Uma longa tarde.

quinta-feira, 14 de novembro de 2019 · Temas:

Decorreu hoje, durante a tarde, a prova de seleção Erasmus Umbrella. Dos 46 alunos inscritos, compareceram 31, para uma prova que de convencional nada teve, pois a experiência adquirida fez-nos desenhar uma espécie de “jogos sem fronteiras”, que puxou pelas competências técnicas, sensibilidade estética e conhecimentos básicos de geografia e biologia dos candidatos.

SeleErasmus12

Foi também uma tarde onde assistimos à entreajuda numa competição, algo raro nos escorregadios dias de hoje; à originalidade pelo meio da ânsia; e ao reconhecimento que ansiedade tolda a clarividência na interpretação das tarefas. Destas ainda não interpretamos os resultados, até porque há ainda muito organizar. Mas no fim, ficamos com a noção de que estes nossos candidatos descobriram que uma boa organização de tarefas é essencial ao desempenho.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Critérios de seleção Umbrella.

quarta-feira, 6 de novembro de 2019 · Temas:

Estão finalmente definidos os critérios de seleção da a tarde de tarefas que irá decorrer no próximo dia 13 de novembro, a partir das 14 horas, na Biblioteca da ESL. Este espaço será reservado para distribuir as tarefas e atender às necessidades dos alunos pré-selecionados. Por outras palavras, vais ter possibilidade e primazia na utilização dos PC´s, entre outros recursos. Mas verifica:

Critérios de Seleção Erasmus - Umbrella

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Cromática.

segunda-feira, 4 de novembro de 2019 · Temas: ,

As portas das casas cipriotas são um festim cromático. Nos bairros antigos de casas térreas unidas por paredes umbilicais, há uma espécie de orgulho, uma espécie de rivalidade tácita na decoração da porta de casa. Afinal, esta é a principal, um espelho de quem a habita, e a primeira imagem para quem nela entra.

Cromática32

As cores fortes, combinadas numa dualidade contrastada, surgem decoradas por enormes buganvílias, roseiras, trepadeiras, ou até mesmo aromáticas que perfumam o ar, e se interlaçam no prospero clima quente e solarengo desta ilha do mediterrâneo oriental. Mas o delírio é ainda maior! Junte-se à festa os expressivos números de porta e as belíssimas caixas de correio quase decorativas, e os postais ficam feitos. Foi uma grande recordação que trouxemos do Chipre quando visitamos Lefkara, uma pequena localidade do sul da ilha, e o bairro de Chrysaliniotissa, em Nicósia. Se lá voltarmos, saberemos onde bater à porta.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Gatos de Nicósia.

domingo, 3 de novembro de 2019 · Temas: ,

A derradeira viagem do programa Erasmus: “Your rights are my rights”, levou-nos ao Chipre, uma pequena ilha europeia do Mediterrâneo oriental, onde a paisagem, o clima e sobretudo a fusão cultural, dota o nosso continente de uma mesticidade e e exotismo provindo da palestina, norte de África e arábias.

Gatos de Nicósia17

Nicósia, a capital dividida entre a cultura grega e turca, é a prova disso. É uma cidade do mundo, onde é mais fácil vislumbrar o convívio entre migrantes de paragens distantes, que os próprios cipriotas que, na verdade, também são filhos muitas civilizações que aportaram na ilha. É, assim, uma capital é multifacetada: moderna e antiga, possui a agitação própria de uma capital, mas também se mostra quase bucólica, com recantos deliciosos, mais habitados por gatos que por cipriotas.

De facto, o gato é o animal da ilha, e há uma lenda que o tenta explicar.  Segundo a lenda bizantina, Helena de Constantinopla (Santa Helena) enviou centenas de gatos do Egito ou da Palestina para Chipre em 328 dC para controlar cobras venenosas que infestavam a área ao redor do mosteiro (de S. Nicolau). Ora, se a riqueza cultural não é feita destas pequenas grandes coisas, então nada vale. Por isso gostamos tanto do Chipre e Nicósia que, sem ambições, e com naturalidade, rivalizam com países e capitais do mundo pejadas de pedra, edifícios enormes, fast-food, e turismo “selfie” e das redes sociais.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Setembro e outubro.

sexta-feira, 1 de novembro de 2019 · Temas:

Após um longo e seco verão, outubro surgiu com valores elevados de precipitação. Essa é a nota dominante da análise deste par de meses, no que que à temperatura e precipitação respeita. A temperatura média do mês de setembro situou-se nos 21,3ºC, e a do mês de outubro nos 17,4ºC. Isto é, valores que acompanham os valores médios registados por esta estação para estes meses, 22ºC e 17,5ºC, respetivamente.

PreciTempSetemOut2019

Ora, se temperatura acompanhou os valores médios, na precipitação registaram-se diferenças: para um valor médio de setembro (2012-2018) de 53mm registaram-se, em setembro deste ano, 26,4mm, cerca de metade. Já o mês de outubro, que registou um total de 236mm, ultrapassou em larga medida o valor médio do período de referência, que se situa nos 138mm.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This