A densidade populacional e as áreas metropolitanas.

domingo, 25 de dezembro de 2016 · Temas: ,

A densidade populacional é um indicador básico de análise geográfica e trata da divisão do número de habitantes por unidade de superfície. Contudo, este indicador, como qualquer outro, apresenta algumas dificuldades de aproximação à realidade.

Densidade Populacional Mundial

Daí o nosso tremendo destaque a este mapa interativo sobre a densidade populacional mundial, produzido pela Comissão Europeia e baseado em dados censitários recentes. É talvez o melhor que já nos surgiu sobre este indicador, permitindo leituras fidedignas da distribuição da população a diferentes escalas e ou desagregações geográficas: países, regiões ou até áreas metropolitanas.

Contudo, neste último tocante, o mapa enferma de algumas dificuldades no entendimento daquilo que é uma área metropolitana.  De facto, se a delimitação fronteiriça entre países facilita ao rácio dos habitantes por unidade de superfície de cada país, no caso das cidades, “seres mutantes” e, por norma, de crescimento variável, a tarefa requer um entendimento maior de cada caso, pois as cidades não tem fronteiras e o seu tamanho não corresponde necessariamente ao seu número de habitantes.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Brincar com as paisagens.

terça-feira, 20 de dezembro de 2016 · Temas: ,

Trazemos hoje mais uma ideia da Google que nos permite recriar a paisagem, simplesmente desenhando uma linha no ecrã do computador, ou no telemóvel, usando o browser Chrome. O Land Lines é assim mais uma ferramenta, esta geográfica, do imenso reportório do do Chrome Experiment.

Land Lines

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Abraços felizes!

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016 · Temas: ,

Quando fotografamos estes abraços, tínhamos a ideia de os pousar por aqui, muito levemente, e deixá-los falar por si. Mas não conseguimos, não resistimos. E não conseguimos porque é Natal, e o Natal é, acima de tudo, uma celebração do abraço, aquele que aperta muito e tira a respiração.

AbraçosFelizes-042

São assim presentes, estes abraços, que presenteiam quem deles participa ou, simplesmente, os observa e neles vê muito mais do que um gesto. Feliz Natal!

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Por entre a decoração de natal.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016 · Temas: , ,

Quando partimos para esta iniciativa do CEF Alerta, sabíamos bem o que pretendíamos: criar o contraste suficiente para que a mensagem criasse presença por entre as decorações natalícias da escola.

Não deixes para trás

O feito realizou-se, e está patente até à próxima sexta-feira, simplesmente à custa do lixo que recolhemos em apenas uma hora, nos jardins da ESL. E acreditem, não há aqui nenhuma espécie de mau gosto, há sim uma atitude de cidadania.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Sobre patins de gelo.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016 · Temas: ,

É já tradição fazer patinagem, mais ou menos artística, nas edições natalícias dos Sábados Diferentes. Este ano, a equipa que nos acompanhou parecia dominar a “coisa” e só a custo experimentou a gélida temperatura do chão da pista… Bahhh! Uns verdadeiros “desmancha-prazeres”! O verdadeiro artista tem de ser multifacetado. Tanto faz um mortal invertido com uma pirueta pelo meio, como se espatifa, de chapa, e em plena confusão, em pleno chão da pista. Isso sim, agora acrobacias; bahhh!

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Não deixamos para trás!

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016 · Temas: ,

Se és daqueles que se “marimba” para o ambiente e te é indiferente deixar lixo aqui e acolá, então o nosso obrigado! Foi por tua causa que passamos uma tarde de inverno a catar o lixo que durante anos largaste, sem pensar, um pouco por todo o lado, e que agora se esconde por entre arbustos e folhas dos jardins da ESL.

Não deixes para trás

Obrigado, mais uma vez! Afinal, proporcionaste-nos o motivo! Com o lixo, vamos fazer uma exposição em jeito de homenagem ao teu imenso bom gosto, aquele que decora o relvado verde com plásticos garridos e cintilantes, cápsulas azuis ou pastilhas elásticas das mais diversas cores. Obrigado!

