Solstício de Inverno.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009 · Temas:

Este ano o Solstício de Inverno tem inicio no dia 21 de Dezembro às 17h47m. Este instante marca o início do Inverno no Hemisfério Norte, Estação mais fria do ano. Esta estação prolonga-se por 88,99 dias até ao próximo Equinócio que ocorre no dia 20 de Março de 2010 às 17h32m.





A palavra solstício deriva do latim Sol (Sol), e sistere (que não se move), e refere-se à sensação que o nosso astro rei transmite, no dia em que descreve a sua trajectória diurna mais rente ao horizonte.

Efectivamente, o solstício de Inverno ocorre quando o sol, na sua trajectória aparente, descreve o arco mais curto de todos, o que se traduz no dia mais pequeno do ano (menor número de horas de sol). Embora esta data não seja a mesma em todos os anos, pode-se dizer que no hemisfério Norte, o Inverno se inicia a 21 de Dezembro e o Verão a 21 de Junho, quando ocorre o outro solstício (o maior arco aparente do Sol e, consequentemente, o maior dia do ano).

O Solstício de Inverno era conhecido como o “nascimento do sol” desde a era mais remota e festejado por todos os povos no hemisfério norte, que é também o de maior população (maiores massas continentais). Este acontecimento astronómico era muito importante visto marcar o início do novo ciclo do Sol sobre a Terra, com dias cada vez maiores e mais quentes até ao novo retorno. A esta data associavam-se rituais ou festas muito importantes. Por exemplo:

- as civilizações mais antigas consideravam o Sol como sendo o filho da luz, a luz para eles representava Deus em vida.

- entre os druidas, o solstício era comemorado como o dia da fertilidade e muitas mulheres tentavam engravidar nesse dia.

- nos povos asiáticos, o solstício era representado por um velho de barbas brancas e roupagem vermelha e branca. Esse ser representava Deus na Terra e os asiáticos acreditavam que esse Deus encarnado trazia para a humanidade o seu filho sol.

No ano 336 D.C., o Imperador Romano Constantino I alterou os motivos das grandes festas do solstício e passou a ser comemorado o nascimento de Cristo, o salvador da humanidade, em vez do nascimento do sol, na data fixa de 25 de Dezembro. A partir de então Roma e todo o seu vasto império abraçam o Cristianismo o que deixa profundas marcas no futuro de toda a civilização ocidental.

Fontes:



Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Deixa um comentário