Porto superlativo.

quarta-feira, 26 de março de 2014 · Temas:

Experimentamos, há pouco, mirar e ouvir o Porto do alto. Subimos a Serra do Pilar, em Gaia, o Terreiro da Sé, a incontornável Torre dos Clérigos, o Edifício Axa na Avenida dos Aliados e, mais recentemente, a Fundação José Rodrigues que se situa na Fontinha, bem perto do centro do Porto. Desta última falaremos mais adiante.

SábadoDiferente15Abril2014 Med

Com estes miradouros, propomos um Sábado Diferente impróprio para pessoas que sofram de acrofobia ou, por outras palavras, que tenham medo de olhar “cá para baixo”, estando num ponto alto. É na verdade um medo infundado e superável, que ainda assim faz “tremelicar” as pernas, tal como acontece quando olhas para a pauta das notas do 2º período de aulas. Se bem que aqui a fobia é outra: trata-se da verdadeira pautofobia. Adiante…

Este Sábado Diferente do próximo dia 15 de Abril,  que na verdade é uma terça-feira, vai começar na Estação de Caide, mais cedo do que é habitual: pelas 9.15h, dado o extenso programa que se adivinha para aquele dia. Senão vejamos: para além da visita aos miradouros mencionados,  esta terça-feira diferente, vai levar-nos à Quinta das Musas, na Fontinha,  e mais concretamente à prática do “sacholanço” (palavra cuja existência ignoramos, mas que pretende significar o ato de sacholar, ou seja, pegar numa enxada e cavar para plantar). A Quinta das Musas é uma horta comunitária, encravada na colina da Fontinha, um bairro do Porto pertíssimo da Baixa, cuja «prática agrícola assenta numa ideia-base de sustentabilidade e preservação dos recursos do planeta», pintarola! É de facto, a aplicação efetiva de muito do que aprendemos nas aulas, isto desde que não tenham copiado, claro!

2011_0702_ (24)761332P1030590

Mas o melhor ainda está para vir… Já durante a tarde, iremos literalmente pôr as mãos na massa, ou melhor, no barro! Isto porque o nosso último miradouro do dia coincide com a Fábrica Social, uma Fundação do escultor José Rodrigues, autor de algumas das estátuas públicas da Cidade, que se situa igualmente no morro da Fontinha. A Fábrica Social ocupa os pavilhões de uma antiga fábrica de chapéus onde, para além do barro, faremos igualmente a oficina de stencil (através de tintas e sprays). Quanto às esculturas em barro… tenham lá muito cuidadinho com as tentativas de esculpir estátuas representativas de professores, ou similares, em miniatura tais como: mini-bonecos-professores-pisa-papéis ou, pior ainda, bonecos-professores-para-espetar-agulhas. Respeitinho…     

Ainda na fundação, visitaremos uma área que reúne belíssimos grafittis de nomes consagrados da arte urbana, que mostram que no sítio certo e com a técnica correta, esta arte pode de facto ser apelidada como tal. Mas não ganhes lá muitas ideias… estuda!

Quando acabarmos isto tudo, pelo entardecer, devemos contar já com um bom número de caches realizadas. Isto, porque nas deslocações entre os vários miradouros, faremos inevitavelmente Geocaching (sendo que uma das caches parece residir bem no meio da Fábrica Social…). Também estamos a estudar a hipótese de esconder durante o percurso, e em sítios pré-definidos e estudados, as primeiras caches do BEGA. Veremos.

O regresso deste dia em cheio será pelas 20.30h, na estação de S. Bento, com chegada prevista a Caide cerca de uma hora depois. Quanto às refeições: o almoço será num “tasco à Porto” (definido pelos alunos e aprovado pelos professores) com o custo da refeição a rondar os 5 a 6 euros. Conta também com 3,5 euros para as oficinas da Fábrica Social; 1,5 euros para o lanche e os 5 euros de viagem de comboio. Contas feitas: entre 15 e 20 euros. É um pouco mais do que é costume é certo, mas o programa promete.

Ah! Não esqueças de te inscrever neste Sábado Diferente (lembra-te que as vagas são limitadas) e de imprimir a obrigatória autorização, que deverá ser lida e assinada pelo encarregado de educação, e entregue ao professor dinamizador. Por último, informámos que os Sábados Diferentes foram recentemente enquadrados no Plano Anual de atividades do Agrupamento de Escolas da Lixa, caindo deste modo na sua esfera. Até dia 15!

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Deixa um comentário