Os trólei carros do Porto.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009 · Temas: ,

Apesar da palavra original "trolley", já entrada no dicionário de português como trólei, designar um pequeno veículo sobre rodas que é rebocado num trilho e isso corresponder a uma forma primitiva utilizada nos primeiros carros eléctricos, ao longo do tempo este veículo com alimentação aérea foi assumindo diversas formas.




Este veículo surge no Porto em 1959, mais barato e menos poluente que os autocarros, que serviam as populações dos arredores da cidade. Inclusive, os STCP (Serviços de Transportes Colectivos do Porto) começaram a fazer os próprios carros eléctricos. "Eram conhecidos pelos "pipis". Eram diferentes, muito modernos e elegantes para a época. Eram carros antipendura. Assim, durante anos, a paisagem da Cidade do Porto conviveu com os desajeitados tróleis, alguns de dois andares, que se apresentavam como uma forma económica e eficiente de transporte público.



Na linha pioneira de carros eléctricos Gross-Llchterfeld (1881), perto de Berlim, instalada pela firma Siemens & Halske, a alimentação em energia dos veículos era feita pelos carris, mas estava previsto que, no caso desse tipo de alimentação se tornar impossível, seria utilizada a alimentação aérea por dois condutores, apoiados em postes, e em cima dos quais circularia um pequeno carro que rolaria sobre os condutores e formaria um contacto deslizante.




No ano de 1885, em Baltimore (E.U.A.), surge um sistema de carro eléctrico, com veículo motor e atrelado de passageiros, que era alimentado por um terceiro carril e também possuía alimentação aérea: a viatura motora estava munida de uma vara comprida que na parte superior tinha uma escova metálica que era comprimida contra o fio condutor. Já se vislumbrava a forma contemporânea do trólei.

Fontes:

- Notícias Magazine - nº 533.
- Vaz Guedes - Revista Electricidade nº 331.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

2 respostas a: “Os trólei carros do Porto.”

  1. Parabens e já agora gostava de possuir a história dos antigos autocaros e troleycarros do Porto. Sou o sócio 1299 da APAC (núcleo Regional do Norte)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Existe um livro, edição de autor, de Guido de Monterey com o titulo, " O Porto, origem,evolução e transportes " , profusamente ilustrado, onde vem todos os modelos de electricos, autocarros, troleicarros, taxis,etc, etc, até 1972. Comprei-o num alfarrabista. Não é fácil encontrá-lo, mas pode sempre visiona-lo numa boa biblioteca.

      Eliminar