Um megatsunami à espreita.

domingo, 9 de outubro de 2011 · Temas:

Evidências geológicas sugerem que uma futura erupção do Cumbre Vieja, um vulcão situado na ilha de La Palma, arquipélago das Canárias (Espanha), poderá originar a rotura do seu flanco oeste, levando a um deslizamento de terras (calculado entre os 150 a 500 km3) de encontro ao oceano, provocando um megatsunami. As ondas geradas pela catástrofe percorreriam todo o Atlântico a uma velocidade calculada entre os 100 e os 500 a metros por segundo, atingindo em minutos a Ilha da Madeira, os Açores e parte da costa norte de Portugal Continental. Embora não estejamos habituados a ver o Atlântico como palco destas catástrofes, tal não quer dizer que não venham a acontecer num futuro próximo. Aliás, supõem-se que a Ilha do Hierro, no mesmo arquipélago, tenha provocado à cerca de 300 mil anos, um megatsunami que transportou rochas do tamanho de casas, centenas de metros para o interior dos continentes. Fontes: Steven N. Ward (University of California) e Simon Day (University College, Londres) Imagens: Ward and a Day: La Palma Collapse and Tsunami.

123

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Deixa um comentário