexão, porque atual e bastante propagado pela imprensa. Contudo, não o é nos manuais atuais e as escolas (alunos / docentes) situados geograficamente mais distantes desta realidade, podem não rebuscar o que está preconizado no programa oficial da disciplina. As visitas às baixas do Porto e ou Lisboa, neste sentido, são pródigas, mas não comuns e ou até possíveis.

Exame Geografia 2018 Versão A 1Fase - 2


Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

A viagem do Vlad e a Peterpen!

· Temas: ,

É finalmente verão e está tanto calor, que o ar trepa às alturas, arrasta humidades e devolve-nos chuva de fim de tarde, à mistura com trovoada. São as chuvas estivais, que partem de terra firme e quente, e a ela voltam, sempre num pequeno, mas intenso espaço de tempo. Dado o momento, não só meteorológico, mas também laboral, resolvemos viajar com a Peterpen, em várias etapas, ao longo de vários e afamados locais da ESL. E, podem não acreditar, mas para quem mede cerca de 5 centímetros, e tem uns olhos desproporcionais, uma viagem da sala de professores até ao bar da ESL, é quase como viajar até à Patagónia!

Viagem de Vlad 1

E o que há a dizer do bar da ESL? Em primeiro lugar, que se trata do espaço mais concorrido da escola. A simpatia do atendimento abunda e os preços são convidativos. Já quanto à diversidade de “comes e bebes”, podia ser um pouco melhor, mas compreendemos que nem tudo é possível servir… sobretudo numa escola! A acessibilidade e o estacionamento, sobretudo em hora de ponta, é difícil, para não dizer: quase impossível. Aconselhamos, por isso, vagar na sua visita, até porque há sempre uma boa conversa a correr nas imediações, sobre tudo e qualquer coisa!

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Montátenda!

quarta-feira, 20 de junho de 2018 · Temas: ,

Esta é a foto, mais ou menos oficial, da equipa do “Campismo dos Espiões”, que nesta passada terça-feira desesperou para montar as tendas do acampamento previsto para daqui a uns dias. É também provisória, pois família não está completa: faltam duas meninas que andam a descobrir encantatoriamente “o mundo”, uma outra que não sabemos bem, e um marmelo que foi para o tanque nadar com os patinhos!

Montátenda

Sobre o motivo da foto, apetece-nos também dizer isto: a rapidez de julgamento de uma classe social é demasiadamente estúpida para nos demover da nossa convicção de ir além do ensino. Vejam-se os ataques diários na imprensa, por exemplo, e sabemos do que estamos a falar. E esta convicção não é só nossa, é também dos 3 professores que nos acompanham, e muitos outros, para quem o ensino não se reduz ao giz e um quadro negro, e cujas férias são de um mês, ao contrário daquilo que se gosta de fazer passar. Ah! E se esta atividade se prevê acontecer, sê-lo-á por entre as pausas que esta fase calendário escolar permite e, pasme-se, às próprias expensas! Era muito mais fácil nada fazer… e aí sim, a estupidez era bem-vinda.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Não desesperes e vai à praia!

terça-feira, 19 de junho de 2018 · Temas:

#0116 -  Erasmus Cndidatura a França (insta)

Sabemos bem, muito bem, que já não és o mesmo por tanto exasperar pelos resultados da última “prova” selecionadora dos alunos, que connosco irão alinhar no projeto Erasmus do AEL. Trata-se de uma viagem a França, mais concretamente a Saint-Avold, que se situa no nordeste do país, e fica pertinho de tudo… da Alemanha, a leste, e do Luxemburgo e Bélgica, sensivelmente a noroeste. Maravilha!

Portanto, goza o sol e o calor, vai à praia, pois só no próximo dia 25 publicaremos os resultados. Ah! E se te der uma urgente coceira, que é o sinal do “corpo” a “puxar” por vingança sobre professores nada despachados, não ligues, é falso alarme! Isto, porque não obstante o calor, cá continuamos a trabalhar no assunto, por entre as toneladas de papel de final de ano letivo…

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Sistelo.

domingo, 17 de junho de 2018 · Temas: , ,

Arranhamos os tornozelos, houve entorses, quebras de tensão arterial, um roncar de estômago pela hora tardia de almoço, gente presa no WC, dificuldade em estacionar, telemóveis sem rede, mas… comungamos de um enorme sorriso de sentida satisfação pela paisagem, pela superação do esforço físico, pela conversas que fluem, por rever pessoas que já não víamos há muito, pela delícia de integrar alunos no nosso seio, tal como nossos, pela comida que, tardiamente, ainda sabe melhor… pelas fotos que agora publicamos, e que em grande parte são da autoria da Catarina, pela jovialidade de todos!

