Vaga de calor na Europa.

terça-feira, 25 de junho de 2019 · Temas:

Junho corre anormalmente fresco em Portugal Continental, ao passo que parte da Europa vê a temperatura atingir valores de temperatura elevados, próprios de um verão maduro e mais meridional. Da análise da situação sinóptica, obtida através do sítio da internet windy, às 13 horas do corrente dia, verificamos que a distribuição da pressão atmosférica no velho continente, é responsável por esta situação.

Em primeiro lugar, há que destacar a localização de um robusto anticiclone a oeste da Escócia, que bloqueia a deslocação para sul / sudeste das superfícies frontais que, mesmo no verão, atingem o norte da Europa. Por outro lado, e a sul daquele, a influência da ação de uma depressão situada no Atlântico entre o os Açores e a Península, tem provocado a nebulosidade dos últimos dias, a par do vento de sudoeste, que refresca a sua fachada ocidental. Ora, é esta baixa pressão que bloqueia a progressão da massa de ar saariano, responsável pela vaga de calor que atinge a Europa, até latitudes bastante a norte e pouco habituadas a tal.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Estado de permanente adaptação.

quinta-feira, 20 de junho de 2019 · Temas: ,

Quando partimos para esta ideia, não sabíamos muito bem qual o destino a dar ao resultante. E talvez este não seja, afinal, o que mais importa. Inicialmente, era, mas cedo constatamos que os alunos do décimo D que se prestaram à fotografia, entenderam que um pequeno esforço coletivo, realizado todas as semanas, à mesma hora, ao frio, à chuva, ou com sol pleno, resultaria em algo impossível de alcançar individualmente, ou mesmo pela junção das partes.

Assim, realizamos esta colagem de fotografias transumantes, que quase inspira à realização dos antigos calendários de parede, com aquelas fotos alusivas à estação do ano e ou época festiva. Quem sabe! É uma ideia, entre tantas outras, que podemos vir a desenvolver, até porque queremos ramificar o projeto, durante os próximos dois anos letivos e talvez alargá-lo a uma área mais videográfica! Veremos…

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Temperaturas e precipitações de maio.

quinta-feira, 13 de junho de 2019 · Temas: ,

Maio foi um mês quente e seco. Houve amplitudes térmicas a rondar os 20ºC (dia 12), e em onze dia, o valor da amplitude térmica equivaleu e ou ultrapassou os 14ºC. A média de temperatura do mês foi de 18,4ºC (próximo do valor médio para o mês, segundo a estação meteorológica da esl, situado nos 18,4ºC).

Quanto à precipitação, maio reduziu-se a um valor de 34,8 milímetros, longe da média mensal (130 milímetros por metros quadrado). Para além de reduzida, a precipitação concentrou-se em 4 dias do início do mês.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

À beira ria.

terça-feira, 11 de junho de 2019 · Temas: ,

É uma sina que normalmente nos acompanha nestas caminhadas; querendo fechar pelotão, não vá alguém se perder, acabamos por fotografar os Aventureiros pelas costas; mas, estranhamente, na hora do repasto, nunca há fotografias de chanfra, tudo é frontal e com a mão na massa, ou mais propriamente, no arroz, bolas e trigos, que desta, compensaram o passo matinal e acelerado em pleno dia de Camões.

Aliás, o entusiasmo era tal, que vento que cortava na partida, rapidamente passou a uma brisa refrescante para um sol pleno, que rasgava o longo horizonte da ria, e fez das suas nas faces dos caminheiros. Afinal, estamos quase no verão, muitos já não se lembravam dele… e nada como um belo feriado para lhe dar boas-vindas!

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Final de ano.

domingo, 9 de junho de 2019 · Temas: ,

Após um ano intenso de livros e apontamentos, testes e trabalhos, chegou a hora de fazer balanços e descontrair, até porque só o faz quem trabalhou, ou não tem juízo. Para isso, a solução é o equilíbrio, a  correta gestão dos tempos; e há tempo para tudo, inclusivamente, para desvarios numa véspera de teste. Bem hajam!

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Ideias para um exame de Geografia A.

sexta-feira, 7 de junho de 2019 · Temas: , ,

Consultando a informação-prova de Geografia A para o corrente ano letivo, sabemos que "[…] tem por referência os documentos curriculares em vigor [que] permite avaliar a aprendizagem passível de avaliação numa prova escrita de duração limitada, incidindo não só sobre o conhecimento de conteúdos curriculares, mas também sobre a forma como estes são mobilizados através de processos cognitivos".

Por outras palavras, a prova incide sobre os conteúdos lecionados ao longo do ano letivo e o seu modo como estes são trabalhados, interpretados e aplicados pelos alunos em problemas e ou questões quotidianos.

Ora, e tal como já o fizemos no passado, vamos sugerir ideias de estudo para um exame nacional, que partam da seguinte premissa: os exames de Geografia A procuram enquadrar nos temas avaliados, factos socioeconómicos e ambientais, de cariz  geográfico, que tenham marcado (ou marquem) o quotidiano nacional. Assim:

Tema 1 - A População: as questões do declínio demográfico, com a quebra acentuada na natalidade, a par do aumento da esperança média de vida, são assuntos da maior relevância; por outro lado, os desequilíbrios da distribuição demográfica nacional, que têm correspondência no forte envelhecimento do interior e num declínio do absoluto populacional, são temas sempre atuais;

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Uma montra de futuros.

quarta-feira, 5 de junho de 2019 · Temas: ,

Todos os anos, por esta altura, os alunos dos diferentes cursos profissionais do agrupamento decoram chamativas bancadas, repletas de material alusivo ao curso de frequência, e aprumam-se com vestimentas coloridas e ou batas que impõem respeito, no grande auditório da ESL, numa espécie de montra daquilo que cada curso é, ou fez, ao longo de um intenso ano letivo.

É, na verdade, uma espécie de queima-das-fitas sem cortejo, onde cada curso se tenta evidenciar dos restantes com uma série de atividades, mais ou menos interativas, de modo a captar a atenção dos mais novitos que, com dúvidas, mas sem pensar muito no assunto, percorrem as bancadas num ápice próprio da idade. Para o ano, serão estes a ficar atrás das bancadas.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

A hora do professor Bilali.

domingo, 2 de junho de 2019 · Temas: ,

Pois é, o ano letivo passou num ápice e chegamos aquela altura do ano em que o calor começa a apertar e o perfume de bronzeador não ajuda nada ao estudo que ainda tens de enfrentar até meados de julho, pelo menos... Sim, a boa vida que levaste até agora, acaba agora com o início do exames nacionais e, quem sabe, nos anos seguintes, com as frequências universitárias e a posterior labuta num emprego.

O romantismo dos 4 meses de férias grandes acabam e a vida adulta começa. Por isso, e para te ajudar, deixamos o contacto do professor Bilali, que promete quase tudo, “em sigilo” e com resultados “garantidos em 48h”.

Mas, se não fores em “cantigas” à moda antiga e de resultado duvidoso, deixamos-te aqui alguns conselhos que sacamos da Revista Saúda+, e foram escritos por uma psicóloga (brrrrrrrr!), Rita Nunes, que te podem ajudar nesta fase; pega lá:

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This