Feira de S. Martinho.

quinta-feira, 12 de novembro de 2009 · Temas: , ,

O encoberto dia de S. Martinho deste ano, foi corajosamente pincelado, pela manhã, com pregões, tronchudas, bolos e crepes de gente pequena que se reuniu num círculo perfeito de harmonia com os céus. De facto, nem mesmo na brisa mais ameaçadora a chuva apareceu ou dissipou uma espécie névoa adocicada pelas múltiplas frigideiras em acção, e disputa, pelo crepe mais cativante de uma fauna muito gulosa.


Os clientes, de idade avançada, habituais nestas edições, voltaram a regatear preços com gente de palmo e meio que, com a uma certa ingenuidade, propunham negócios irrecusáveis, a preços também tradicionais: “escandalosamente convidativos”…


Esta rubrica do calendário da nossa escola, está também a modernizar-se. Foram muitos os aprendizes de DJ que, com sistemas de som muito amadores, digladiavam entre si, não a melhor música mas a que mais se ouvisse e mais fizesse dançar. Àquele irrecusável apelo, reponderam as turmas das barraquinhas do “Psicomartinho” e da “TAP” que nos brindaram com improvisadas coreografias e um comboio humano onde alinharam até mesmo os mais discretos participantes.


Todo este som não perturbou a nobre venda de livros numa barraquinha bem cuidada e numa excelente iniciativa da nossa Biblioteca da Escola. Quanto ao sucesso das suas vendas, não se sabe muito mas desconfia-se… é que o apelo de tanta doçaria, vendida um pouco ao desbarato, torna-se muita das vezes irresistível.


Numa perfeita harmonia com toda aquela cor, foram também expostos artefactos tradicionais e genuínos, de gentes que muito provavelmente, e durante anos, também festejaram esta festa da fartura e das colheitas, fim de um ciclo e pronuncio do tempo frio e duro, que se seguirá até ao próximo equinócio.

Esta tradição, já na sua V edição, provou que a experiência adquirida nos outros anos, conjugada com o empenho de professores motivados, se traduzisse em decorações felizes e dentro do espírito da época. Foi, nas palavras da organização, a melhor edição de todas e espera, provavelmente, dizer o mesmo para o próximo ano lectivo.

Share to Facebook Share to Twitter Email This Pin This

Uma resposta a: “Feira de S. Martinho.”