Sistelo-005

Afinal: «Que viaje à roda do seu quarto quem está à beira dos Alpes, de Inverno, em Turim, que é quase tão frio como Sampetersburgo - entende-se. Mas com este clima, com este ar que Deus nos deu, onde a laranjeira cresce na horta, e o mato é de murta, o próprio Xavier de Maistre, que aqui escrevesse, ao menos ia até o quintal».

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

A ruralidade contada pelo D.

· Temas: , ,

Todos os anos letivos, haja propósito na "matéria” e algum vagar, devolvemos o protagonismo da criatividade aos alunos, tal como deverá ser sempre. As estórias rurais são uma excelente prova do mesmo. A seu propósito, os alunos recriam num cenário agrícola, personagens de nomes estranhos e personalidades a condizer. Damos um empurrão na narrativa e as estórias fluem sem nunca se repetir. Parece haver uma espécie de brio em fazer diferente, e ainda bem! Invariavelmente, divertem-nos como se fosse a primeira vez.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Estórias de um mundo diferente.

sexta-feira, 15 de junho de 2018 · Temas: , ,

Se deste naipe de atores de duas turmas sair um orador de multidões, um ator, ou alguém que saiba expor ideias em público, damo-nos por realizados. Até porque não é propriamente a nossa geografia, que também conta, é certo, que procuramos com coisas assim. Acima de tudo, tentamos passar a ideia de que é possível fazer diferente, e  a criatividade que um teatro, ou uma atividade similar permite, responde a este nosso anseio. Na verdade, é isto que fazemos há anos: quase sem querer, incutimos incessantemente este modo inconformado de estar. 

Estórias_C&D-122

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

O mundo rural pela imaginação do oitavo C.

quinta-feira, 14 de junho de 2018 · Temas: , ,

Sempre que surge a oportunidade, enfiamos o teatro na Geografia, baralhamos tudo muito bem e obtemos, invariavelmente, coisa brilhantes, difíceis de definir, mas muito interessantes, para dizer o mínimo. Desde a ribalta de alunos em palco que numa sala de aula não ousam sequer falar, passando pela cumplicidade de toda uma turma em torno de cada uma das estórias, tal como se fosse sua, este teatro é muito mais do que um exercício dramático, é uma descoberta do quanto fabuloso é o trabalho colaborativo e de desenrasque, em prol de um objetivo.

Neste novo mundo, os adereços e acessórios são comungados, até entre turmas, e constituem-se como alicerces obrigatórios das mirabolantes estórias que envolvem Rodolfos e Marilenes, filhos malcheirosos, vizinhos invejosos, velórios, muitos velórios e, como não podia deixar de ser, fantasmas!

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Upa! #3.

quarta-feira, 13 de junho de 2018 · Temas: , , ,

É gratificante ver o Mário cheio de ideias promissoras. Foi nosso aluno no nosso início de carreira, voltou a sê-lo uns anos mais tarde, e agora, já adulto, vemo-lo empreendedor. Mas, finjamos que o Mário tinha olhado para a escola como um fardo, uma coisa sem interesse, uma etapa obrigatória. Será que a entrevista teria o mesmo tom? Será que o Mário nos conseguiria entusiasmar com as suas ideias e ambições? Temos certeza que não, e por isso, congratulámos-mos pela certeza da resposta. Parabéns, Mário!

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Este sim, promissor!

· Temas: ,

Findo um ciclo, iniciamos outro e deixámo-nos ir, sempre conscientes do erro. O vício da inquietude, do inconformismo, da revelia perante um certo estilo de ensino, leva-nos ao arriscado jogo das apostas de longo prazo, que ora têm retorno, ou não. Nos últimos tempos, a sorte não nos tem ajudado. Perdemos apostas em viagens e exercícios de verdades, mas não desistimos e, lá voltamos às estórias rurais que são muito mais do que piruetas de avaliação.

