Equinócio da Primavera: quando os dias igualam a noite.

sábado, 20 de março de 2010 · Temas:

A palavra equinócio deriva do Latim, aequus (igual) e nox (noite), e em termos astronómicos significa os momentos em que o Sol se encontra sobre o equador. Estes momentos ocorrem em 21 de Março e em 21 ou 22 de Setembro, datas em que os dias são iguais às noites em todos os lugares da Terra. Este ano o equinócio da Primavera ocorre hoje, dia 20 de Março, às 17h32m. Esta data dá início à Primavera no Hemisfério Norte (e ao Outono no Hemisfério Sul), que se prolonga por 92,75 dias até ao próximo Solstício, que ocorre no dia 21 de Junho às 12h28m.

Equinócio da Primavera em Stonehenge - Inglaterra.
Se fixarmos, ao longo do ano, os pontos do horizonte onde nasce o Sol, facilmente constatamos que esses pontos não são fixos e que se deslocam ora para Norte ora para Sul, o que se traduz por uma variação anual do número de horas de insolação, ou seja, a duração do dia solar.

Assim, e à nossa latitude (Norte), o Sol encontra-se a meio de uma ”viagem” aparente, com a duração de 6 meses, entre os dois solstícios. Literalmente a meio desta “viagem”, verificam-se os equinócios da Primavera e de Outono. Depois do primeiro, o astro continua a nascer cada vez mais a Norte e, consequentemente, a descrever no seu movimento diurno (um dia solar), um arco maior e mais alto, o que se traduz num maior número de horas de insolação e maiores temperaturas.



Desde a pré-história que o Homem celebra estas datas com monumentos astronomicamente alinhados segundo este movimento aparente do Sol. Stonehenge, na Inglaterra, é um exemplo e todos os anos druidas e cidadãos anónimos perpetuam a data com base na crença da renovação e de um novo ciclo na Terra.

Stonehenge - Inglaterra.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Deixa um comentário