Sábado diferente estreia no Zapcanal.

terça-feira, 22 de dezembro de 2009 · Temas: , ,

«O sábado Natalício: partimos as 14:10h da tarde e regressamos às 2h da manhã do dia seguinte. A verdadeira loucura era caminharmos de dia até ao anoitecer e daí conhecermos, andarmos e fotografarmos cada sítio por onde passássemos. E assim foi, chegámos a S. Bento e fomos para onde o vento nos levou seguindo por caminhos incertos e surpreendentes. Cada recanto com a sua história e o seu interesse.



Todos juntos (alguns e professores) partimos em direcção há aventura: começamos pelos Clérigos e a sua grande escadaria que nos conduzia a uma deslumbrante vista, caminhamos e utilizamos a Historia e a Geografia como intermediários, passeámos pela Baixa até á noitinha e olhávamos para tudo como crianças enfeitiçadas pelo espírito natalício e pelas lindas luzes que iluminavam o nosso caminho!

Conhecemos o local onde parte dos estudantes académicos passam bastante tempo sobretudo á noite e como tudo se transforma entre o dia e a noite. Até encontramos um pequeno e duvidoso talento, na noite cerrada cantando com entusiasmo e com alguns copinhos a mais…



Regressamos de barriga cheia, algum frio exterior mas de alma quente, bem quente, animados, com algum sono e com desejo de muito mais... quem sabe... outro dia...
 
As expectativas foram grandes e o convívio permaneceu desde o inicio ao fim com curiosidades muito curiosas e momentos que nos vão marcar para sempre.»

- Rita & Helena - 12ºE.


«No dia 12 de Dezembro, realizou-se uma visita de estudo à Baixa do Porto com a finalidade de vermos as iluminações Natalícias. Chegamos á Estação de Comboios de Caíde por volta das 13:50, como estava combinado, já lá estavam algumas pessoas, umas a tirar os bilhetes e outras na conversa; nós chegamos e tiramos o bilhete e depois juntamo-nos à conversa. Estávamos todos muito ansiosos porque afinal de contas ia ser um sábado diferente e, o mais importante é que ia-mos estar todos juntos a descobrir coisas novas e a ver as iluminações de Natal na Baixa do Porto.


Foi-nos dada a informação de que já era para nos dirigirmos para o comboio da linha 3, e nós lá fomos, entramos e tentamos arranjar os lugares o mais perto um dos outros possível.

Chegamos ao Porto por volta das 15:15 e fomos visitar a Torre dos Clérigos, daí dirigimo-nos para o café Piolho, que é um café onde os estudantes do Porto costumam parar, é um café muito acolhedor e interessante, com 100 anos de história, foi lá onde lanchamos e conversamos um pouco, durante algum tempo… De seguida caminhamos até á Avenida dos Aliados onde marcamos o ponto de encontro, para as 8 horas.

Não andamos todos juntos, cada um escolheu com quem queria andar, claro que éramos grupos grandes, fomos para a Rua Santa Catarina, onde aproveitamos para fazer algumas compras, conversamos, tiramos algumas fotos… Por volta das 19:30 fomos para o shopping, fazer mais compras e, quando chegou a hora fomos ter ao local que era para nos encontrarmos.

Estivemos a falar, e a combinar outro ponto de encontro, pois íamos jantar e nem todos íamos ao mesmo sítio. Ás 21:15 estávamos todos em frente ao MC Donalds, de onde partimos para Gaia, a pé, pelo caminho os professores de geografia iam-nos dando informações e curiosidades sobre aqueles locais, foi muito agradável.

Passamos pela ponte D. Luís, que é uma ponte histórica muito antiga e soubemos que quem a construiu foi também quem mandou construir a Torre Eiffel. Depois de atravessarmos a ponte, sentamo-nos à beira rio, onde uma colega tocou guitarra e ao som desta, outros cantaram músicas portuguesas.

Voltamos ao Café Piolho, ondefia já tínhamos estado da parte da tarde, para se alguém, quisesse comer algo ou beber, e depois de toda a gente estar satisfeita dirigimo-nos para a estação de S. Bento, onde tiramos os bilhetes para o regresso a casa. A Viagem foi animada, uns a dormir, outros a cantar e a fotografar quem já dormia.

