Os incêndios do Verão passado.

domingo, 26 de setembro de 2010 · Temas:

Neste Verão o nosso país foi mais uma vez fustigado pelos incêndios florestais que afectaram não só em Portugal Continental como também as florestas dos arquipélagos da Madeira e dos Açores.
 
De facto, não é comum ocorrerem incêndios desta envergadura naquelas ilhas atlânticas. Contudo, o clima mundial está a mudar (a aquecer) e é possível que este tipo de tragédia passe a ser também uma realidade cíclica nos locais que, à partida, pensávamos estarem mais imunes tais como as nossas ilhas. Nem sequer pensamos nelas e muitas vezes só nos apercebemos quando já é tarde e as tragédias acontecem.

Imagem de satélite no dia 12 de Agosto, com muita poeira
na atmosfera, conhecido por "tempo de leste". Na imagem do
dia 16 de Agosto, depois dos grandes incêndios, a imagem de
 satélite mostra uma mancha escura na zona central da ilha.
(fonte: meteomadeira.blogspot)

Para além dos danos visíveis à primeira vista, os incêndios florestais provocam consequências não só a curto como a médio e longo prazo. Tais como:

- Destruição da vegetação e poluição dos cursos de água;
- Aceleração dos processos erosivos;
- O fumo que agrava os problemas respiratórios, principalmente em crianças e idosos;
- Enfraquecimento do solo comprometendo a sua estrutura.
  
Esta última consequência é das mais graves e muitos especialistas temem que estas zonas venham a sofrer com o Inverno que se aproxima. Estão ainda presentes as imagens das cheias de Fevereiro, na Madeira, e estima-se que tal cenário se possa vir a repetir-se pois os solos, desprovidos da vegetação que com as suas raízes prende o solo e facilita a infiltração das águas da chuva, tornam-se mais impermeáveis e soltos, facilitando a escorrência superficial, e originando rápidas subidas de água e inundações.
 
Os incêndios não são só floresta queimada, são um processo de destruição da superfície terrestre e acima de tudo uma questão de atitude e falta de civismo humano.
  
- Margarida Cardoso, 10ºE.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Uma resposta a: “Os incêndios do Verão passado.”

  1. Infelizmente esta é a mais pura das verdades. A nossa sociedade está a perder parte da natureza, o que é muito mau, não só porque necessitamos dela para sobreviver, mas também porque perdemos a enormíssima beleza das nossas florestas e prado. E em vez que obtermos uma natureza verde, obtemos uma atmosfera "negra" e feia. Eu penso que não vale a pena apelar às pessoas para não contribuírem para a destruição da natureza, porque como diz a greenpeace: "Quando a última árvore tiver caído, quando o último rio tiver secado, quando o último peixe for pescado, vocês vão entender que dinheiro não se come". Esperemos por este dia.

    ResponderEliminar