O vulcão Eyjafjallajökull.

domingo, 18 de abril de 2010 · Temas: ,

O vulcão Eyjafjallajökull entrou em erupção pela segunda vez em menos de um mês, derretendo gelo, expelindo fumo e vapor de água e obrigando centenas de pessoas a deslocar-se da sua residência e centenas de milhares de passageiros a ficar em terra, dada a impossibilidade dos aviões voarem através das nuvens de cinza, cujas partículas constituem um perigo para as turbinas daquele meio de transporte.

Como sempre, são extraordinariamente belas as fotos de uma erupção, num país habituado a tê-las, dada a sua singular situação geográfica: a Islândia é uma ilha vulcânica, formada sobre o rift atlântico, e situa-se numa latitude propícia a neves permanentes que se traduzem em paisagens únicas no mundo. Em inglês: Iceland.

Uma coluna de fumo proveniente de uma erupção
 perto do glaciar Eyjafjalla (AFP/Getty Images).

Uma foto aérea da costa obtida pela Guarda Costeira Islandesa mostra a inundação causada pelo degelo  do glaciar Eyjafjalla. A erupção do vulcão Eyjafjallajökull derreteu parte do glaciar, provocando uma torrente de lama que obstruiu estradas e obrigou à evacuação de centenas de pessoas (REUTERS/Icelandic  Coast Guard).

O derretimento do gelo causado pela erupção vulcânica (REUTERS/Icelandic Coast Guard/Arni Saeberg).

O rio glaciar Markarflojt transbordado devido ao derretimento  do glaciar Eyjafjalla (HALLDOR KOLBEINS/AFP).

Inundação causada pela fusão do gelo do glaciar Eyjafjalla no sul da Islândia (REUTERS/Icelandic Coast Guard).

Lava e gelo causadas pela erupção (HALLDOR KOLBEINS/AFP/Getty Images).

Esta imagem mostra a lava do vulcão Eyjafjallajökull, situado a cerca de 125 kms a Este da capital do país, Reykjavik. Este vulcão que deslocou centenas de pessoas e tornou-se num tónico para a indústria turística do país  (HALLDOR KOLBEINS/AFP/Getty Images).

Turistas a observar a erupção do Eyjafjallajökull (HALLDOR KOLBEINS/AFP/Getty Images).

Imagem obtida pela NEODASS/University of Dundee, mostra a pluma de cinzas criada pelo vucão Eyjafjallajökull,  a pairar sobre as ilhas britânicas (AP Photo/NEODAAS/University of Dundee).

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Deixa um comentário