Estudar em casa.

terça-feira, 16 de março de 2010 · Temas: ,

Infelizmente o tempo para estudar em casa é muito pouco, tal é a sobrecarga do teu horário lectivo e não lectivo. Mas é impossível não teres de dispensar algum do teu tempo para estudar. Tens três meses de interrupção das aulas no Verão e esse tempo podes dedicá-lo em grande parte ao lazer. Este será melhor usufruído se for antecedido por um ano de sucesso em consequência do intenso trabalho desenvolvido.

a) Planifica os teus tempos de estudo.

O dia tem muitas horas. Reserva o tempo possível para estudar em casa. Planifica também os momentos de descanso, admitindo que descansar é também mudar de actividade (ver um Telejornal, por exemplo). Procura cumprir escrupulosamente o teu plano de trabalho.

ESL - Janeiro de 2006.
b) Reserva um espaço para o estudo.

Procura um espaço da tua casa onde possas trabalhar em sossego durante algum tempo. Se achas que dificilmente o consegues, passa mais tempo na biblioteca da escola.

c) Pratica um estudo activo.

Estudar não é estar sentado em frente ao livro, com a cabeça apoiada na mão e o braço, por sua vez, apoiado na mesa. Estudar é ter na mão algo que escreva, é sublinhar, é anotar, é responder a questões, é fazer resumos e esquemas, é consultar o dicionário e outros livros, é reflectir sobre as aulas.

d) Tenta reconstruir as aulas.

Um exercício que deves fazer no estudo é reconstruir a aula, sempre que possível. Organiza os apontamentos tirados; completa-os com novas informações; procura no manual e noutros auxiliares, os conteúdos tratados e consolida os conhecimentos.

e) Procura compreender o que estudas.

Deves decorar alguma informação, mas não faças da memorização o fundamento do teu estudo. Dificilmente obterás bons resultados com respostas baseadas em informação decorada. Aliás, raramente as questões em Geografia [ou outra disciplina], neste nível, visam conhecimentos memorizados. Procura entender o que estudas e constrói os teus conhecimentos.

ESL - Dezembro de 2005.
f) Atenção aos objectivos orientadores da aprendizagem.

No teu estudo tem sempre presente os objectivos orientadores da aprendizagem, se o teu manual os apresentar ou se o professor os tiver dado.

g) Utiliza o dicionário.

Utiliza o dicionário, nunca passes por cima de uma palavra ou ideia cujo significado ou sentido não entendas.

h) Resolve os exercícios que o manual te propõe.

Realiza exercícios sobre as matérias, mesmo que o teu professor os não tenha marcado. O momento mais importante da avaliação é a prova escrita, que culminará num Exame Nacional no fim do 11ou 12.° (ano 2). Treina essa prova escrita, treina intensamente. De vez em quando pede ao teu professor que te aprecie uma resposta sobre a qual tens dúvidas. Ele tem muitos alunos, mas de certeza que arranjará tempo para apreciar uma ou outra questão.

i) Diversifica as fontes de informação.

Na elaboração dos exercícios, deves apoiar-te em toda a bibliografia possível, mas nunca copies as respostas, muito menos quando não entendes o que estás a copiar. Não adianta escrever o que não entendes. Para construíres as tuas respostas, tenta primeiro entender o que estudas e depois elabora os trabalhos com as ideias que assimilaste. Nesta condição, já podes olhar, de vez em quando, para as fontes de estudo.

ESL - Março de 2006.
j) Organiza um dossier.

Organiza o teu dossier de disciplina. Não deixes que nada se perca. Arquiva informação que encontres sobre as matérias. Pode ser que, no fim do ano, o teu professor queira ver o teu trabalho, mas se ele não o fizer pede-lhe para o ver porque pode valorizar-te.

k) Inventaria as tuas dúvidas.

Inventaria as dúvidas que te apareçam e para as quais não encontras solução e apresenta-as na aula do dia seguinte.

l) Vai preparando as aulas seguintes.

Se ainda tiveres tempo, dá uma "olhadela" pela matéria que vai ser tratada a seguir para poderes ter uma intervenção activa na aula.

- Fonte: "Preparação para o Exame Nacional" - Adelaide Queiros, Ed. Porto Editora, Porto (adaptado).

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Deixa um comentário