Querem sobreviver na selva que é o mundo do ensino?

terça-feira, 9 de março de 2010 · Temas: ,

1. Então tomem nota do equipamento necessário: uma mochila, pasta ou saco. Deve conter livros, cadernos, lápis, esferográficas, borracha e outro equipamento ocasional como calculadora, prontuário ortográfico, estojo de desenho, régua. Este equipamento deve ser sempre cuidadosamente vistoriado na véspera, de tal forma que possa ser substituído ou actualizado.

ESL em Novembro de 2005.
2. É importante saber reconhecer o terreno e decidir-se pelas zonas de maior segurança: não se sentem no fundo da sala; afastem-se dos colegas mais perturba¬dores, mantenham sempre contacto visual com o professor (o tipo deve ser primo direito do sargento de instrução dos "Doze indomáveis patifes", com tendência para disparar perguntas quando vos apanha com a guarda baixa); ouçam-no com atenção, observem as suas deslocações, tentem compreender as pistas que deixa no quadro (copiem-nas com cuidado, um dia poderão salvar-vos).

3. Mostrem-se convictos e seguros (Os predadores - especialmente dois: o Notabaixa e o Desistonãoandoparaaquiafazernada - tendem a eliminar primeiro os mais fracos). Tenham uma atitude activa durante a aula: tirem apontamentos, intervenham nas discussões, façam perguntas ao professor.

4. Não demonstrem insegurança. Quando falarem com alguém, não o fitem nos olhos, se isso vos faz sentir inseguros; olhem directamente para o meio da testa. Dá-vos um ar seguro, confiante, decidido: "Olha a morte nos olhos (pensam os outros) e não treme! Rambo, rói-te de inveja!" Respondam agora confiantemente ao que o professor perguntou. Ou ponham-lhe uma dúvida, se não perceberam alguma coisa, ou se se distraíram por instantes e perderam o fio à meada. Ao contrário do que algumas pessoas julgam, os professores adoram responder a perguntas. Para já, sabem sempre a resposta e fazem um vistaço. Segundo, sentem-se realizados, despertando o interesse das jovens mentes dos que serão os cientistas, políticos, industriais e intelectuais do futuro. Vá lá, colaborem, não custa nada! Engordem-lhes o ego! Sabem que os professores são o grupo profissional que mais recorre aos psiquiatras?

Lançamento de Balões - ESL Abril de 2006.
5. Não se alarmem se repentinamente se apercebem de que esqueceram algum conceito importante: rabisquem uma nota no caderno para fazer uma revisão quando chegarem a casa; ou, melhor ainda, esperem que o professor faça uma pausa (para respirar, ganhar coragem, observar as tropas) e perguntem-lhe. Se esta hipótese não lhes agrada, façam o favor de reler a alínea anterior. Claro que eu lhes podia voltar a explicar porquê, mas não sou vosso professor e, como tal, não tenho obrigação nenhuma de vos aturar!

6. Se querem pertencer ao grupo dos altamente classificados façam mentalmente um resumo da aula. Não precisa de ser logo a seguir ao toque da campainha: podem fazê-lo em casa, antes de começar a fazer o TPC dessa disciplina.


7. Se ficaram atolados num pântano, caíram numa emboscada ou ficaram enredados numa teia de ara¬nha gigante, não percam a cabeça, Porque senão perdem-na mesmo. Parem! Voltem ao princípio! Releiam a questão! Verifiquem se estão no caminho correcto! Consultem o caderno e o manual. Caso nada disto ajude, ponham a mão no ar. Verão que um professor desejoso de ajudar (reler alínea 4) se materializará ao vosso lado e vos ensinará a safarem-se não só dessa situação, mas das situações futuras parecidas. Embora sejam pagos para tal, apreciam bastante que lhes mostrem o vosso reconhecimento. "Obrigado" ou outra expressão de cortesia são sempre bem recebidas. ("Aplicado, inteligente e educado", ficará o professor a pensar com os seus botões. Então, de que estão à espera? Para além de resolverem uma dúvida, criam uma imagem que nem encomendada a uma empresa de publicidade!)

Nota do autor: para seguir as orientações acima indicadas é indispensável ir às aulas.

- "Eu Marro, tu Marras, ele Marra - Dificuldades de aprendizagem" - Eurico Silva, 2000, Ed. Ambar (Adaptado).

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Deixa um comentário