Abrigo solar (1ª parte).

quinta-feira, 16 de agosto de 2018 · Temas: , ,

Há muito que tínhamos na agenda, realizar este abrigo da radiação solar, que permitirá resolver um dos problemas de que padece a nossa estação meteorológica: o registo das temperaturas máximas. Na verdade, o termómetro está muito pouco protegido, por o atual abrigo, que não o é, é muito ineficiente, não permitindo a devida ventilação, registando temperaturas máximas muito exageradas.

Imagem1

Ainda na última vaga de calor, as temperaturas registadas pelo termómetro da estação rondaram os 46ºC, quando na mesma hora, e nas estações vizinhas, o mercúrio não ultrapassava os 37ºC. Ou seja, admitimos os 46ºC, mas os registos não são padronizados e, por isso, deturpados.

Por isso, e com uma “folga nas férias”, metemos mão à obra e fomos para a garagem derreter, limar, furar e apertar! Ah! E tirar fotografias também, caso contrário, tudo isto não teria nem metade da piada. Se entenderem fazer o mesmo, podem enviar fotos, e até podemos fazer um concurso do melhor abrigo solar! Que tal? Bom, chega de conversa fiada e vejam as imagem sequentes. Se houver dúvidas, coloquem.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This
Blogger Tricks

Um arquivo desejado.

sexta-feira, 10 de agosto de 2018 · Temas:

Mais do que desejado, este arquivo fotográfico já se impunha há muito. O Geopalavras avolumou-se de tal modo, que já não conseguíamos lidar com as milhares de fotografias que fomos tirando ao longo dos anos. Este arquivo é um exercício de organização e constitui-se, ao mesmo tempo, numa prenda para muitos.Arquivo 6A organização vai ser simples: anual e por atividade. Todas as fotos terão uma marca de água, mas se entenderes útil, poderás pedi-las sem a mesma, através do nosso contacto. A publicação das fotografias irá ser paulatina e sem um critério evidente, isto é, não publicaremos todas de uma só vez, e só daqui a meses daremos por concluída a tarefa. Portanto, as pastas, organizadas por anos civis a partir de 2005, irão crescer ao longo dos próximos meses e, se procuras um momento específico, vai visitando; mais tarde ou mais cedo surgirá.

Arquivo Fotográfico Geopalavras - Local

Estamos em crer que este arquivo vai ser bastante concorrido, porque são muitos os “implicados”, agora mais crescidos, ou nem por isso, e assumem outro tipo de responsabilidades. Portanto, não fazia sentido ter as fotos por ter, sem lhes dar um sentido organizado. Para futuro, tencionamos fazer o mesmo com os vídeos, que também têm os mesmos protagonistas, e são centenas.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

O vento vai mudar.

domingo, 5 de agosto de 2018 · Temas: ,

Depois de quatro dias de temperaturas hiperbólicas, a mudança na direção do vento vai arrastá-las para valores próximos do nosso entendimento de verão. Já a partir de hoje, pelo final do dia, o vento passará soprar de oeste / noroeste na maior parte do território continental, amainando as temperaturas. Nos dias seguintes, surgirá a nortada, famoso vento estival que não perdoa os veraneantes, mas que ameniza as temperaturas da faixa ocidental continental. No dia 7 e 8, é também possível observar a formação de uma depressão térmica a norte de Madrid, num cenário batalhado nos compêndios de Geografia A.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Algo rápido, mas importante…

· Temas: ,

Até porque merecemos estas férias desarraigadas, inclusivamente do Geopalavras… Apetece-nos dizer o seguinte: num ano “normal”, as temperaturas que se têm verificado nos últimos dias, não estariam a abrir telejornais e encher as primeiras páginas da imprensa pelo fenómeno que constituem, mas sim pelas consequências que, tal como no ano passado, trouxeram a tragédia ao país.

Plante-se! - Plantação de um carvalho na ESL em janeiro de 2018

Num ano “normal”, o combustível vegetal acumulado ao longo de uma primavera chuvosa, a par das temperaturas hiperbólicas que agora se verificam, bastariam para o país ceder à loucura pirómana das chamas. Mas, felizmente, não é isso que se verifica. E esta constatação, faz-nos pensar na importância da educação como motor da consciência social e no problema dos fogos como a ausência da mesma. Para este, há coincidências simples e análises geográficas complexas.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Vem aí calor.

sábado, 28 de julho de 2018 · Temas:

Reabilitamos, com fé no futuro…, a Estação Meteorológica da Escola Secundária da Lixa, na véspera de uma semana que se adivinha trazer calor de verão. A mudança da direção do vento, que circulará de leste, trará temperaturas acima dos 30ºC à região onde se contextualiza geograficamente a escola. Na verdade, trata-se de uma situação normalíssima para o período do ano estival que atravessamos.

ET_6_8_2018METEOESL

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

O eclipse da Lua a partir da ESL.

sexta-feira, 27 de julho de 2018 · Temas: ,

Sabemos que alguns de vocês estão mais do que habituados a olhar para o astro da noite durante quase todo o ano, e até dentro da sala… Mas, hoje é um dia especial, porque a Lua vai nascer eclipsada pela Terra, que se porá entre o Sol e o nosso e aquela. Assim, e se não tiveres nada melhor para fazer, despacha o jantar e, pelas 20:30h posiciona-te num ponto cujo horizonte a sudeste e sul esteja bem desimpedido de obstáculos, de modo a poderes ver o nascer da Lua, que à nossa latitude e longitude (ESL), surgirá já eclipsada e num tom alaranjado. Brrrrrrr!!!!

Eclipse Lunar 27 julho 2018

Ah! E se a propósito estás a pensar fazer mais uma daquelas festas que se prolonga até às tantas e depois ninguém se lembra do que aconteceu… esquece, porque o espetáculo só dura até 21:13h. Por isso, ainda podes voltar a tempo de lavar a louça e não perder mais um episódio da edificante novela da nove ou similar…


Fontes: Observatório Astronómico de Lisboa // Google Earth // https://www.mooncalc.org

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This