A dinâmica da atmosfera.

segunda-feira, 27 de novembro de 2017 · Temas: ,

Uma das possibilidades de visualizar a dinâmica da atmosfera, é observando tudo aquilo que é transportado pelo vento: aerossóis (tais como os ventos poeirentos do Sahara), fumos (decorrentes de incêndios florestais) e até a movimentação das correntes marítimas, decorrentes da força de atrito exercida pelo vento na superfície oceânica.

A compreensão do comportamento destas intrincadas, e complexas, variáveis, entre outras, permite traçar padrões de comportamento atmosférico, que nos ajudam nas previsões meteorológicas e ou elaboração de modelos climáticos.

O fantástico vídeo que foi publicado no passado dia 13 de novembro pela NASA, e usa informação de satélite, combinada com modelos matemáticos, numa simulação computorizada. O resultado é fascinante, mas assustador.


Fonte: NASA Goddard

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

O Porto pelo Natal.

quinta-feira, 23 de novembro de 2017 · Temas:

Vamos ao Porto, pelo Natal, e não vamos visitar museus, exposições, e outras coisas importantes. Vamos simplesmente ao bulício que o comércio da Baixa provoca na cidade, sobretudo nesta época do ano. Levamos alunos, o motivo, e uma grande equipa de professores, para cumprir um importante objetivo: entender a cidade.

Visita de Estudo Porto pelo Natal

Trata-se de uma visita de estudo definida no Conselho de Turma do Curso de Línguas e Humanidades, aprovada superiormente, que se realizará no próximo dia 8 de dezembro. Tem partida junto da ESL, pelas 14 horas, e um regresso ao mesmo local pelas 23.30h. 

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Your rights are my rights.

quarta-feira, 22 de novembro de 2017 · Temas:

O tema do nosso Erasmus+, aborda a questão das desigualdades : "your rights are my rights, fighting discrimination and promoting equality”. É, na verdade, um assunto transversal a qualquer sociedade, moderna ou clássica, pobre ou rica. Não há sociedades perfeitas. Your Rights

Portanto, o tema é suficientemente abrangente, e permite partir das questões de género à questões da raça e ou credo religioso. A sua amplitude traça liberdade nas ações que pretendemos desenvolver, de mão aberta ao próximo.


Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Critérios de seleção.

· Temas:

Já tínhamos publicado no Classroom os critérios de elegibilidade e seleção dos alunos participantes nas várias viagens do programa Erasmus+. Mas, pela necessidade de dar continuidade à transparência do enorme processo implícito, aqui fazemos, também, a publicação dos mesmos. Serve como consulta e base de trabalho para quem quiser partir à aventura do “mar da papelada e pormenores de toda a espécie”.

CritériosSeleção Ima

Deixem-nos desabafar. Ouvimos, nestes últimos dias, e após a nossa chegada de Bucareste, muito deste género: “-Que tal as férias?” ou “Ah! Viagens, sim senhor…”. Entendemos…, mas há quem não entenda e, para tal, ficam uns números:

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Um futuro à espera de formação.

domingo, 19 de novembro de 2017 · Temas: ,

Esta notícia, que nos foi enviada por uma atenta diretora de turma, refere uma dificuldade nacional, outrora sazonal: a falta de funcionários para trabalhar no setor da hotelaria e afins, sobretudo na época alta. Neste momento, e com a crescente vaga turística, o facto já não se confina ao verão e surge durante todo o ano

Empregos no Turismo

Ora, num país onde o desemprego ainda existe subsiste, esta oferta demanda de recursos não é, no mínimo, contraditória? Não! E explica-se pelos baixos salários, e horários de trabalho pouco ortodoxos, pagos e praticados pelos empresários deste setor, que se refugiam na não formação dos funcionários. Daí a necessidade de formação para elevar salarialmente esta área e, consequentemente, mexer com a economia nacional.

Segundo o Pordata, de 2001 para 2016, o país passou de 51 mil para 59 mil funcionários a trabalhar neste crescente subsetor, mas, há ainda muito a fazer. Sobretudo na formação de uma imensa juventude, que quer partir para este mundo.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Um anticiclone mal estacionado!

sábado, 18 de novembro de 2017 · Temas: ,

O Sr. Anticiclone que estacionou no Golfo da Biscaia, há muito que devia ter viajado para latitudes bem mais meridionais, deixando a “porta aberta” à passagem das superfícies frontais e consequentes chuvas atlânticas. Ora, dada a sua posição e função “repelente” daquele senhor, não se vislumbra chuva no horizonte, pois o vento sopra de este / sudeste, ausente de humidade, portanto, não se proporcionando as condições para a formação de nuvens orográficas ou até convectivas (sim, vistas as temperaturas, até as convectivas consideramos…).

rrr

Mais, a temperatura diurna tem atingido valores escandalosos para esta altura do ano, segunda metade do outono, e as noites e manhãs surgem frias, dado o inexistente efeito de estufa provocado pelo ausente teto de nuvens. É, literalmente, aquilo que se verifica num deserto quente. Ai!

