Quando a carrinha do lixo passa apenas duas vezes por semana (Marlene - 9ºA).

sábado, 20 de fevereiro de 2010 · Temas:

O planeta Terra é muito importante, pois é o único planeta onde existe vida. Dada a sua importância, cabe a cada um de nós preservá-lo para que possamos assegurar a continuidade da vida na Terra. Na minha região existem várias situações que eu penso que deveriam ser alteradas, pois causam distúrbios no nosso planeta que é tão precioso e necessita ser preservado.


Em vários locais da minha região (Felgueiras) existe apenas um contentor para o lixo e a carrinha do lixo passa apenas duas vezes por semana, à quarta-feira e ao sábado. Como consequência, após pouco tempo de ter passado a carrinha do lixo, o contentor fica cheio e rodeado de lixo. Penso que deviam encontrar soluções para o problema, colocando mais contentores do lixo ou mesmo a carrinha a passar mais vezes, pois é muito desagradável estar em contacto com o lixo porque causa dos maus odores, mau aspecto bem como poluição atmosférica, do solo e da água.

Outro dos problemas é a falta de ecopontos. Deveriam colocar mais ecopontos, mais próximo das habitações das pessoas para que possamos reciclar e tornar o nosso planeta melhor. Estas situações deveriam ser modificadas, pois, certamente não acontece apenas na minha região.

Marlene - 9ºA.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

2 respostas a: “Quando a carrinha do lixo passa apenas duas vezes por semana (Marlene - 9ºA).”

  1. Parabéns Marlene. O teu trabalho está muito completo. Acho que essa é uma das muitas questões ambientais que temos de nos recordar. Morar numa localidade onde o lixo só é retirado duas vezes por semana é péssimo, não só por causar maus cheiros, mas também porque não se tem uma boa visão da paisagem. Acho que deveriam tomar breves providências sobre este aspecto.

    ResponderEliminar
  2. Muito bem Carolina! A espalhar comentários assim vais pôr toda gente mais feliz. Quase que lhe chamamos um acto de coragem, numa altura em que quase ninguém quer saber de nada... ;) continua. És uma lição para muitos. Ah! Estamos à espera do teu Támal.

    ResponderEliminar