Sobre a temperatura e precipitação de 2016.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017 · Temas: ,

O findo ano de 2016 foi caraterizado por temperaturas médias elevadas, períodos de muita precipitação, escassa ou até mesmo nula. Metodologicamente, trabalhamos os sobre os dados registados pelo Weather Undergound, e debitados pela MeteoESL,  calculando as médias mensais de temperatura e os totais mensais de precipitação de cada mês de 2016. Por sua vez, confrontamos estes valores aos compreendidos entre os anos de 2012 e 2016, período de referência, que estabelece a média de temperatura e de pluviosidade mensal da estação meteorológica da Escola Secundária da Lixa.

Comportamento térmico e de precipitação de 2016

O realce da comparação cai na temperatura média de 2016 que, com exceção do mês de março, foi sempre superior à media de referência, tendo,  inclusivamente, no mês julho, excedido em 4,2ºC este valor.

A precipitação surgiu contrastada, com com uma temporada de inverno / primavera amplamente chuvosa, e um verão / outono com precipitações inferiores à média. Destaque-se o valor de pluviosidade de janeiro, que atingiu os 500,4 mm,  o nulo do mês de julho, ou os 6,3 mm de agosto.

Em suma, verificamos que a temperatura média de 2016 superou a média de referência, sobretudo no estio; a precipitação foi muito superior aos valores médios na primeira metade do ano e, de um modo geral, inferior na restante.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Deixa um comentário