Google Earth: atualização das fotografias da Lixa.

domingo, 12 de outubro de 2014 · Temas: ,

E passados quatro anos, eis que surge uma nova atualização das fotografias do mapa global Google Earth da região de Felgueiras – Lixa. São fotografias que datam de 2014, obtidas por uma empresa operadora de satélites, a DigitalGlobe, que utiliza uma constelação de satélites que orbitam a Terra a poucas centenas de quilómetros de altitude, obtendo, desse modo, fotografias de elevada resolução.

Fotografia 2014

Esta atualização, de onde se retirou o extrato acima representado, abrange as duas principais escolas do Agrupamento de Escolas da Lixa, está disponível na Galeria de Mapas da Google, mas ainda não consta do Google Earth ou Google Maps, na sua versão para PC, embora conste nas respetivas versões de Android. As fotografias foram obtidas pela manhã (sombra das árvores) algures pelo início da primavera (visto os milheiras ainda lavrados, ou sem germinação aparente e a notória folhagem verde das caducifólias).

Fotografia 2010

Comparativamente ao último conjunto de imagens, obtido em 2010, são notórias as diferenças de resolução e, obviamente, de atualização. A título de exemplo, a Escola Secundária da Lixa ainda mantinha o antigo edifício e sem obras aparentes.

Os satélites da DigitalGlobe, embora completem uma órbita em torno da Terra a cada 90 minutos, apenas cobrem 1% do planeta em cada passagem e é muito rara a conjugação ótima de uma série de fatores: o correto ângulo da luz solar e a ausência de nuvens e neblina, que tornem viável utilização e exploração comercial das fotografias obtidas. Mais, se as fotografias forem obtidas, são sujeitas a um trabalho de georeferênciação, antes de serem disponibilizadas aos clientes, tal como a Google, que avalia comparativamente o interesse num novo conjunto de imagens. 

Mas nem todas as fotografias disponibilizadas pelo Google Earth são provindas de satélite. Muitas são ortofotografias, ou seja, são obtidas de avião, balões ou até drones, utilizando câmaras de alta resolução.

Estas são as duas formas atuais, e mais sofisticadas, que servem de base à construção atual de mapas ou plantas.


Fontes:

http://www.gearthblog.com/

http://maps.google.com/gallery/

http://google-latlong.blogspot.pt/

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Deixa um comentário