Um futuro à espera de formação.

domingo, 19 de novembro de 2017 · Temas: ,

Esta notícia, que nos foi enviada por uma atenta diretora de turma, refere uma dificuldade nacional, outrora sazonal: a falta de funcionários para trabalhar no setor da hotelaria e afins, sobretudo na época alta. Neste momento, e com a crescente vaga turística, o facto já não se confina ao verão e surge durante todo o ano

Empregos no Turismo

Ora, num país onde o desemprego ainda existe subsiste, esta oferta demanda de recursos não é, no mínimo, contraditória? Não! E explica-se pelos baixos salários, e horários de trabalho pouco ortodoxos, pagos e praticados pelos empresários deste setor, que se refugiam na não formação dos funcionários. Daí a necessidade de formação para elevar salarialmente esta área e, consequentemente, mexer com a economia nacional.

Segundo o Pordata, de 2001 para 2016, o país passou de 51 mil para 59 mil funcionários a trabalhar neste crescente subsetor, mas, há ainda muito a fazer. Sobretudo na formação de uma imensa juventude, que quer partir para este mundo.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Deixa um comentário