Amanhã o BEGA vai à caça…

quinta-feira, 25 de julho de 2013 · Temas:

Amanhã o BEGA vai caçar pelas bandas de Vila Cova e Borba de Godim. Já definimos quais as caches a procurar, o material de navegação está quase afinado e a equipa há muito que descobriu que o Facebook tem um botão off.

Caçada BEGA

O ponto de encontro é na ESL pelas 14 horas e a saída da escola está prevista para as 15 horas. Vamos palmilhar bastante (para não variar). O raio de ação é de cerca de 2 a 3 kms, que abrangem, imagine-se, cerca 20 caches! Contudo, apenas nos centraremos em duas ou três, sendo que uma delas é do tipo multi-cache (mais divertida ainda). Talvez seja muito para uma só tarde, mas isso não interessa, claro!

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Breve filme de um peddy-paper.

quarta-feira, 24 de julho de 2013 · Temas: , , , ,

Tentamos fazer a “coisa” da forma mais séria possível, a sério que tentamos, mas não conseguimos… Por isso o resultado é, digamos, paródico e, na verdade, a matéria-prima proporcionada por aquela manhã de 7 de junho, não permitia outras abordagens. Fica o possível e inteligível!

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

As vagas de calor no Reino Unido e Irlanda.

sábado, 20 de julho de 2013 · Temas: , ,

O Reino Unido e a República da Irlanda têm enfrentado uma vaga de calor nas últimas duas semanas. Segundo o meteorologista Jim Dale (citado pelo DailyMail), especialista dos serviços britânicos de meteorologia, «as temperaturas atingirão um valor mágico de 32ºC [influenciadas por uma meridional massa de ar tropical]» e poderão inclusivamente bater o record de temperatura máxima do território britânico, verificado em 3 agosto de 1990, em Gloucestershire, quando a temperatura atingiu os 37,1ºC.

Temperaturas Máximas no Reino Unido

É muito curioso verificar que a classificação  de vaga de calor difere em função das temperaturas médias da região de análise. Isto é, o que os britânicos apelidam de vaga de calor é, para o nosso território, e no mesmo período de tempo, uma situação normal.

É também interessante observar a inabilidade das Ilhas a lidar com o calor. Os alertas multiplicam-se, a informação abunda e, inclusivamente, os Serviços Britânicos de Meteorologia criaram um aplicação online com conselhos e precauções a tomar no exercício de diversas práticas sob calor, sol, etc. Não há nada de errado aqui, bem pelo contrário, o curioso é verificar que se reportam a temperaturas na ordem dos 30ºC.

       Número de dias com onda de calor P

Em Portugal as vagas de calor são frequentes. As regiões interiores são as que reportam maior número de dias com vaga de calor, com destaque para Bragança, Castelo Branco e Beja, sendo que Viana do Castelo, apesar da sua nula continentalidade, apresenta-se também em destaque. Por outro lado, e olhando para o período em análise (1960-2012), verifica-se um ligeiro aumento na incidência do número de dias deste fenómeno.

O ano climático vai a pouco mais de metade e já observou de tudo um pouco: chuva intensa, frio tardio, nevões fora de época e agora as vagas de calor. Sinais dos tempos?


Fontes: Daily Mail / bbc.co.uk / ipma.pt / pordata.pt / metoffice.gov.uk/ (visitados na data do artigo).

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Nasceu o BEGA.

Costuma ser ao contrário; normalmente a sigla nasce em função do nome de uma organização, clube ou associação, mas desta vez invertemos a lógica… Pensamos primeiro na sigla e só depois no nome: ficou BEGA - Batalhão de Esgravatadores de Geocaches Amadores. Soa bem, pronuncia-se ainda melhor, e se calhar é o que interessa para já!

BEGA - 400px

Sabem, há siglas que têm pinta e sonoridade, gostamos de as ler e não nos cansamos de as pronunciar, inclusivamente em cânticos… (FCP, olé, olé ou SLB, SLB…), estão a ver!  Há no entanto casos de siglas irremediavelmente perdidas, ainda que se refiram instituições de respeito e missão nobre.Símbolo BEGA - 400px

Nos lugares cimeiros deste top da perdição estão as siglas de várias entidades governamentais: o IGAPHE (Instituto de Gestão e Alienação do Património Habitacional do Estado), a famosa ASAE (Autoridade de Segurança Alimentar e Económica) ou mesmo o INRB (Instituto Nacional de Recursos Biológicos), são quase impronunciáveis  e definitivamente ninguém faz cânticos com elas. Enfim… 

Mas voltando ao BEGA. Trata-se da sigla do “clube” de caçadores de caches do Geopalavras / ESL (baseadas no portal de referência deste desporto - www.geocaching.com). Aliás, o BEGA conta já com uma página dedicada no Geopalavras, onde estão descritas e georreferenciadas as caches já encontradas. Neste momento, e nos últimos dias, os caçadores do BEGA tem feito caçadas em Vilar de Torno (Lousada) e Travanca (Amarante), com sucesso. Dá lá um salto, entusiasma-te e adere ao BEGA.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Qualquer coisa de entusiasmante.

