Geografia na rua #2: relógios de Sol.

domingo, 20 de janeiro de 2019 · Temas: ,

Um dos primeiros artigos do Geopalavras, a propósito das sazonais alterações da hora, aborda a história do relógio, ou melhor, dos relógios. Referimos, então, que este instrumento teve o seu primeiro esboço há cerca de 3500 anos atrás, e baseava-se na projeção da sombra do Sol, projetada de um pilar (ou objeto vertical), num plano horizontal graduado em tempo. Ou seja, um relógio de Sol.

Ora, o Sol abunda, e os restantes materiais para a elaboração de um relógio de Sol são simples e pouco dispendiosos, pelo que vamos avançar para o Projeto 2 da Geografia na rua. Investigamos, lemos bastante informação e, ao invés de apostar numa sofisticada versão deste relógio, optamos por uma versão básica, pois o intuito é sensibilizar e não criar especialistas, sem fugir ao âmbito do programa de Geografia A.

Criamos um pequeno guião de trabalho, que refere materiais e a metodologia a usar nesta atividade. Para além da sua vertente plástica, tão necessária… com ela esperamos possibilitar a compreensão do complexo movimento do astro-rei, das sombras por ele causadas, e a sua influência na arquitetura, por exemplo, da ESL.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Deixa um comentário