Publicidade.

quinta-feira, 17 de novembro de 2011 · Temas: ,

Aqui à uns dias, numa aula do 11º ano, e propósito da temática da urgência de oportunidades inovadoras e multiplicadoras para as áreas rurais, a conversa divergiu, saudavelmente, para o mundo do marketing e publicidade, necessária à promoção dos recursos endógenos daquelas áreas. Da conversa e troca de impressões, confrontamos-nos com uma realidade forte e muitas das vezes não perceptível: o facto de nesta sociedade ocidental sermos filhos, produtos e até órfãos da publicidade que usa e abusa da nossa ingenuidade consumista. Nada escapa e mesmo aquilo que à partida nos parece uma causa nobre, tem um fundo subliminarmente publicitário. Desta feita foi a Benetton que, num estilo muito próprio, fotomontou beijos de “unhate” entre pessoas impossíveis. O resultado? A perpetuação da sofisticação da marca e mais umas milhares de camisolas vendidas em todo mundo.

ng1712565

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Deixa um comentário