Foi uma alegria. Venham mais Sábados diferentes!»

- Sofia & Cristiana - 10ºE.

«No dia 12 de Dezembro tivemos uma actividade extra-curricular, com a turma 10ºE e uma turma de 12º, ao Porto e Gaia.

Um dos principais objectivos desta iniciativa era que toda a gente tivesse um Sábado diferente, cheio de diversão, convívio, e também de aprendizagem, pois os professores por cada monumento, ou algo de especial que passássemos, eles contavam-nos o porque era importante e a sua história.

Partimos da Estação de Caíde, em rumo à Estação S. Bento.

A primeira coisa que vimos mal chegamos à Estação, foi uma miniatura de um comboio a carvão, feito por uns senhores já de idade, e que deixaram algumas crianças deliciarem-se com este comboio.

De seguida, fomos para o “Café Piolho”, mais conhecido como o “Café dos Estudantes”, lanchamos, tivemos um pouco à conversa e até fizemos um amigo.

Seguidamente, fomos vendo as iluminações, já acesas, do Porto e tiramos algumas fotos.

Depois, os professores deixaram-nos fazer umas comprinhas, lá fomos nós, todos felizes, a fazermos as últimas compras de Natal.

Quando já eram 20h, encontramo-nos todos no “Via Catarina”, e fomos todos jantar.

No fim da refeição, fomos todos em grupo para Gaia, a pé, para ver a vista da cidade à noite. Durante este percurso também aproveitamos para tirar mais umas fotos e ver as iluminações.

Ainda tivemos a oportunidade de tocar guitarra e cantar, reunindo uma moedicas, mas não chegava nem para um pão com manteiga…

Acabamos a noite mais uma vez no “Café Piolho”, é claro, com muito mais movimento, mas com um espírito mais estudantil, e ganhamos mais uma vez um amigo.

Já muito cansados, dirigimo-nos outra vez para a Estação S. Bento, para voltarmos a casa.»

- Marta - 10ºE.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Actividades de natal da disciplina de Animação Sociocultural.

A última semana de aula da Secundária da Lixa, foi decorada com tons de Natal, pela turma J e I, do 11º e 10º anos respectivamente. Da entrada da secretaria à reprografia, passando pelo bar dos alunos e os dois blocos de aulas, os alunos das duas turmas fixaram dúzias de estrelas douradas, tons de vermelho, árvores de natal e, acima de tudo, um espírito contagiante de natal.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Solstício de Inverno.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009 · Temas:

Este ano o Solstício de Inverno tem inicio no dia 21 de Dezembro às 17h47m. Este instante marca o início do Inverno no Hemisfério Norte, Estação mais fria do ano. Esta estação prolonga-se por 88,99 dias até ao próximo Equinócio que ocorre no dia 20 de Março de 2010 às 17h32m.




Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Quando a Terra treme.

domingo, 20 de dezembro de 2009 · Temas: ,

Portugal, à excepção do arquipélago dos Açores, que se localiza na bordadura de duas placas tectónicas, pode considerar-se estar fora das zonas de maior sismicidade mundial.

Todavia, é possível verificar que o Centro e o Sul do país já atravessaram crises dignas de figurar entre os principais terramotos mundiais. O último grande sismo data de 28 de Fevereiro de 1969 e que atingiu a região de Lisboa e sul do país. Portugal encontra-se na fronteira entre a placa tectónica Euro-asiática e Africana, pelo que não são raros os abalos neste espaço geográfico. Com uma magnitude de 6.5, este sismo de 1969 foi contudo mais pequeno do que aquele que destrui grande parte de Lisboa, Litoral Alentejano e Algarve a 1 de Novembro de 1755 e que provocou um maremoto. Nestes casos, como na maioria dos sismos registados em Portugal Continental, o epicentro situou-se perto do Banco de Gorrigue, localizado a cerca de 200km do Cabo de S. Vicente.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Os números da China.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009 · Temas:

Os números da China impressionam não só pela sua dimensão mas também pela velocidade com que evoluem. Desde os aspectos económicos aos sociais, este gigante adormecido durante décadas por uma economia centralizada no Estado, está prestes a tornar-se na maior potência económica mundial. Ficam aqui alguns valores.


Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Um sábado diferente iluminado pelo Natal.

domingo, 13 de dezembro de 2009 · Temas: ,

Neste ultimo sábado, procuramos a luz, uma luz muito especial que só brilha assim nesta época, a luz do Natal. Brilha de todas as cores, está por todo o lado e a todos contagia, provocando aqueles sorrisos que tornam o frio numa coisa menor.

Partimos com o Sol bem alto da estação de Caide de Rei, que assistiu com a nossa chegada, a um inusitado movimento para um plácido início de um sábado à tarde perdido no meio de Dezembro. O suburbano, à medida que se aproximava do seu destino, empilhava cada vez mais gente que, chegada a S. Bento, rapidamente se diluiu no enorme mar humano em que se haviam tornado as ruas do Porto.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Novas formas de percepcionar a família.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009 · Temas: ,

São imensas as formas de percepcionar a família e, os novos modelos de família, que divergem de um padrão mais ortodoxo, são entendidos como imorais e indesejáveis. Neste âmbito, a turma F do 10º ano de escolaridade, traçou o retracto de três novas abordagens ao tema.



Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Viagem à volta do mundo na Rua do Cimo de Vila.

terça-feira, 8 de dezembro de 2009 · Temas:

Na tasca de tecto decorado com uma vintena de presuntos, todos se calam para deixar o empregado falar. "-Esta rua é uma enciclopédia do Porto", anuncia, com evidente orgulho, despertando a atenção daqueles cujos copos tintos, elevavam o espírito para outros lugares. "-Olhe que aqui vinha gente de alto nível. A Amália Rodrigues, sempre que vinha ao Porto, estava aqui batidinha.», refere, recordando tempos passados, anteriores ao pote multicultural em que se transformou a Rua do Cimo de Vila, no centro histórico do Porto."-Agora é diferente. Vieram os chineses, estragar o negócio às pessoas, e, atrás deles, os paquistaneses, os indianos, os argelinos, os marroquinos, os africanos e os outros todos".

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

O degelo do permafrost.

domingo, 6 de dezembro de 2009 · Temas:

Na região do árctico, as baixas temperaturas registadas ao longo de todo o ano, contribuem para a perpetuação de uma massa de solo gelada, constituída por água e solo: o permafrost. Em latitudes mais a sul, este fenómeno ocorre apenas no Inverno, pelo que no período mais quente, a camada superficial do permafrost degela, dando origem a enormes tundras pantanosas (no mapa, a região de permafrost a norte do Cículo Polar Árctico).



Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Sábado diferente: iluminações de Natal.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009 · Temas:

O próximo Sábado diferente vai decorrer no Porto, nomeadamente na Baixa, no próximo dia 12. A ideia, desta feita, é tomar o comboio que sai da Estação de Caide, pelas 13.50h e rumar ao Porto. A chegada está prevista para a 15.10h. Como é habitual nestas edições, estão previstos uns 35ºC (!), contudo, a organização aconselha levar bons agasalhos, umas luvas, gorros, etc, porque na Serra do Pilar, na Ponte de D. Luís ou em muitos outros pontos da Baixa, a temperatura desce ligeiramente à noite.



Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Os trólei carros do Porto.

· Temas: ,

Apesar da palavra original "trolley", já entrada no dicionário de português como trólei, designar um pequeno veículo sobre rodas que é rebocado num trilho e isso corresponder a uma forma primitiva utilizada nos primeiros carros eléctricos, ao longo do tempo este veículo com alimentação aérea foi assumindo diversas formas.



Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Cimeira de Copenhaga.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009 · Temas:

«O tempo já não é o que era», ouve-se dizer. Empiricamente, esta constatação que os meteorologistas, com prudência, admitem ser verdade, traduz-se, no dia-a-dia, em temperaturas fora de época, períodos de chuva intensos que alternam com longos períodos de ausência da mesma.
Os adágios populares, tão enraizados na nossa cultura e ligados a esta faceta da natureza, passam assim a não encontrar uma correspondência na realidade. Há algo que não bate certo.
Neste ano, o cíclico Verão de S. Martinho não foi mais do que uma espécie de prolongamento de um Verão fora de época que se deu quase até finais de Outubro. Pelo meio tivemos um Setembro seco, demasiadamente seco para um mês dos que normalmente nos traz o primeiros prenúncios de Outono. Há algo que não bate certo.



Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This