Sábado Diferente com Serralves em festa!

domingo, 27 de maio de 2012 · Temas:

Depois do último Sábado diferente ter sido mais ou menos adiado “lá para a frente”, eis que surge a oportunidade correta, no timing correto, para realizarmos, finalmente (!), o último Sábado Diferente desta temporada.

serralves-em-festa

Assim, é quase certo que não vamos ver aviões a descolar ou barcos a partir, mas sim assistir ao imenso programa com que a Fundação de Serralves nos brinda sempre à porta do verão (dias 2 e 3 de junho). E é tanta, tanta coisa que nem sei bem o que destacar! Mas aqui vai uma tentativa:

Na Baixa do Porto temos:

  • Performance monopólio? - Campo Mártires da Pátria - 10h00, 13h00, 15h30 e 18h30 - À semelhança da realidade, o Monopólio é um jogo que reflete a lógica inerente aos processos urbanos do neoliberalismo onde a cidade é o espelho das relações económicas, políticas e sociais.
  • Música experimental Não-músicos Ensemblepercurso pelo centro histórico do Porto, com início na casa-museu Guerra Junqueiro junto à Sé Catedral  - 11h00 - No projeto Não-músicos Ensemble o desafio é o de, numa semana, criar uma peça musical que possa ser interpretada por quem não sabe tocar nenhum instrumento.
  • Música Erudita / Experimental Oh Brass on the grass - Terreiro da Sé - 2 de junho - 16H00 - Oh Brass on the Grass Alas, do compositor norte-americano Alvin Curran, é um projeto de grande escala, que envolve a participação de 300 músicos, e é interpretado no exterior.

Em Serralves temos:

  • O Teatro mais pequeno do Mundo.
  • Light painting (pintar e escrever com a Luz).
  • Hotel de insetos e outros animais.
  • Da cabeça para fora.
  • Borboletas noturnas.
  • Fauna urbana.
  • Grafonola Mágica.
  • O nó do desejo.

E muito, muito mais! Vê só o seguinte programa de cortar a respiração... Mas a nossa jornada começa um pouco mais cedo. Assim, partimos da Estação de Caíde pelas 9:50H e chegamos a S. Bento pelas 11H. Vemos alguns espetáculos que acontecem na Baixa, almoçamos rápido e baratinho, e seguimos para Serralves de metro e depois autocarro a partir da Casa da Música. Como a entrada em Serralves é gratuita, conta apenas com o custo dos transportes, almoço e lanche ajantarado. Tenho dúvidas que, apesar do programa, haja muita adesão. Contudo fica aqui a informação sobre o limite de 15 alunos participantes com a respetiva autorização do encarregado de educação.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Deixa um comentário