Sistelo.

domingo, 17 de junho de 2018 · Temas: , ,

Arranhamos os tornozelos, houve entorses, quebras de tensão arterial, um roncar de estômago pela hora tardia de almoço, gente presa no WC, dificuldade em estacionar, telemóveis sem rede, mas… comungamos de um enorme sorriso de sentida satisfação pela paisagem, pela superação do esforço físico, pela conversas que fluem, por rever pessoas que já não víamos há muito, pela delícia de integrar alunos no nosso seio, tal como nossos, pela comida que, tardiamente, ainda sabe melhor… pelas fotos que agora publicamos, e que em grande parte são da autoria da Catarina, pela jovialidade de todos!

Sistelo-005

Afinal: «Que viaje à roda do seu quarto quem está à beira dos Alpes, de Inverno, em Turim, que é quase tão frio como Sampetersburgo - entende-se. Mas com este clima, com este ar que Deus nos deu, onde a laranjeira cresce na horta, e o mato é de murta, o próprio Xavier de Maistre, que aqui escrevesse, ao menos ia até o quintal».

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

4 respostas a: “Sistelo.”

  1. Gostei muito de recordar o arranhar gentil dos tornozelos e o musical roncar do estômago antes do suculento arroz à Valenciana :) Sistelo, fome de caminhar e fome por caminhar :) :)

    ResponderEliminar
  2. E pelos vistos, os ares da serra, que apuram os sentidos, também despertam os dotes líricos dos navegantes. Há concílio melhor? Boa, Sílvia!

    ResponderEliminar
  3. Convívio saudável e salutar!
    Belo exemplo de terminar o ano.
    Venham mais!

    ResponderEliminar
  4. Isso mesmo! A aventura continua... nem que seja pela Quelha!

    ResponderEliminar