Candieland.

quinta-feira, 22 de março de 2012 · Temas:

- Por Liliana e Margarida, 11E.

Porque é que a cidade apresentada no nosso mapa é ideal? Porque todas as áreas funcionais estão meticulosamente separadas e delimitadas e, ao mesmo tempo, estabelecem uma forte interação comunicativa. Foi numa procura pela coesão destes espaços que delimitamos a cidade desta forma: a área terciária e o CBD, encontram-se no centro da cidade, estritamente ligada com as restantes; a área residencial e a área industrial encontram-se separados mas relacionadas com o CBD.

Margarida e Liliana

É possível percorrer toda a cidade sem utilizar o automóvel individual, tornando-a um centro urbano sustentável e ecológico. A rede de metro percorre todo o CBD, não deixando nenhum serviço ou entidade isolado, estende-se até aos limites da zona residencial  e facilita o deslocamento da população desde as próprias habitações até aos serviços. Percorrendo os limites exteriores da cidade, encontra-se também uma linha ferroviária que assegura a comunicação entre todos os pontos da cidade.

A zona industrial, situada no extremo contrário à zona residencial, segue o mesmo sistema de organização das ruas – planta ortogonal. Esta apresenta uma grande dimensão de modo a possibilitar a expansão e o desenvolvimento das indústrias. Uma vez que esta área industrial apenas tem vias rodoviárias no seu interior e não é abrangida pela retante rede metropolitana, existem assim auto-estradas subterrâneas que a liga ao centro da cidade e à zona residencial.

O centro urbano concentra um grande número de serviços, funções e bens vulgares que satisfazem as necessidades básicas da população. Por outro lado, apresenta alguns bens e funções raras que privilegiam os serviços próximos e contribuem com movimento e capitais para o centro urbano.

Assim, a nossa cidade assegura a satisfação das necessidades da população e não coloca nenhuma das funções em desvantagem. Nesta cidade todas as áreas interagem entre si e esta é a chave para o seu sucesso.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Deixa um comentário