Japão: um país distante, diferente e fascinante.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009 · Temas:

Japão é um país distante, diferente e fascinante. A sua singular condição geográfica, um arquipélago montanhoso que descreve um traço Norte-Sul que separa o Mar do Japão, a Oeste, do imenso Oceano Pacífico, a Este, enraizou neste país do Sol Nascente, hábitos únicos que aliados a um espírito social “Samurai” tornam esta nação num fascínio e na segunda maior potência económica mundial.

É pois, à luz daquela condicionante geográfica que devemos ler a sociedade nipónica e os seus hábitos culturais que contrastam com os nossos, os ocidentais. Desde a culinária, à educação, passando pelas formas de abordar o dia-a-dia, são imensos os pormenores que despertam a curiosidade e mesmo o espanto do observador deste lado do mundo. Ficam aqui alguns, fruto da recolha dos alunos do 12ºE.



1. O Monte Fuji é um dos símbolos nacionais do Japão e a sua montanha mais alta tem 3776 metros de altitude. Este monte é um vulcão activo que, segundo a história registada, já entrou 18 vezes em erupção. A última vez foi em 1707. Em dias de boa visibilidade pode ser avistado de uma distância de 150 quilómetros!


2. Foi com os seus vizinhos chineses que o Japão aprendeu a cultivar o arroz!

3. Sabias que no Japão… existe um túmulo em forma de buraco de fechadura. Este túmulo foi construído para o lendário imperador Nintoku, por volta do ano 400. Tem quase 500 metros de comprimento e é rodeado por três valas de água.

4. O Grande Buda, em Nara, foi construído no século VII. Tem 16,2 metros de altura e é a maior estátua de metal fundido que existe no mundo!

5. Os japoneses escrevem tradicionalmente de cima para baixo e da direita para a esquerda. Por isso, os livros folheiam-se ao contrário.

6. Os japoneses conduzem do lado esquerdo, como os ingleses. E nas escadas rolantes também ultrapassamos pela direita.

7. Os japoneses são dos maiores consumidores de atum do mundo.

8. O sashimi é uma espécie de sushi sem arroz.

9. A refeição tradicional é composta por nove pratos diferentes.

10. Os portugueses chegaram ao Japão no século XVI.

11. A palavra “arigato” deriva do nosso “obrigado”?

12. O chá verde (Ocha) bebe-se a todas as horas do dia em todas as ocasiões.

13. Os estrangeiros são conhecidos no Japão por serem narigudos? (é um facto que os narizes japoneses são bem pequeninos).



14. Os chapéus-de-chuva são a mais usada protecção contra o sol.

15. Não se vê, em lado nenhum na grande cidade de Tóquio, lixo no chão.

16. Em cada esquina há uma máquina para comprar bebidas (incluindo café e chá em pacote ou lata).

17. A bicicleta é um meio de transporte muito utilizado (mas não há ciclovias e os peões podem ser atropelados).

18. Não é muito habitual a polícia uma vez que a violência é muito reduzida.

19. Reza a lenda que os deuses atiraram a sua lança para o mar e o impacto fez espirrar 4.223 gotas que correspondem às ilhas.

20. Têm 3 alfabetos: um simples para as crianças, outro para nomes estrangeiros e o principal com mais de 2000 caracteres. Este é muito complicado e muitos só o aprendem depois dos 15 anos.

21. Bocejar e espirrar é falta de educação.

22. Evitam tocar-se e cumprimentam-se com reverências.

23. Quando utilizam as máscaras é porque estão constipados e não querem transmitir a alheios -espírito samurai.

24. O nº4 é para eles uma superstição pois lê-se (shi) que também significa morte. Há muitas edificações sem o 4º andar.

25. Quando alguém espirra sem motivo é porque alguém está a falar dessa pessoa.

26. Antes de darem um golpe, gritam o nome do mesmo como praga ao adversário.

27. O uso da bicicleta não é apenas motivo de lazer mas sim também um bom transporte para o dia-a-dia; é frequente os parques para bicicletas estarem cheios e fazer com que não saibam qual é a sua e pegando na dos outros.

28. Os elogios formam uma parte muito importante na integração social, entre os japoneses, para manter a harmonia nas relações humanas. Portanto, os japoneses elogiam os colegas, as esposas elogiam as vizinhas e os seus esposos, filhos, etc. Às vezes, estes elogios estão baseados em factos verdadeiros.

29. A banheira é quadrada e é menor do que a ocidental. A maneira de tomar banho é totalmente diferente. Primeiro, você tem que se lavar e se enxugar antes de entrar na banheira. Os japoneses gostam muito de tomar banho em água muito quente para se relaxar, geralmente de noite, antes de dormir. Se você mora só e seu banheiro tem uma unidade de gás anexo à banheira, pode esquentar a água como você quiser. Os japoneses usam a mesma água, portanto, quem toma o banho por último esvazia a banheira.

30. Uma curiosidade oriental sobre o chá: Se consegue segurar com as mãos uma caneca de chá, é porque a temperatura do chá está apropriada para o consumo. Se queimar as mãos e não conseguir segurar, é porque pode fazer mal...

31. O sushi é um alimento que tem origens remotas. Antigamente, no Japão, os peixes para serem transportados para outros lugares eram conservados no arroz cozido. Os japoneses sabiam que o arroz liberava o ácido acético e láctico que garantiria a qualidade por mais tempo. Assim, retirava-se a cabeça e as vísceras do peixe e o filé era conservado salgando-o e acondicionando-o entre camadas de arroz, onde o peixe fermentava naturalmente, adquirindo um sabor ácido. A técnica também era usada pelos pescadores que ficavam pescando em alto mar, criando-se assim o sushi prensado.

Por último, vejam o "espírito samurai" da população, numa estação de metro de Tóquio.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

2 respostas a: “Japão: um país distante, diferente e fascinante.”

  1. Um pequeno excerto deste artigo saiu no nosso querido teste :)
    O Geopalavras está em tudo!

    ResponderEliminar