Memórias de um Bar Tropical…

sexta-feira, 2 de junho de 2017 · Temas: ,

Pois é, passaram apenas algumas horas desde o fecho do fantástico Bar Tropical do CEF e, sabemos já, e de fonte segura, que há muita gente “lavada em lágrimas” com saudades. Mas, entendemos, perfeitamente! Nós próprios, estamos também bastante chorosos, pois não nos recordamos de assistir, de uma só vez, a tanto bom gosto decorativo, qualidade musical e gente “fina” e bonita!

Contudo, e em jeito de consolo, as superaquisições que Geopalavras fez neste fim de época, a Beatriz e a Joana, “girrrrrríííííísssssiiiimmmmasss”, fizeram um “recuerdo” para atenuar a choradeira, num trabalho de realização do João e do Rui. Ah! Digam se as nossas “miúdas” não têm muito jeitinho para a coisa. A partir de agora, contamos com elas, e não só. Isto, até porque o estúdio de TV da ESL está a chegar…

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

4 respostas a: “Memórias de um Bar Tropical…”

  1. A Joana tem um jeito muito peculiar e atrevido a conduzir a reportagem, em certa medida faz-me lembrar a Beatriz Costa, ousada mas com imensa graça. Ambas podem ir longe se quiserem enveredar pelo ramo da comunicação.
    Beijinhos com mil saudades de tudo isto, José Lopes

    ResponderEliminar
  2. Olá, José! É tudo verdade. E diz lá, se o Geopalavras não tem jeito para descobrir talentos... como tu, e o resto daquela equipa fabulosa equipa do Tópamisto, do Teatro ou do Támal, só para falar em algumas coisas...

    A Beatriz e a Joana, cada uma à sua maneira, são muito talentosas e têm margem de progressão. Quem as filma e interage com elas o João e o Rui, são tb excelente (nisto... ai).

    Zé, um desafio: ex-alunos a encenar umas certas estórias rurais, mais complexas e longas, lá para setembro ou outubro, durante 3 semanas, às sextas e sábados? Bilhetes, cartazes e pipocas pela Lixa!? Pensem durante o verão. Abraço.

    ResponderEliminar
  3. Fico contente por ver essa sua vontade de fazer coisinhas connosco, eu que até achava que se tinha esquecido de nós ahahah
    Bom, seja como for, fiquei super motivado com a ideia e vi que houve outros tantos que também adoraram a ideia. Tal como em tudo não é fácil agradar a "gregos e troianos", e as nossas vidas tomaram rumos diferentes e muitos ficaram impossibilitados de participar, mas acho que se tivermos força de vontade e empenho, podemos levar isto a bom Porto (literalmente, quem sabe!)...
    Resta encarar isto com pés e cabeça e não deixar de sonhar.
    Um grande abraço,

    ResponderEliminar
  4. José, a minha relação com vocês, TODOS, é algo perdurará tacitamente na nossa memória. Acredito piamente nisso, e por vários.
    Daí, tb, o convite. Fico muito feliz pela boa receção da ideia e cá espero por novidades. Volto a insistir lá para setembro, até para me organizar, isto se vocês não me contactarem primeiro, como espero.
    A escola é um bom ponto de encontro e ensaio, quem sabe, para voos verdadeiramente produtivos.
    Abraço.

    ResponderEliminar