quarta-feira, 17 de julho de 2013 · Temas: , ,

Na prática do Geocaching o entusiasmo é muito, quase primário, confessamos. É próprio de outras idades, dirão uns, adequado aos juvenis de espírito, dirão outros. O facto é que esta moderna forma de “caça ao tesouro”, alicerçada num portal da internet e num gps,  já contagiou centenas de milhar de pessoas / desportistas que, ao longo do mundo inteiro, esconderam já cerca de 2 milhões de caches. Imagem2

De facto, em Janeiro de 2013, Portugal apresentava um total de 20266 caches para procurar ao longo do seu território. Este valor, colocava-nos então na 16ª posição, num ranking liderado pelo EUA, país fundador da modalidade, que apresentava então um total de 882.101 caches! Portanto, há caches criativamente espalhadas um pouco por todo o lado, com diferentes graus de dificuldade e pequenas nuances, mas em número suficiente para nos ocuparem os fins de semana até sermos velhinhos. Isto se mantivermos (conquistarmos) o tal espírito e descobrimos o botão off do facebook... 

As caches propriamente ditas, são pequenas embalagens de plástico, suficientemente herméticas para conservar das adversidades atmosféricas, pequenos diários de registo e / ou recordações dos vários geocachers que as encontram.

Nesse sentido, o Geopalavras criou este símbolo (que pode muito bem ser afinado), para ser colocado nas caches que o Batalhão de Caçadores de Caches encontrar. É uma ideia a desenvolver mais seriamente para o próximo ano letivo, na ESL ou numa nova realidade (…), e que para já conta com 4 membros. Sabemos que soa a qualquer coisa como aqueles clubes nada secretos, de tenda plástica comprada no Lidl e montada no jardim junto à piscina de borracha, mas acreditem que é mais sério que isso. Haja tempo e possibilidade pois espírito e amor pela orientação e caminhada já existem!

Equia

Para além do obrigatório registo no site do geocaching (obviamente já existente), pretendemos criar no Geopalavras uma secção que arquive as fotografias e os registos da caçadas. Para já temos quatro caches encontradas na área de Caminha (durante a Semana Diferente), mas só na região da Lixa / Felgueiras existem dezenas por encontrar.

Numa segunda fase esconderemos nós as caches em locais que façam os caçadores descobrir pontos interessantes do Concelho e da própria região. Potencial não falta, entusiasmo e vontade também não. Aceitam-se ideias e sugestões, e com elas vamos avançando.


Nota: foram acrescentadas em 24 de julho novas fotografias da equipa BEGA.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Cumplicidade.

segunda-feira, 15 de julho de 2013 · Temas: , , , , , ,

O dicionário define cumplicidade como «compreensão profunda, por vezes não expressa, entre duas ou mais pessoas». Verdade. Revendo as fotografias da Semana Diferente recordamos já com saudade, imagine-se, uma imensidão de momentos indizíveis, particulares, próprios de quem os partilhou.

Panorámica Acampamaneto PEQ

A pistola de raios, a hora de dormir…, os cozinhados, os enormes e profusos risos do José, a tenda dos rapazes, os saltos para a água, a lavagem da loiça, a caminhada noturna, a emocionante descoberta do Geocaching, o agente Saraiva, os bichos, o Pingo Doce, o arroz, e tanto mais, são segredos que nunca deixarão de o ser, porque têm de ser vividos para serem entendidos.Miradouro da Fraga

Houve trabalho, muito trabalho e as 4 a 5 horas de sono mal dormidas (de quase todos…), mais as inusitadas viagens até à base, transformou esta semana num exercício cansativo. Imprevistos, talvez não, o facto é que foi impossível mais e mesmo assim muito se fez. O teatro acabou por não acontecer, o Geocaching movimentou (e de que maneira) alguns, mas em quase tudo houve um denominador comum, o espírito coletivo. Sem ele não comíamos, riamos, divertíamo-nos. É talvez a melhor lição que esta Semana Diferente nos ensinou. Divulgue-se e perpetue-se.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Ensino superior em 2013: 51461 vagas.

· Temas: ,

O próximo ano letivo contará 51461 vagas no ensino superior, menos 837 do que em 2012. É um corte que incide sobretudo nas áreas da Educação, Engenharia Civil e Arquitetura, atendendo ao aumento das vagas sobrantes e a taxa de empregabilidade dos cursos. Os alunos podem candidatar-se ao ensino superior a partir de quarta-feira e até 9 de Agosto (ver Guia de Candidatura ao Ensino Superior Público 2013).

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Resultados do peddy-paper “perdidos n´Lixa”.

Já lá vai um mês e pouco, é certo, mas nem por isso deixam de ser pertinentes as classificações do peddy-paper de 7 de junho passado. Apesar da renhida distribuição de pontos, a verdade é que todas as equipas ganharam. Ganharam um dia diferente, divertimento, competição, admiração dos seus professores e, talvez o melhor prémio, a consciência que o esforço coletivo vale. De qualquer modo, aqui ficam os resultados, que resultam tão somente do acerto nas respostas e não da pressa nas mesmas.

