Porto identitário.

quarta-feira, 19 de junho de 2013 · Temas: , , ,

Escrevemos este artigo quando a Lonely Planet acaba de colocar o Porto no topo dos destinos turísticos europeus para 2013. Uma surpresa? Não! Apenas uma constatação. Na verdade, calcorrear o Porto é mergulhar numa experiência rendilhada de pormenores; uma mistura feliz que compatibiliza os profusos edifícios em decadência, que nos parecem ter tanto para contar, com o seu povo grosseiro, mas genuíno.

Porto Identitário

Esta mistura é atrativa, e não é por acaso que a cidade está na moda. Há hordas de gentes, vindas de paragens setentrionais, que a procuram e sobre ela escrevem, impulsionadas pelos voos baratos, informação abundante, as redes sociais, o clima, a comida e o custo de vida.  «O Porto emergiu como uma vibrante capital das artes […] Na vanguarda da cena artística da cidade está a zona de galerias da Rua Miguel Bombarda», dizem.


Ver Porto indentitário. num mapa maior

Filhos da mesma raiz, os alunos da turma TAS não provêm de paragens setentrionais, mas ainda assim a cidade referência é-lhes pouco conhecida. Daí o mérito e sucesso da visita de estudo, Porto Identitário, proporcionada pelos formadores do curso. Na verdade, a curiosidade revelada por alguns, o despertar de interesse noutros, mostrou que o prazer de palmilhar uma cidade como o Porto já não é propriamente um segredo bem guardado. O Porto está ali bem perto à espera. Haja a predisposição e estoicismo demonstrado no sábado, que a cidade responde, oferecendo o S. João, a luz do fim da tarde e o prazer da descoberta.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

3 respostas a: “Porto identitário.”

  1. Sim senhora, até uma jantarada, para os mais novos não há nada disto xdd

    ResponderEliminar
  2. Acho que está por ali uma familiar tua... tenta adivinhar quem.

    ResponderEliminar
  3. Estão duas familiares minhas, uma é familiar da Quel também ;)

    ResponderEliminar