Espelhos gigantes refletem luz solar de Rjukan.

domingo, 27 de outubro de 2013 · Temas: , , ,

Por entre as notícias de economia, política e o desporto, surgem por vezes algumas como esta que, dada a bizarria, despertam alguma curiosidade. Rujkan é uma cidade norueguesa, situada a cerca de 120 quilómetros a oeste de Oslo. Desenvolve-se ao longo de um estreito vale glaciar, onde as linhas de cumeada circundantes atingem cerca de 1900 metros de altitude. Ora, estas condições orográficas, sobretudo a latitudes bastante setentrionais, onde o arco aparente do sol nunca é muito elevado, reduzem sobremaneira a insolação solar às poucas horas coincidentes com o período do meio-dia solar.

RjukanP

Neste sentido, as autoridades locais decidiram instalar um helióstato na encosta de uma das vertente circundantes, a uma altitude de cerca de 450 metros, possibilitando-se assim, a reflexão da luz solar em alguns espaços da cidade, e em períodos do dia em que ela já não incide diretamente.

Helióstato P

A fundação desta cidade apela a um dos temas mais estudados pela Geografia: os fatores de localização humana. Rjukan foi fundada entre 1905 e 1916 quando a companhia Norsk Hydro ali se estabeleceu para a produção de um fertilizante (nitrato de cálcio), aproveitando uma queda de água de 104 metros de altura, capaz de gerar energia em abundância para a produção referida. Só assim se explica que esta cidade, criada de raiz, se tenha localizado num local algo inóspito e outrora desabitado.

Reflexão p

A luz solar indireta, que pretende iluminar parte da cidade, é essencial na prevenção de problemas do foro psíquico (depressões) e até metabólico. O Homem já sabe disto há muito. Na verdade, na história da edificação urbana, o Homem sempre procurou estabelecer-se em locais protegidos, com água, mas também com luz solar abundante, essencial à agricultura e à própria natureza humana.


Fontes: Daily Mirror // Infopédia // Wikipédia

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Uma resposta a: “Espelhos gigantes refletem luz solar de Rjukan.”

  1. Como, até aqui, as pessoas conseguiam viver sem SOL? Inacreditável..
    Semana diferente em Rujkan... um caso a pensar :D

    ResponderEliminar