Tabela

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Viagem Medieval 2013.

sábado, 13 de julho de 2013 · Temas: , ,

Todos os anos destacamos esta Viagem Medieval, realizada em S. Maria da Feira (a cerca de 30 quilómetros do Porto). Trata-se da maior e mais antiga feira medieval realizada no nosso país, cujos anos de experiência, tornaram-na num interessante produto turístico, que arrasta multidões do Grande Porto e mesmo do resto do país. Imagem1À semelhança de edições passadas, o recinto contempla amplas áreas de alimentação medieval, onde o famoso porco no espeto é rei, zonas de encenação históricas, centenas de figurantes (em regime de voluntariado), fatos medievais para alugar, e muitas barraquinhas de venda de produtos de época.

O mote desta edição é o reinado de D. Afonso II, um rei sem tempo. Fica aqui o mote: «D. Afonso II herda um reino devastado por uma grave crise interna, intensificada pela oposição à sua sucessão. Ao contrário dos seus antecessores, talvez pelos seus graves problemas de saúde, não se envolve diretamente em grandes campanhas militares nem mesmo na conquista de Alcácer do Sal, deixando para outros o domínio da guerra. El-rei escolhe outras alternativas para impor a sua autoridade, revelando-se um estadista fora do comum, com uma grande visão política e estratégica, tomando decisões fundamentais e inovadoras na boa governação e consolidação administrativa do reino».

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Record que bateu record.

A estação meteorológica da ESL tinha registado há cerca de duas semanas, um valor de temperatura máxima record de 44,8ºC. Ora, esse valor foi suplantado pelos espantosos 46,6ºC registados no domingo passado, pelas 13.54h.

Tempe7junlho2013MeteoESL

Aliás, o registo de temperatura ao longo das 24 horas daquele dia, mostra que a mesma não desceu abaixo dos 25ºC, tendo a temperatura mínima ficado nos 25,4ºC. Um valor de meter inveja a verões passados.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

O valor máximo: 44,8ºC.

sexta-feira, 5 de julho de 2013 · Temas: , ,

Foi hoje atingido um novo máximo nas temperaturas registadas pela Estação Meteorológica da ESL, o valor de 44,8ºC. Aconteceu por volta das 16.30 de um dia escaldante, 5 de julho, onde o vento de leste fustigou implacavelmente com o calor, todas as regiões do continente. Ora, para quem previu timidez no verão deste ano, a resposta não poderia ser mais cabal.

44,8ºC

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Finalmente o vento mudou de rumo.

segunda-feira, 1 de julho de 2013 · Temas: , ,

Quase parece uma mensagem política, mas não. Depois de uma semana inteira de canícula, a mudança na direção do vento apaziguou a temperatura. De facto, utilizando os dados fornecidos pela Estação Meteorológica da ESL, e cruzando o registo da evolução da temperatura (linha vermelha) com a evolução da direção do vento, verifica-se que a predominância na direção leste, provocou temperaturas bastante elevadas ao longo de toda a semana passada. Inclusivamente, o maior valor de temperatura registado neste ano, 42,7ºC, registou-se no domingo, por volta das 16h.

Ventoa

Já aqui abordamos a importância da direção do vento no ritmo da temperatura. O vento que se estabeleceu desde o meio da tarde de domingo, dia 30 de junho, e desde o meio da manhã de hoje, mudou de direção e sopra agora do oceano, o que ameniza a temperatura da região litoral de Portugal Continental. Já no interior, a distância ao mar dita o empobrecimento do efeito amenizador do vento e, deste modo, a perpetuação de temperaturas elevadas ao longo da época estival.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

A Croácia adere à União Europeia.

A União Europeia conta, a partir de hoje, com mais um estado membro. Trata-se da Croácia, um país da Região dos Balcãs (cordilheira montanhosa que atravessa vários países da Península Balcânica), limitado a norte pela Eslovénia e Hungria (ambos países já pertencentes a U.E.), a nordeste com a Sérvia, a leste com a Bósnia e Herzegovina e ao sul com Montenegro.

Untitled-1

O processo de adesão da Croácia à U.E. levou cerca de 10 anos a concretizar-se, efetivando-se neste dia 1 de Julho de 2013. O tempo decorrido nesta candidatura e o seu grau de exigência, deve-se à opinião de alguns estados membros, que houve países aderentes sem a devida preparação para a exigência deste espaço comunitário.

Apesar da adesão, a Croácia não irá entrar no Espaço Schengen nem na união monetária (Euro). Na verdade, o contexto económico e social da União Europeia, não provoca euforia no croatas, muito pelo contrário. Em Zagreb, capital croata, há «quem acredite que a União Europeia está a ir-se abaixo e não está a seguir o caminho mais correto. Porém, há também quem destaque as oportunidades económicas criadas pela adesão europeia, bem como a mobilidade dada aos estudantes e trabalhadores».


Fonte: Wikipédia / Antena 1 / Presseurop

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This