Dia 18 de Fevereiro diz-vos alguma coisa?

segunda-feira, 1 de março de 2010 · Temas: ,

Dia 18 de Fevereiro diz-vos alguma coisa? Às turmas do 9ºB e do 9ºC diz muito, com toda a certeza!

Às 8:30horas preparamo-nos para sair da escola rumo ao Porto de Leixões. Este equipamento reveste-se de uma grande importância visto ser o maior porto da zona Norte. Esta importância foi revelada e muito salientada pela guia que nos acompanhou durante a visita, dentro do autocarro, a todo o porto.

O Porto de Leixões recebe certa de 15 milhões de toneladas e 3 mil navios por anos. Tem vários terminais, sendo os mais importantes o Terminal de contentores (TCL), o Terminal de carga geral (TCGL) e o Terminal de passageiros. Existe ainda um Terminal Multiusos que funciona como reserva.


Ao contrário do que a maioria de nós pensava, este porto não se localiza em Leixões, mas sim entre Matosinhos e Leça da Palmeira. Este nome surgiu da palavra «leixão» que designa uma grande rocha, por cima da qual começou a ser construído o porto. Leixão deu origem a Leixões!

Mal esta visita terminou, passamos por algumas peripécias, bastante «engraçadas»… e foi tempo de tirar muitas fotos em grupo.


De seguida, na estação do Mercado de Matosinhos, entramos no metro e seguimos para Sete Bicas onde saímos e continuamos a pé até ao NorteShopping. Tivemos tempo para almoçar, fazer compras e até mesmo admirar a arquitectura e tudo aquilo que embeleza este espaço.


A parte de tarde foi dedicada à disciplina de História. Visitamos uma casa que a maioria de nós não conhecia mas que de certeza passou a admirar: a Casa Guerra Junqueiro que nos brindou com um “Peddy Paper” pela freguesia da Sé, na cidade do Porto. Divididos em grupos e a pé, percorremos caminhos à volta da Sé do Porto visto o concurso consistir em encontrar todas as respostas a perguntas propostas, no menor tempo possível. Divertimo-nos ao máximo!


Contudo no final ficamos todos muito cansados, mas sempre com um grande sorriso. Após serem corrigidas as nossas respostas, visitamos o interior da casa. Ficamos todos boquiabertos com todas aquelas peças em prata e com aqueles móveis bastante trabalhos e, sem dúvida alguma, simplesmente espectaculares.

Tenho a certeza que nenhum de nós vai esquecer esta visita.

- Margarida e Maria Inês, 9ºC

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Deixa um comentário