As temperaturas de agosto.

quarta-feira, 7 de setembro de 2016 · Temas: ,

A regência do calendário escolar admite sempre uma longa e necessária pausa estival do Geopalavras. Este período serve, ao mesmo tempo, para o fecho e o criação de ideias e projetos, para rebuscamento de outros e o balanço de alguns. É assim necessário que aconteça e este é o tempo certo para tal; por isso, e ao arrepio, não desgostamos do temeroso regresso às aulas, que é provavelmente o principal sintoma do estiolar do verão.

Assim, se há ideias que se findam nas ondas da praia, outras surgem reforçadas e constituem-se como apostas do Geopalavras para os tempos próximos. Uma delas é a análise mensal dos dados da estação meteorológica da ESL, que vínhamos a realizar há meses, de uma forma não sistemática, focando um ou vários elementos em destaque do período considerado. Fá-lo-emos de agora em diante, e até já de seguida.

Agosto

Se no agosto, climático, de 2016 se destacou algum elemento, esse foi, sem dúvida, a temperatura, cujo valor médio se situou nos 24,7ºC. Um valor enorme, num mês onde a máxima mais baixa rondou os 23,2ºC (dia 19) e a máxima mais elevada se situou nos 45,7ºC (dia 8). Acrescente-se ainda, neste exagero, o número de dias cuja temperatura máxima equivaleu ou superou os 39ºC: 10 dias.

TempMédia de agosto

O período de temperaturas máximas e mínimas mais elevadas, de 6 a 12, 21 e 22, e 30 de agosto, coincidiu com ventos predominantes de leste, que sopraram com força e intensidade moderada, contribuindo para uma baixa humidade relativa do ar (que não ultrapassou os 17%, por exemplo, no primeiro intervalo de dias) e para o desenvolvimento infeliz de dos grandes incêndios florestais nacionais deste verão.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Deixa um comentário