Circuito interno.

quinta-feira, 22 de outubro de 2020 · Temas: ,

No Erasmus do AEL decidimos que a imagem é premissa para muito. E se ninguém duvida do poder desta nos tempos atuais, também é difícil encontrar exemplos de uma verdadeira comunhão da "escola" com esta realidade. É certo que se vão fazendo enormes esforços, é o termo, sobretudo da parte docente que, a reboque, e na maior parte dos casos, lá procura coincidir a lecionação com a juventude dos bancos de escola atuais. Ou seja, se é certo que manual e o mapa palpável continuam a ser fundamentais na equação do ensino atual, aquela tem de criar espaço para as variáveis digitais e de imagem, entendidas como elos de ensino.

Por isso o investimento que a equipa Erasmus do AEL e a Direção resolveu realizar numa rede de televisores, que completam o circuito interno de sinal de televisão pré-instalado no edifício da ESL. Aquele, ligado a um estúdio, permite a difusão de conteúdos televisivos numa rede interna, transmissões de eventos em direto, ou a divulgação de informações. Estará ao dispor de todos os alunos do agrupamento, em moldes a determinar, e adivinhamos o sucesso do mesmo. Dele daremos conta por aqui no Geopalavras.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Deixa um comentário