Revisão da matéria dada.

sexta-feira, 20 de abril de 2018 · Temas: ,

Sem nos querer contradizer, fizemos renascer o defunto Instagram do Geopalavras, que nos servirá, doravante, para publicar tudo aquilo que não couber no Geopalavras, e há muito que não se arruma nestas prateleiras. Não são as sobras, são conteúdos que nos divertem, como os close-ups, ou muitas das fotos de viagens e iniciativas, quase a roçar o pessoal, que terão de permanecer ao alcance de um público restrito, numa espécie de quase autogozo.

InstagramGeop

Não obstante, a nossa critica continua viva, e não vai contra a aplicação em si, mas sim sobre a atitude que se tem perante a mesma: utilizá-la sim, mas com originalidade e um pouco de escrita contextual. No mínimo.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Deixa um comentário