A Tarantella.

segunda-feira, 14 de junho de 2010 · Temas:

«A Tarantella é uma dança folclórica, típica das regiões do sul da Itália, muito em voga nos séculos XIV e XV, mas que se mantêm até aos dias de hoje. É caracterizada pela vivacidade que transmite uma vez que é composta em carácter binário (6\8) e pela troca rápida de casais, dizendo-se mesmo que dançar a Tarantella sozinho não dá sorte. Basicamente a dança começa numa roda, até ao ritmo aumentar, e então todos começam a trocar de direcção ao som de castanholas e pandeiretas.

ATarantella - Pearault Leon.

Como surgiu o nome Tarantella?

Existem duas explicações para o seu nome: uma derivada do nome da Cidade Taranto, no Sul da Itália e outra, derivada da aranha venenosa (tarântula) que lhe está associada e do tarantismo, doença originada pela mordida da tarântula, que provoca febres altas e alucinações. Esta segunda explicação foi a que encontrei como mais credível, contudo o nome Tarantella deverá ser entendido como resultado das duas teses em conjunto.

Com base na segunda tese, a picada da tarântula leva à manifestação de um delírio convulsivo devido à substância tóxica inoculada pela tarântula (Lycosa tarentula). Esta aranha venenosa comum na Europa meridional, ao picar a vítima induziria a uma dança frenética – Tarantella - que obrigava os doentes a dançar quase sem parar visto acreditar-se que sudação a levaria à extracção do veneno e consequente cura.

Hoje em dia, sabemos que esta espécie de tarântulas está em extinção pois, para além do seu tamanho e do seu aspecto feio e sinistro, não são perigosas para a espécie humana, e inclusive está na moda utiliza-las como animal de estimação.


Que música é utilizada na dança da Tarantella?

A música italiana inclui diversos ritmos tradicionais na dança da Tarantella: várias obras-primas da ópera como as de Giuseppe Verdi, Giacomo Puccini e Gioacchino Rossini, além de artistas pop contemporâneos como Jimmy Fontana, Nicola Di Bari, Rita Pavone, Domenico Modugno, Nico Fidenco, Carmelo Pagano, Mafalda Minozzi e Laura Pausini. No entanto, sem dúvida que a música mais conhecida e utilizada hoje em dia, tem o nome de Jammo Bello e é o ícone da Tarantella Napoletana. Foi composta em 1878 e desconhece-se o seu autor.

A Tarantella nos dias de hoje…

A Tarantella é sem dúvida uma tradição antiga que se mantêm até aos dias de hoje, não só em Itália como no resto do Mundo e, ao contrário do que as pessoas pensam, “desprendeu-se” do folclore e associou-se a muitas outras danças como do Jazz e do Carácter (dança tipicamente russa). Consta também do programa de Ballet onde é dançada no seu 5º grau. É claro que as músicas sofreram alterações ao nível de melodia e letra, no entanto o ritmo mantêm-se inalterável (6/8).

A Tarantella é um dança viva e felizmente não se deixou morrer. Embora já não se dance a Tarantella como uma forma de expulsar do corpo, dança-se como forma de festejo e de alegria. Efectivamente esta dança continua a ser tradição em várias festas de Itália, nas diferentes províncias do país, e é também muito utilizada no dia em que Itália comemora a sua implantação da República Independência das mãos de Mussolini. São momentos de grandes festejos cuja dança torna tudo mais animado

- Joana Simões, 12ºE.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

4 respostas a: “A Tarantella.”

  1. Que a dança não fizesse parte do mundo da Joana :)

    ResponderEliminar
  2. Sem ofensa à Joana , mas parece que só os trabalhos de uns é que são importantes :S

    ResponderEliminar
  3. Não me parece. Como certamente deverás ter reparado, já publiquei um outro trabalho sobre as Tradições do Mundo - La Tomatina. Contudo, sou o primeiro a afirmar e a reconhecer que há trabalhos melhores, razoáveis e outros que “valha-me Deus” (quem esteve nas aula, ou não, sabe do que falo…). Portanto, não é inocente ter começado por estes dois que, tal como outros que se seguirão, demonstraram bastante qualidade. Ah! O Geopalavras não acaba amanhã…
    Obrigado pelo reparo.

    ResponderEliminar
  4. dançar nao passa de uma arte........do qual alguns nao tem capacidade;

    ResponderEliminar