Concurso «támal»: faz-te ouvir!

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 · Temas:

Conheces aquela sensação de te apetecer berrar, berrar bem alto e em todas as direcções para que o mundo ouça. Ouça que… aquela árvore não devia ter sido cortada, que aquele cão não devia ter sido abandonado, que o ribeiro está cada vez mais imundo, que o lixo abunda, que a água se gasta e ninguém se importa com isso… pois é…
Agora tens a oportunidade de te fazeres ouvir e quem sabe mudar o mundo! Pega na máquina e fotografa o que támal e / ou se quiseres faz um pequeno texto de reportagem. Se achares que não chega, faz uma reportagem em vídeo e mostra-nos o que támal. Entrevista as pessoas, procura culpados e arranja soluções.

Detalhes:

- O concurso támal é uma iniciativa do geopalavras que decorrerá até ao fim do ano lectivo;

- é um concurso aberto à comunidade escolar da ESL e portanto qualquer pessoa poderá concorrer;

- não há inscrições prévias sendo que se considera a concurso todos aqueles que participem;

- as reportagens sob a forma de fotografia, texto ou vídeo (ou algumas das anteriores cumulativamente), devem ser enviadas para o seguinte email pedrouno@sapo.pt ou entregues a um dos professores de geografia da ESL;

- independentemente do formato entregue, devem ser acauteladas as seguintes informações:

• título / local do acontecimento focado;

• data da reportagem, foto ou vídeo;

• nome do repórter.

Todo o material que nos chegar será publicado no geopalavras e ficará automaticamente em concurso. No fim do ano lectivo serão seleccionadas as melhores 3 fotografias, as 3 melhores vídeoreportagens e as 3 melhores reportagens escritas. Todas serão contempladas com prémios simbólicos.

Faz-te ouvir!

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

4 respostas a: “Concurso «támal»: faz-te ouvir!”

  1. Olha que boa ideia.
    E podemos critícar mesmo MESMO tudo o que está mal? :)

    ResponderEliminar
  2. Gostamos da ideia...é interessante, é uma forma de cativar toda a comunidade escolar para alguns dos problemas que nos rodeiam...

    É também uma forma divertida de expôr as fragilidades e sensibilizar para o que "támal"...

    Certamente iremos participar:)

    10.º E

    ResponderEliminar
  3. Rita, podes reportar tudo aquilo que achares que támal, dentro de um âmbito ambiental, desde haja fundamento para tal enfoque! Ok? Ficamos à espera.

    ResponderEliminar
  4. O Geopalavras espera, ansioso, pelas reportagens «támal» do 10ºE que já nos brindou noutras aventuras! Cá esperamos.

    ResponderEliminar