Nos estúdios do Porto Canal.

domingo, 29 de janeiro de 2012 · Temas:

Ontem aconteceu mais um daqueles Sábados de janeiro, solarengo e frio, em que a luz do Sol aquece muito mais do que apenas o corpo. Tivemos sorte com o estado do tempo pois a visita de estudo, marcada há muito, implicava caminhar bastante, de preferência com calçado confortável, e sobretudo muito bem agasalhado. O comboio e depois o metro, climatizados, transportaram-nos até à Freguesia da Srª. da Hora (Matosinhos), onde se situam os estúdios do Porto Canal. Neles, fomos guiados numa surpreendente visita às instalações, e a todo o processo inerente à emissão daquele canal regional. Desde as salas de caraterização, passando pela régie e redação, até ao interessantíssimo estúdio de gravação, a visita deu-se em duas horas que passaram num ápice e muita curiosidade ficou por colocar. Por último, há nisto tudo que destacar a amabilidade e intensidade com que o nosso cicerone, um produtor da casa, incutiu na visita.

Regressados ao Porto, calcorreamos bastante para encontrar um restaurante capaz de servir 18 pessoas e que também servisse “Tripas à Moda do Porto”, isto numa noite em que os restaurantes pareciam quase esgotados, talvez pelo frio, talvez pelo concerto do Pedro Abrunhosa no Coliseu.

Por isso, procurar um restaurante demorou um pouco mais do que o previsto, e mesmo assim tivemos de tomar a sensata decisão de nos dividir em dois grupos. Um aterrou no Pontual (Almada), cuja especialidade é um também um prato típico do Porto, a famosa Francesinha. O outro grupo, com fé, lá rumou mais umas centenas de metros até à zona de Carlos Alberto, e jantou na Casa Romão, famosa pelos seus jantares académicos.

Após o jantar, cumprimos mais um dos pontos previstos: uma caminhada à Serra do Pilar, com uma série de fotos estranhas e muito divertimento à mistura. Inclusivamente descobrimos a causa do frio que se fazia sentir…e que só nos deu tréguas no Piolho, onde retemperamos forças para a viagem de regresso a casa.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

2 respostas a: “Nos estúdios do Porto Canal.”

  1. Só uma pequena correção: A Senhora da Hora não é uma freguesia de Matosinhos dado que foi elevada à categoria de cidade. Pertence, contudo, a Matosinhos e é sua parte integrante, mas como cidade e não freguesia.

    De resto, parabéns pelo blogue, pelos projetos e iniciativas levadas a cabo com os alunos!


    Filipe (filipealvesmag@gmail.com)

    ResponderEliminar