Cabos submarinos.

domingo, 9 de outubro de 2016 · Temas: ,

Sem os cabos submarinos, o mundo não comunicava da mesma forma e, sobretudo, à velocidade que o faz atualmente. De facto, basta pensar na demanda de dados digitais que uma pequena família, de um pequeno lar anónimo, numa das nossas cidades, exerce, e que permitem visualizar filmes, navegar na internet, nas redes sociais ou ver televisão, que facilmente percebemos como o mundo, nós, está dependente de um gigantesco fluxo de dados digitais.

Cabos submarinos

Não obstante as constelações de satélites de telecomunicações assegurarem parte da transmissão de dados, são os cabos submarinos que realizam a maior parte daquela função. O mapa mostra a expansão dos cabos submarinos desde 1990, que rapidamente esgotaram a sua capacidade de resposta, e uma explosão recente, acompanhante das necessidades do mercado audiovisual atual, marcado pelo aluguer e visualização de filmes e séries televisivas online, altamente consumidor de dados.


Fonte: Quartz

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Deixa um comentário