TeatroSimPromissor-058

As estórias destas 4 famílias rurais muito particulares, já percorreram uma mão cheia de gerações de alunos e sempre de um modo diferente. Não há uma única estória igual à outra! Ao longo dos anos vimos muitos “Ramiros”, “Rudolfos” e “Marilenes” em palco, mas nunca os vimos iguais; e é aí que reside a beleza deste exercício de imaginação, no qual insistimos e avaliamos Geografia.

TeatroSimPromissor-068

Desde a necessidade básica de aplicar conteúdos geográficos à narrativa dramática, passando pelos adereços e cenários, aquilo que se ganha na promoção de um teatro assim é maior do que aquilo se dá. É sem dúvida, e por agora, uma aposta ganha. Se o será no futuro, o próprio o dirá.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Seleção para viajares até França…

segunda-feira, 11 de junho de 2018 · Temas:

Queremos levar os melhores! Não necessariamente os mais bem-falantes de português ou inglês, mas os alunos mais ousados, criativos e humildes! E é curioso como a experiência das últimas viagens nos faz agora procurar estas características nos alunos, que só surpreende quem nada entende sobre aquilo que andamos a fazer com este mundo Erasmus.

SeleçãoFrançaErasmus

A entrevista vai contar com a presença dos três professores organizadores e um membro da Direção do Agrupamento de Escolas da Lixa. Será uma entrevista intimista, não constrangedora, onde poderás fazer o que entenderes… ou não! Inclusivamente, poderás sentar-te ao nosso lado e conversar, chamar um de nós ao palco e inverter os papéis, saltar à corda, recitar a tabuada dos 9 em francês (não façam isto em casa…) ou até praticar uma receita culinária de terras gaulesas! Com isto, não queremos circo, mas sim algo (até muito simples) que nos faça ver em ti ousadia, criatividade e muita humildade. É uma receita difícil, sabemos, mas tenta.

Assim, e porque queremos levar os melhores, prolongamos o prazo de candidaturas até às 17H do dia 13 de junho. Já sabes que para te candidatares, deverás entregar um boletim de inscrição devidamente preenchido, junto da receção da ESL. O ponto de encontro para a entrevista será junto da Biblioteca da ESL, pelas 17:10h. Para qualquer esclarecimento, contacta-nos.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

A Deise na final!

sábado, 9 de junho de 2018 · Temas: , ,

A nossa discreta Deise chegou de mansinho à final! Já sabíamos… Vai disputar amanhã, dia de Portugal, a final da edição deste ano letivo do concurso nacional de leitura, com mais de 200 alunos de todo o país. Realiza-se em Pombal, terá transmissão televisiva (RTP2 pelas 19:40h), e “consistirá numa prova em que os alunos concorrentes fazem a defesa de um livro, escolhido por eles, e são avaliados pela expressividade da leitura e pela capacidade de argumentação”. Como deves calcular, nós e a rapaziada estamos muito confiantes! Por isso, traz a taça!

RTP Deise

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

O apagão.

Começamos por referir que este vídeo trata de um muito assunto sério. A sério! Afinal, não é todos os dias que se verifica uma “apagadela” em massa deste calibre, em plena biblioteca escolar! É inédito e tem um propósito: ensinar a poupar e reutilizar! Sim, é na verdade do que trata esta “apagadela” de livros escolares, claro está… isto, porque a outra já dura há mais de 9 anos, e a nós não nos deixa poupar nada…


Nota: não obstante o tom relaxado, é de elogiar a atitude dos alunos que prestaram este serviço. Parabéns!

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Upa! #2.

quinta-feira, 7 de junho de 2018 · Temas: , ,

A questão do cariz prático nos cursos profissionais lecionados nas escolas secundárias é enorme, antiga e reconhecida por alunos e professores. Não obstante o reparo, e até por quem interessa, há reconhecimento de que se trata de um ensino completo, que faz aprender, proporciona atividades e soluções de emprego criativas.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Concorre a França!

