Medidas para atenuar a crise.

quarta-feira, 18 de maio de 2011 · Temas:

DesenrascaPT-v2_thumb10_thumbDo repto lançado aos alunos do décimo ano de Humanidades para desenrascar Portugal, surgiram uma série de interessantíssimas medidas que, de uma forma mais ou menos imaginativa, ambicionam pôr este país a andar para a frente. Ora, o Geopalavras vai publicar um resumo daquelas medidas e dedicar-lhes um espaço no Geodilema que esperamos vir a ser fonte de inspiração para os nossos governantes muito pouco inspirados! Por último, estes trabalhos são obras de alunos que estão ainda a trabalhar as suas ideias e muitas delas, que serão publicadas, não coincidem com a precisão dos factos. Não obstante, trata-se de um exercício quase académico pertinente, criativo e de louvar para quem tem apenas 15 ou 16 anos.

Medidas para atenuar a crise.

- Por Jorge Ricardo e José Pedro, 10ºE.

Como sabem o nosso Pais atravessa uma grande dificuldade a nível económico, e nos neste trabalho apresentamos algumas das nossas medidas para ajudar o nosso pai financeiramente. A nossa primeira medida para ajudar o nosso pai economicamente vem da área do desporto nomeadamente o futebol.

Alguns jogadores de futebol ganham um salário elevadíssimo, um exemEstádio do Algarveplo disso é o Cristiano Ronaldo que ganha 1 milhão por mês o que é um absurdo perante o salário mínimo dos portugueses. Por outro lado, em 2004 foram construídos estádios que hoje estão completamente abandonados ou seja não dão lucro nenhum, só despesas.

Assim, o que nós propomos é diminuir os salários dos jogadores de futebol no nosso país e a demolição dos estádio que estão abandonados e aí construir centrais de painéis solares que permitiriam melhorar um pouco a nossa situação.

FastioA nossa segunda medida foi pensada na área das exportações. Pensamos em apostar nos produtos nacionais como é o caso da nossa água, que é considerada uma das melhores do mundo; pensamos também em criar publicidade não muito dispendiosa e muito atractiva, que convencesse os outros países a comprarem a nossa água. Esta seria uma óptima medida para o país.

Como sabem o nosso país é um grande importador de produtos; importámos muito mais do que exportámos o que constitui um grande problema para a nossa economia em geral, e para a balança comercial em particular.

O nosso país importa mais de metade dos alimentos vendidos em território nacional o que é muito mau. Significa que já não conseguimos produzir mais do que o que consumimos e isso poderá vir a constituir-se como um grande problema, visto estar previsto que para 2020 se verifique uma grande quebra no sector alimentar. Assim, não queremos que isso aconteça ao nosso país, por isso queremos que Portugal comece a produzir e consumir alimentos nacionais.

A nossa penúltima medida para ajudar o país é sobre a energia solar. Portugal tem o um potencial enorme neste domínio (temos, por exemplo, o segundo maior sector de painel solares do mundo o que nos beneficia em alguma partes). Com este tipo de energia, o país beneficiaria de poupança económica e ambiental, e poderia exportar alguma da energia produzida.

Como sabemos, o IVA tem subido quase todos os anos, muito ao sabor da conjuntura económica. Ora, esta subida de preços está a levar a uma grande revolta na população.

Impostos

O que o governo poderia fazer era apostar mais no turismo em território nacional fazendo varia propostas rentáveis para atrair os turistas. Poderíamos apostar também no turismo rural criando várias actividades interessantes e que cativassem as pessoas a nelas participar. Nisto estaríamos a criar mais postos de trabalho para os desempregados e estaríamos a ajudar o nosso país.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

2 respostas a: “Medidas para atenuar a crise.”

  1. Prof enganou-se é Jorge Ricardo e José Pedro, 10ºE, em vez de F.
    Tá muito bonito, o trabalho dos meninos.
    Rita Marinho

    ResponderEliminar
  2. Foi corrigido Rita, obrigado. Folgo em saber que gostas das publicações do Ricardo, ou será do Zé? ;)

    ResponderEliminar