Não percas assim a nossa exposição. Tudo o que o que deixaste para trás, e nós recolhemos, vais estar durante uma semana à tua vista, mesmo junto às mesas onde almoças e conversas. Afinal, queremos bom gosto por todo o lado…

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Os manequins do último Sábado Diferente.

terça-feira, 6 de dezembro de 2016 · Temas: ,

E até porque no nosso lema se inclui a sensibilidade, com mais ou menos alinhamento nos movimentos virais, lá entramos na moda e filmamos uns certos manequins no último Sábado Diferente, às portas da Casa do Roseiral, no Palácio. As conclusões ficam por vossas conta; nós fizemos o vídeo.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Depois não digam que não avisamos.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016 · Temas: ,

Estamos a escrever este artigo a 5 de dezembro de 2016, um dia de fim de outono, que numa situação normal teria surgido gélido, a par dos dias antecedentes, de acordo com os pergaminhos da corrente estação do ano; se é que ainda existem. 

Situação atmosférica na Europa dezembro 2016

Contudo, o que se pode observar na previsão para as 0h de dia 6 de dezembro (via meteoearth), é uma situação sinótica atípica, que se desenrola desde domingo passado e manter-se-á mais uns dias. Trata-se de uma corrente de sudeste, provinda do Norte de África, via Mediterrâneo, que cruza a Península na diagonal, e atinge o Atlântico, devolvendo-nos, ainda assim, temperaturas relativamente elevadas e um escudo às chuvas de frontais que atingem os Açores.

É um cenário que, em dezembro, é anómalo. Não temos pudor em o afirmar. É normal verificar-se vento nordeste / massa de ar polar continental, seca e gélida, provinda de latitudes mais elevadas. Mas vento vindo de África, no inverno, e com temperaturas na ordem dos 20ºC, é caso para estranheza e preocupação.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Atividade CEF Alerta: “não deixes para trás…”.

domingo, 4 de dezembro de 2016 · Temas: ,

Mesmo pertinho do final do período, eis que surge a primeira das muitas ações da atividade CEF Alerta, que ao longo deste ano letivo, e próximo, serão perpetradas pelos alunos do Curso CEF da ESL. São, na verdade, chamadas de atenção e exemplos cívicos que abordam os mais variados temas.

Este primeiro, por exemplo, foca a flagrante atitude muito pouco cívica de “deixar lixo para trás”, e o problema ambiental que essa atitude estúpida acarreta.não deixes para trás

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Os “timelapses” do Google Earth Engine.

· Temas: ,

Descobrimos mais uma apaixonante ferramenta geográfica da Google, proporcionada através do projeto Google Earth Engine: timelapses de satélite. Esta novidade, mostra-nos fotografias obtidas através daquele modo, entre 1984 e 2016, que permitem análises geográficas riquíssimas.

A ferramenta está disponível online e cobre todo o planeta. Contudo, a definição da fotografia de satélite não se apresenta com a mesma qualidade em qualquer lugar, muito à semelhança do que ainda hoje acontece no Google Earth.

AMP 1984

AMP 2016

Para experimentar, apontamos à zona mais central da Área Metropolitana do Porto e as diferenças que constatamos entre as duas imagens, separadas por 32 anos, daria para escrever um artigo de páginas profundamente analíticas. Assim, fugindo à tentação, destacamos apenas alguns pormenores incontornáveis.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Dádivas.

O Sábado Diferente de natal foi enorme, complexo e, como sempre, enriquecedor. Aliás, este último adjetivo, é talvez o maior dos motivos destas iniciativas que já se desenvolvem há mais de 10 anos, sempre com alunos, às vezes com professores.

SBdar_sem_receber-117

Na verdade, independentemente do local, do meio de transporte, ou do motivo que as várias gerações de alunos, que por nós já passaram, tenham vivido nestes Sábados, há certamente um denominador comum: o improviso que não obsta, e até flexibiliza; numa palavra, cria autonomia. Neste sentido, trata-se de uma fórmula impossível de aplicar numa “normal” visita de estudo, pelo que, enquanto houver vagar e tempo, fá-lo-emos nestes moldes.

Sobre este último, o improviso, calculado, foi determinante para o seu sucesso. A cidade, no dia de inauguração das iluminações de Natal, estava repleta de gente; de tal modo, que em certas ruas era difícil transitar. Valeu-nos o metro, também ele apinhado, que nos transportou da pista de gelo da Boavista à Baixa, onde assistimos, já no fim da jornada, ao belíssimo início do Natal na Cidade.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This