O Google Classroom.

domingo, 12 de fevereiro de 2017 · Temas: , ,

Andamos há cerca de 3 meses a experimentar o Google Classroom e, após testes que envolveram 4 turmas, num total de cerca de 90 alunos, aprovámos com distinção esta ferramenta online da Google, sobre a qual ensinaremos a trabalhar.

O que é?

Trata-se de uma plataforma online que, entre outras coisas, serve para criar grupos de trabalho: um grupo-turma, ou grupo-disciplina, por exemplo, em torno dos quais se podem agregar alunos. Em ambos, podem ser convidados vários professores e associar cada aluno ao respetivo encarregado de educação.

image

Os alunos podem ser associados pelos professores responsáveis de cada grupo de trabalho, fornecendo-lhes um código específico que, associado a um email com o domínio do agrupamento de escola onde foi implementado o Classroom, lhes permite aceder à plataforma e registar-se.

image

No caso do Agrupamento de Escolas da Lixa, cujo domínio é @aelixa.pt, facilmente o professor responsável pela gestão da rede criou um email para cada aluno, jogando com o número de cartão de estudante (exemplo: samantacortes17031a@aelixa.pt).

Para que serve?

Como referimos, o Classroom permite criar grupos de trabalho. Nestes, podemos lançar questões e ou trabalhos, com prazos definíveis ao minuto, às quais podemos complementar com informação variada: hiperligações, vídeos, imagens, textos, etc. Para facilitar o trabalho, as questões podem ser replicadas entre as diversas turmas, evitando edições repetitivas.

image

Mais, e talvez o mais importante, os alunos podem confrontar as respostas dos pares, e nossas, contrapondo com uma resposta. Esta participação do aluno pode ser avaliada, numa escala definível, e alterada conforme a participação evolua, por exemplo.

A avaliação quantitativa é automaticamente devolvida ao aluno, por email, e por ser acrescida de um comentário valorativo. Os resultados quantitativos dos trabalhos e ou perguntas podem ser exportados num formato compatível com uma vulgar folha de cálculo, como o Excel.

É também possível enviar um resumo semanal ao encarregado de educação do aluno, que também segue via email, e fornece informações como a avaliação do aluno em cada tarefa proposta ou a frequência da sua participação.

Em suma, é uma ferramenta poderosa que nos cativou, acima de tudo pela fácil adesão que notamos nos alunos. Alguns respondem com telemóvel, outros através do PC, mas respondem e leem para responder. Isso é que interessa.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Deixa um comentário