· Temas:

Após Itália e Hungria, surge a França no roteiro do programa Erasmus. A viagem ocorrerá em novembro próximo (de 4 a 10), mas queremos concluir a nossa equipa de alunos o mais rapidamente possível, até porque já definimos os alunos a levar à Roménia, e temos imensas ideias para pensar e eventualmente desenvolver na semana de receção dos alunos italianos, cipriotas, húngaros, romenos e franceses, em maio do próximo ano. Mais, esta equipa será a responsável por outra semana fantástica, desta feita criada por nós, desdobrada entre a nossa região e Porto, cidade pela qual nos nossos parceiros tanto anseiam…

France Concurso

Assim, vamos selecionar 3 alunos do 10º ano de escolaridade, ensino regular ou profissional, que sejam um misto do seguinte: humildes, audazes, autónomos e criativos. Claro está que dominar um inglês “deserascante” é também importante, mas pela experiência acumulada, não o entendemos como o fator mais importante. De todo!

Ora, se estás interessado em viver a melhor semana da tua vida (e não é exagero), concorre. Pede um boletim de inscrição na receção da ESL, preenche-o e entrega-o junto da mesma até ao final do próximo dia 11 de junho. A audição a cada um dos candidatos decorrerá no próximo dia 14 de junho, no Pequeno Auditório da ESL, perante um júri de 4 professores.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Upa! Que incita o futuro.

terça-feira, 5 de junho de 2018 · Temas: , , ,

Iniciamos com a Mónica uma série de entrevistas que tencionamos realizar ao longo destes dois próximos meses; tempos de decisões, sempre muito difíceis, sobre um percurso do qual raramente se tem certezas. A escolha de um curso, a passagem para o ensino secundário, ou aquilo que se segue após o fim deste ciclo, é sempre motivo de inquietação e por vezes, angústia.

Não obstante estarmos ainda agora a iniciar esta série de entrevistas, que lhe chamamos – Upa! Que incita o futuro. – já aprendemos que desistir é errado e voltar atrás é também uma excelente opção. Veremos o que se segue.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

As notas e o vilão!

domingo, 3 de junho de 2018 · Temas: , ,

É verdade, está a chegar o momento em que os professores passam a ser os inimigos públicos da nação, porque podem estragar as férias ou, pior, o ingresso no próximo ano letivo da malta! Não se faz… Mas, se foste daqueles que carregou livros e trabalhou com método durante todo o ano, mesmo quando não apetecia nada… não terás que temer os vilões do final de época! Muito pelo contrário!

Avaliações

Contudo, põe-te “à atalaia” se és daqueles que acha que: estudar “muito” é coisa para acontecer na véspera, faz o “esforço” de evitar olhar para o telemóvel e para as horas que não passam, tens uma data de argumentos explicativos para os “azares” que as negativas obtidas nos testes traduzem. Se o és, então tens mesmo razões para temer o vilão que é orgulhosamente exigente. É por pouco tempo; depois vemo-nos por aí…

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Missão desvendada.

sábado, 2 de junho de 2018 · Temas: ,

Fizemos o impossível! Condensamos 7 dias em cerca de 2 minutos de película que permitem desentrelaçar pouco, muito pouco, de tudo aquilo que se viveu em Budapeste. Mas, depois deste segundo encontro de alunos, já nos é possível afirmar que estas experiências marcam pautam e traçam rumos de vida. Por isso, e pela importância, estamos já a desenhar todo processo de seleção de alunos, candidatos a participar nesta maravilha! Deverá ocorrer durante a próxima semana e em breve teremos novidades. Afinal, logo após o verão, surge a França!

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Um prolongamento da primavera inicial.

sexta-feira, 1 de junho de 2018 · Temas: ,

Para este dia 1 de junho, dia da criança, é prevista «precipitação no Norte e Centro. Temperaturas inferiores ao normal para a época. […] Vento mais intenso no litoral oeste […] nas regiões do interior, condições favoráveis à ocorrência de aguaceiros, que poderão ser acompanhados de trovoada», isto segundo o IPMA.

Previsão do Estado do Tempo para o Dia 1 de Junho 2018

De facto, a chuva que se arrasta há dias, e sobretudo a temperatura baixa para a época, não são não são comuns para o início de junho. Por norma, e nesta altura do ano, o anticiclone dos Açores desenvolve-se latitudinalmente, e não longitudinalmente como acontece, permitindo uma corrente norte atlântica, fria e húmida, que determina o estado de tempo atual e dos próximos dias.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This