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Errem e corrijam-se, é correto!

sexta-feira, 17 de novembro de 2017 · Temas:

Há dias, conversávamos com alguém que dizia, a propósito da escrita, que na dúvida, não arriscava com medo de errar. Tratava-se de uma conversa banal, daquelas que se tem durante os apressados intervalos da manhã, e à partida, igual a tantas outras. Mas, ficamos a pensar.Sofia Errar

Há uma coisa que nos ensina: errar. Fazemo-lo, erramos precavidamente, mas sem medos, pois a correção do mesmo faz-nos refletir, corrigir e aperfeiçoar. É assim que damos aulas, dinamizamos iniciativas ou, num registo diferente, escrevemos, cozinhamos, jardinamos, e até editamos fotografias e vídeos. Há, na verdade, uma associação obvia entre a curiosidade produtiva, e o erro necessário à sua satisfação. E neste sentido, nós somos muito curiosos. Portanto, sejam curiosos, errem e corrijam-se, é correto!

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

An experience the size of Europe.

segunda-feira, 13 de novembro de 2017 · Temas:

We decided to follow the photographs of the teachers' meeting held in Bucharest under the Erasmus Project "Your rights are my rights, fighting discrimination and promoting equality" with the daily reports (corrected in some details and spelling mistakes) published in the “Classroom”. Through this platform, we continuously interacted with the students and other teachers from this class. The video will follow in a few days.

Your rights

If there is something exciting and promising to take from all these moments of the Erasmus international meeting of teachers is to realise that, without exception, everyone knew how to laugh! The wise ones say that the laughter of a baby is the first proof of his intelligence. We believe it.

That’s why, despite cultural differences, laughter, among other "values" and feelings, are universal and deeply socializing. Therefore, the need for laughter; therefore, the union of the whole team in such a short time. One of these days, we'll be together again!


Nota: tradução realizada pelas Professoras Célia Vaz e Paula Correia, de um texto publicado no passado dia 11 de novembro 2017, a propósito do encontro inicial de professores do Projeto Erasmus +, onde o A.E. Lixa está integrado.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Uma experiência do tamanho da Europa.

sábado, 11 de novembro de 2017 · Temas:

Se há algo feliz e promissor a retirar de todos os momentos do encontro internacional de professores do projeto Erasmus, no qual estamos integrados, foi constatar que, sem exceção, todos souberam rir! Dizem os entendidos, que o riso de um bebé, é a primeira prova da sua inteligência. Acreditamos.

Meeting Erasmus Romania

Por isso, e não obstante as diferenças de cultura, o riso, entre outros “valores” e sentimentos, são, no modo de os expressar, universais e profundamente socializantes. Daí, a necessidade do ato, daí a união de toda a equipa em tão pouco tempo. Num destes dias, estaremos juntos novamente!

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Roménia.

· Temas:

Decidimos acompanhar as fotografias do encontro de professores, ocorrido em Bucareste a propósito do Projeto Erasmus «Your rights are my rights, fighting discrimination and promoting equality», com os relatos diários (corrigidos em alguns pormenores e lapsos ortográficos) publicados no Classroom. Através desta plataforma, e em permanência, interagirmos com os alunos e restantes professores do Conselho de Turma. O vídeo segue dentro de dias.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Aquilo que não choveu em outubro.

sexta-feira, 3 de novembro de 2017 · Temas: ,

O mês de outubro de 2017, registou o valor de precipitação total mais baixo, face aos períodos homólogos, e partir do ano de 2012. Se o valor do mês de outubro de 2016, com 114 mm ocorridos, já demonstrava um valor bastante inferior à média (então de 168,2 mm), o valor de precipitação deste findo mês de outubro, 66,2 mm, desvia-se da média atual (151,2 mm) em 85 milímetros.

Quantidade de precipitação do mês de outubro 2017 relativamente a períodos homólogos

Em termos relativos, a precipitação do mês de outubro deste ano, representa, no total de pluviosidade medida nos meses de outubro desde 2012, um valor de 7%. Longe do registo de 2013, 26%, quando choveu cerca de 3 vezes mais. Em relação ao mês de outubro do ano passado, já então muito seco, choveu no deste ano, cerca de metade.

Tabela de precipitação do mês de outubro 2017 relativamente a períodos homólogos

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Livro de Bruxarias - volume 2.

quarta-feira, 1 de novembro de 2017 · Temas: ,

Já no primeiro volume desta finda série de feitiços e bruxarias, havíamos enfrentado muitas dificuldades na seleção das fotos obtidas na ESL sobre o tema. Na verdade, a força da fotografia, que alimenta as redes sociais, parece não perder força, e ocupa lugar cimeiro perante outros formatos digitais.

LivroBruxariasVol2-026

A prova-lo, está o “jeito” fotogénico que a/os “protagonistas” incutem nas fotografias temáticas, fruto do treino proporcionado por centenas de “selfies”.

Mas, claro está, e sem figuras de estilo, que a beleza das nossas meninas do F, qual Cinderelas, e em ambos os volumes, ditam quase tudo; o resto, compõe-se de juventude, uma certa loucura e fotogenia... Belíssimas! E as fotos também…

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This