Cego do Maio.

quinta-feira, 4 de março de 2010 · Temas: ,

O Cego do Maio era um pescador sardinheiro e salvou centenas de vidas no mar de Póvoa de Varzim. Foi declarado herói do Povo. O Cego do Maio, nasceu no dia 8 de Outubro de 1817, na rua dos Ferreiros, na Póvoa de Varzim e faleceu na rua da Poça da Barca na manhã de 13 de Novembro de 1884, pelas 10 horas. «O sol estendeu o seu manto de oiro e, envolvendo aquele espírito de cristal nas suas dobras de luz, arrebatou-o para as esferas onde só vivem espíritos assim nobres, assim grandes, assim heróicos.»

Estátua poveira dedicada ao seu herói.
Esta personagem mítica das gentes poveiras arriscou a sua vida várias vezes, para preservar a dos seus camaradas. O maior galardão nacional: o Colar da Ordem da Torre e da Espada, do Valor, da Lealdade e Mérito, que lhe foi atribuído pelo Rei D. Luís, foi fruto das suas façanhas heróicas. Quando o rei lhe entregou o prémio, retribuiu com uma mão-cheia de conchinhas e disse: «- Tome lá ó Ti' Rei, uns beijinhos para as suas criancinhas brincarem!». Tal como esperado, este senhor tornou-se uma verdadeira lenda.


O Cego do Maio.

- Carolina Pinto, 9ºA.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

2 respostas a: “Cego do Maio.”

  1. Muitos parabéns Carolina! Os professores do geopalavras adoraram a tua investigação e artigo. Continua.

    ResponderEliminar
  2. Mais uma coisa que desconhecia da Póvoa! E por sinal, bastante importante para a população local ! Gostei bastante :) Vai completamente de encontro ao meu artigo, completando-o..

    ResponderEliminar